Estrelas do cinema que gostávamos de ver na tv
| 04 Abr, 2015

Começa a instalar-se uma pequena nova tendência: estrelas de cinema começam a virar-se para a televisão e para as séries. A televisão está a crescer, proporciona um desafio diferente, há mais tempo para desenvolver histórias e personagens. Será que é isso que tem vindo a seduzir os atores? Não sabemos. O que sabemos muito bem é quem gostaríamos de ver ‘saltar’ do grande para o pequeno ecrã. Escolher apenas dez não foi fácil, mas aqui estão, espreitem:

Charlize Theron 

Devil’s Advocate (O Advogado do Diabo) e Reindeer Games (Jogo de Traições) foram o primeiro contacto que tive com a atriz, ainda eu estava a meio da minha adolescência. Devil’s Advocate é fantástico e o papel de Charlize é qualquer coisa de bastante interessante; Reindeer Games pode estar longe de ser um grande filme, mas tem uma quantidade louca de reviravoltas inesperadas, o que é bom. No entanto, foi Monster que me fez apaixonar pelo trabalho de Charlize. A transformação física que ela sofreu para o papel foi absolutamente brilhante. Era quase impossível reconhecer algo de Charlize por debaixo da ‘máscara’ da personagem Aileen Wuornos. Ainda bem que a Academia estava atenta e lhe deu então o Óscar para Melhor Atriz em 2004 pelo papel.

North Country também é incrível, – valeu-lhe uma nomeação para o Óscar, embora não tenha levado o prémio para casa – mas seja em que papel for, a presença de Charlize é sempre bem notada. Aliás, foi ela a responsável por Snow White and the Huntsman não ter sido um aborrecimento desmedido para mim. Pois é, como se eu precisasse de mais motivos para adorar Evil Queens!

charlize-theron

Jennifer Lawrence

Nasceu no mesmo ano que eu, já ganhou um Óscar e foi nomeada para mais dois. Não há muitas atrizes a poderem gabar-se dessa façanha aos 24 anos. Aliás, ela é a pessoa mais nova a ter sido nomeada para dois prémios da Academia e a segunda atriz mais nova a ganhar o prémio. Sinceramente não fiquei muito fã de Silver Linings Playbook (Guia para um Final Feliz), o filme que lhe valeu o Óscar; Winter’s Bone (Despojos de Inverno) teria sido mais merecedor, mas ficou-se pela nomeação. Além disso, Jennifer é a protagonista de The Hunger Games e tem feito uma interpretação bastante interessante da Katniss dos livros.

Também não posso deixar de mencionar que simpatizo imenso com a atriz. Seria muito interessante vê-la numa série dramática, mas onde pudesse mostrar também a veia cómica que claramente tem.

jennifer-lawrence-hd-2880x1800

 

– Joseph Gordon-Levitt

Se a minha lista de atrizes até é bastante extensa, a de atores é significativamente mais curta, mas há lugar para Joseph nela. Muito por culpa de (500) Days of Summer, onde faz um papel completamente amoroso. Já em Don Jon abraça um papel completamente diferente e até que convence como um jovem de Nova Jérsia viciado em pornografia. Não conheço muitos trabalhos de Joseph para além destes, – recordo-me ainda de 10 Things I Hate About You e Inception (A Origem) – mas o que vi até aqui já foi suficiente para me convencer. Além disso, tê-lo na televisão seria uma espécie de regresso às origens. Quem não se lembra de 3rd Rock From the Sun (3.º Calhau a Contar do Sol)?

Joseph-Gordon-Levitt-Wallpaper-101

 

Keira Knightley

Já há muito que sonho ver a minha querida atriz de sotaque britânico adorável numa série de época produzida no seu país. Cair-lhe-ia que nem uma luva, depois da passagem por Pride and Prejudice (Orgulho e Preconceito), The Dutchess (A Duquesa), Anna Karenina e, claro, Atonement (Expiação), aquele que me sinto à-vontade para dizer que é o meu filme de eleição. Quando se falou nela como um dos nomes possíveis para o elenco da segunda temporada de True Detective disse para mim mesma que era desta que teria de começar a ver a série. No entanto, com muita pena minha, Rachel McAdams foi escolhida para o papel feminino da série. Teria sido ótimo ter Keira no meu ecrã de televisão (hum, provavelmente no meu ecrã de computador) todas as semanas.

keiraknightleymakeupsmokyeyesccfhzojzh2zl

 

Natalie Portman

Tenho uma recordação bastante distante de mim, muito novinha, a assistir a uma Natalie muito jovem – mas ainda assim bem mais velha que eu – em Where the Heart Is (A Voz do Coração). Mal eu sabia que uns bons anos mais tarde, me iria tornar uma grande fã de Natalie. Créditos para Black Swan, – tive o prazer de o ver no cinema – que é absolutamente extraordinário. Mais uma vez, a Academia esteve muito bem ao entregar o Óscar de Melhor Atriz a Portman em 2011, pelo seu papel da perturbada bailarina Nina Sayers. Embora bem menos conhecido e num registo totalmente diferente, também Love and Other Impossible Pursuits (As Coisas Impossíveis do Amor) me conquistou. Natalie é perfeita em personagens com fragilidades, e muito humanas nas suas imperfeições. Já vi muitos filmes de Natalie, mas estes dois, juntamente com V for Vendetta (V de Vingança) são os que mais merecem destaque.

