Classificação

9
Interpretação
9.2
Argumento
9.5
Realização
9
Banda Sonora

Esta nova série da BBC intitulada My Mother and Other Strangers decorre no ano de 1943 no desenrolar da Segunda Guerra Mundial. A história passa-se na vila fictícia de Moybeg, na Irlanda do Norte e centra-se na família Coyne. É o filho mais novo do casal, Francis, que nos vai relatando a história vários anos depois.

Neste primeiro episódio vemos a chegada de alguns pilotos de guerra à vila de Moybeg. Os locais, principalmente os homens, não aceitam a vinda destes homens, considerando que este vêm roubar as suas mulheres. O piloto Barnhill conhece e apaixona-se por Emma Coyne, filha de Michael Coyne, o dono do bar local e homem muito influente na vila. Certa noite, ele vai a casa de Michael para lhe pedir autorização para levar a sua filha ao cinema. O pai rejeita deixar que Barnhill se aproxime sequer da sua filha. Apesar disto, Emma acaba por fugir aos mandamentos do pai e vai às escondidas com Barnhill ao cinema. Ao contrário do que vemos no comportamento dos outros pilotos, Barnhill é bastante carinhoso com Emma ao ponto de aceitar levar a rapariga a casa a meio do encontro porque esta não está à vontade. Emma aprecia o comportamento do piloto e até lhe dá um beijo.

Ao chegar a casa da rapariga, Barnhill é atacado pelo pai dela, que o volta a ameaçar. E mesmo com Emma a garantir aos seus pais que ele a tratou bem, o jovem foi corrido e avisado por Michael que não queria que isso voltasse a acontecer. Barnhill não desiste e volta a ir atrás de Emma. É nesse instante que é surpreendido por alguns homens da vila que o arrastam até um celeiro e o espancam. Emma corre até ao seu pai, pedindo que este vá ajudar o piloto. O seu pai vai até ao celeiro, mas não parece muito incomodado com o tratamento dado ao jovem. Quem aparece de caçadeira em punho e salva Barnhill é a mãe de Emma. Fica subentendido que o pai de Emma sabia do embuste, mas ele nega e o próprio filho, que nos está a narrar a história, diz não saber a verdade.

Mais tarde, o piloto é obrigado a regressar à guerra e deixa uma carta à mãe de Emma para que esta a entregue à filha, coisa que esta nunca faz, uma vez que acredita que Barhill vá morrer na guerra e não quer que a filha receba cartas de uma sepultura. Barhill acabara mesmo por morrer na guerra tal como é confirmado por Francis Coyne enquanto nos relata a história.

Esta série histórica da BBC é uma narrativa que merece a atenção de todos os amantes do género. Muito bem filmada, muito bem realizada e muito bem escrita. Não há certamente ninguém que fique indiferente à qualidade demonstrada neste primeiro episódio. Recomendo a série.

Carlos Real