Classificação

8
Interpretação
5
Argumento
6
Realização
6.5
Banda Sonora

[Não contém spoilers!]

Temporada: 3

Número de Episódios: 8

A 15 de julho, a HBO Portugal estreou a série completa, incluindo esta 3.ª e última temporada de Future Man, uma comédia de ação e ficção científica liderada por Josh Hutcherson (The Hunger Games), Eliza Coupe (Happy Endings) e Derek Wilson (Preacher).

Em 2017, nós fizemos a review do primeiro episódio de Future Man e hoje iremos fazer a última.

Muito como a 1.ª e 2.ª temporada, a 3.ª temporada manteve o nível de humor ridículo, infantil e, por vezes, desconfortável que destaca Future Man de muitas outras comédias com um humor mais fácil de digerir.

Uma coisa é certa, ninguém pode acusar esta série de não tomar riscos na sua comédia, pois certos momentos com intenção de serem cómicos encontram-se resvés de serem ofensivos.

O mesmo não se pode dizer do enredo, que parece ser sempre o mesmo vezes e vezes sem conta, somente com um papel de embrulho diferente.

Algo que eu realmente apreciei nesta temporada foi o foco no crescimento pessoal do trio, que pareciam andar em círculos em temporadas anteriores. Achei que o final de cada personagem foi perfeito para cada um deles.

Por fim, gostava de louvar os atores, que consistentemente elevaram a série, quer com o seu timing e entrega dos momentos cómicos, como em alturas mais emocionalmente carregadas, que por muitas vezes vêm em shifts drásticos entre comédia e drama, o que não é fácil de fazer e que realmente demonstra o calibre do elenco de Future Man.

Personagem de Destaque:

Tiger (Eliza Coupe) – Esta escolha foi fácil. A Tiger é consistentemente um highlight da série, mas especialmente nesta última temporada. Eu acabei de ver a temporada com uma sensação de orgulho enorme. Quem a viu no início da primeira temporada, e quem a vê no final da terceira.

Episódio de Destaque:

Episódio 8 – Return of the Present – Visto que este é o último episódio da série, era essencial este ser o melhor episódio, e realmente foi. Esta final foi interessante, emocionante e conclui as histórias de Josh, Tiger e Wolf da melhor forma possível. Adorei.

Liliana Capucho