Natalie-Portman-36

 

Meryl Streep

Esta lista sem a Meryl nunca estaria completa! Esta atriz, do topo dos seus 65 anos, consegue provar que Hollywood não é só para atrizes jovens ou “esticadas”. Mesmo com uma carreira longa e invejada por muitos dos seus colegas, Meryl mantém uma vida simples e raramente ignora um papel que lhe seja apresentado! Sendo uma das atrizes mais versáteis de sempre, ela reinventa-se surpreendentemente em todos os filmes por onde passa. Ora vejamos: foi uma hippie que cantava Abba em Mamma Mia!; uma personagem chave num filme de ficção-científica em The Giver (O Dador de Memórias); desempenhou uma fenomenal Margaret Thatcher em The Iron Lady (A Dama de Ferro); fez-nos rir em It’s Complicated (Amar… É Complicado!) e adorámo-la no seu odioso papel em The Devil Wears Prada (O Diabo veste Prada). São tantos os filmes que podia acrescentar aqui, mas em suma, tudo o que Meryl faz se torna automaticamente obrigatório para mim. Vê-la numa série seria fantástico, sobretudo se fosse algo de ficção-científica, fantasia ou sobrenatural e ela fosse a vilã da história.

Meryl Streep

 –

Johnny Depp

Este senhor é sensacional e também ele possui uma versatilidade fenomenal que emprega nos seus mais variados papéis. Até agora, o seu maior papel de sucesso é o peculiar Jack Sparrow, o pirata da saga Pirates of the Caribbean (Piratas das Caraíbas), mas a carreira dele não se fica por aqui! É mais que sabido que Johnny é o ator preferido do diretor Tim Burton, o que fez com que ele estrelasse alguns dos melhores filmes de sempre: Edward Scissorhands Eduardo Mãos-de-Tesoura), Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas), Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet (Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro de Fleet Street), Sleepy Hollow (A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça), entre outros. Com este ator singular numa série, seria fantástico vê-lo numa das suas características personagens.

johnny depp estrelas cinema séries

Julia Roberts

Julia foi a “namoradinha” dos Estados Unidos na década de 90, onde protagonizou alguns dos maiores sucessos cinematográficos de sempre. Dona de uma carinha de boa menina, deu vida à parelha feminina de algumas comédias românticas, cujos títulos revemos ainda com nostalgia. Quem não adorou a Vivian, a prostituta, de Pretty Woman (Um Sonho de Mulher)? Também adorei a Maggie Carpenter que fugia na hora de dizer o sim em Runaway Bride (Noiva em Fuga) e o mítico Notting Hill, em que Julia fez par romântico com Hugh Grant. Ultimamente, a nossa diva também tem feito excelentes filmes, estre os quais podemos destacar o delicioso Eat Pray Love (Comer, Orar, Amar) e August: Osage County, (Um Quente Agosto) que protagonizou com Meryl Streep. Não nos podemos esquecer que Julia ainda deu um saltinho à saga Ocean’s Eleven (Façam as Vossas Apostas), onde fez par romântico com George Clooney. Numa série, gostaria de a ver num policial, ou quem sabe, num drama, talvez médico, em que ela seja uma cirurgiã de sucesso!julia-roberts

 –

Julianne Moore

Embora não pareça, a nossa “ruiva e sardenta” preferida já tem 54 anos! Dona de uma beleza exótica e uma carinha de boa menina, Julianne dispensa apresentações, já que conta com dezenas de excelentes filmes no seu currículo. Recentemente, entrou para a saga The Hunger Games, onde promete dar luta no quarto e último filme, mas também passou por outros títulos que merecem ser nomeados: Blindness (a adaptação do fantástico Ensaio sobre a Cegueira de Saramago), Crazy, Stupid, LoveThe Kids Are All Right, Children of Men e A Single Man, entre muitos outros. Julianne ficaria a matar numa série de ficção científica que demonstrasse a convivência entre várias espécies de humanóides… quem sabe ainda a convidam para irmã da Stahma em Defiance?

Julianne Moore estrelas cinema séries

Robert Downey Jr.

Aqui, a expressão “filho de peixe sabe nadar” pode ser utilizada, já que Robert seguiu as pisadas do pai no mundo da representação. Apesar de se aproximar dos 50 anos, apresenta ainda uma expressão de badboy e papéis irreverentes assentam-lhe que nem uma luva. Embora tenha já uma longa carreira, recheada de grandes títulos, foi na última década que o seu nome saltou para a ribalta com o seu desempenho nas sagas Iron Man (Homem de Ferro) e Avengers (Os Vingadores) e na dupla de filmes Sherlock Holmes. Robert já manifestou interesse que o seu Tony Stark participe em Agents of SHIELD e nós não nos importamos nada que ele se mude de malas e bagagens para as séries!Robert-Downey-Jr. estrelas cinema séries

Diana Sampaio e Rui André Pereira

Publicidade

Populares

sas rogue heroes poster

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos