A Mim, Nunca – 01×01 – Episódio 1
| 17 Jan, 2022

[Não contém spoilers]

Estreou hoje a nova aposta do RTP Lab, A Mim, Nunca, e o primeiro episódio é pungente, como já se poderia antever pelo tema. A minissérie de três episódios, já disponíveis na RTP Play, centra-se numa mulher jovem, Joana, que está a lidar com o trauma emocional de uma relação abusiva já terminada.

A Mim, Nunca é a primeira série RTP Lab que vejo. Com episódios curtinhos, com menos de 15 minutos, coloca no centro da narrativa o tema da violência doméstica, que tantas vítimas continua a causar em Portugal e no mundo inteiro. Com uma banda sonora bastante boa e um estilo de realização ainda melhor, que atenta muito ao pormenor e cria um certo sentido de “intimidade” com o espectador, o episódio é envolvente desde o início e estes dois fatores são muito importantes para causar um sentimento de tensão que também se faz sentir até ao fim.

Joana já foi feliz. Ela e Rui já foram felizes, mas a relação tornou-se parte das trágicas estatísticas de violência doméstica. Aqui ninguém morreu, mas as perdas não deixam de ser imensas. Este contraste entre momentos felizes, com cor, do passado e o cinzento dos dias de hoje também é um toque muito interessante. Rui continua a atormentar Joana, ela não consegue sentir-se segura nem em paz e tem que gerir as repercussões que tudo isto tem no filho, Lucas.

Não achei o argumento tão forte como outros aspetos da série, mas em termos de interpretação também acho que ficou a faltar qualquer coisa. Se, por um lado, Teresa Tavares consegue transmitir o que a sua Joana está a sentir; por outro, a sua interpretação não me conseguiu deixar arrepiada ou arrasada em termos emocionais, algo que acabo sempre por esperar deste tipo de séries com temas delicados e atuais. Ainda assim, A Mim, Nunca não deixa de ser uma aposta diferente e arrojada que vale a pena espreitar.

Diana Sampaio

Publicidade

Populares

minx sugestão

1ª temporada Quién Mató Sara

Recomendamos