How To Get Away With Murder – 03×01 – We’re Good People Now
| 26 Set, 2016

Publicidade

Annalise e os Keating 5 estão de volta para mais uma temporada com tudo aquilo a que já nos habituaram: twists, mistérios, flashbacks e mortes!

O episódio começa no exato momento em que acabámos a temporada passada (pelo menos é o que nós espectadores pensámos até ao final do episódio), com a morte do pai de Wes. É resolvido logo de imediato um dos mistérios que transita da temporada anterior: quem matou o pai de Wes? Frank! Sim, Frank tentou desta forma redimir-se do sofrimento a que submeteu Annalise por todos estes anos, com a perda do bebé, e desaparece de seguida, mudando completamente de visual.

Parece-me que a história fica um pouco a meio e foi pouco explorada. Então Wes mente à polícia sobre o real motivo de estar a falar com Wallace, Frank é o assassino e nada se passa relativamente a isso!? Acho que a história podia ter sido mais aprofundada nesta parte.

Passam-se então quatro meses e os Keating 5 estão de volta à faculdade. Com a nova aula de Annalise, Clínica de Direito Criminal, estes vão ser advogados responsáveis por casos reais, sendo que vão poder ser finalmente uma Annalise Keating… uma assassina! Isto de acordo com as fotografias de Annalise coladas no quadro da sala e por toda a faculdade! Estas fotografias preocupam os Keating 5 (e a mim também, afinal quem será o responsável pelos cartazes?), fazendo com que estes confrontem Annalise, que os descansa e lhes diz que “We’re good people now”.

Temos então o primeiro caso da temporada: Karim Assaf, um refugiado do Iraque, que foi preso por posse e tráfico de droga e que agora corre o risco de ser deportado.

Annalise dá hipótese a todos os alunos de exporem a sua tática de defesa, escolhendo Wes e Drake (um aluno que não gosta muito do grupo de cinco e que vamos ver como irá interagir com estes durante o resto da temporada), como first e second chair, respetivamente. Contudo, Michaela descobre uma forma de ganhar o caso e acaba por substituir Drake. Contudo, no final acabam por perder o caso e Karim acaba deportado.

Nesta temporada, parece que cada episódio vai passar a ser dedicado a um novo caso, cada um representado pelos alunos de Keating – uma novidade relativamente à temporada passada, em que havia apenas um caso durante toda a temporada; contudo, continuaremos a ter um mistério ao longo de toda a temporada. Gosto mais desta versão, assim podemos ver os cinco em ação e a capacidade que realmente cada um deles tem em tribunal.

Durante o episódio vamos tendo flashbacks de como foi o verão de cada elemento dos Keating 5 e o contacto que mantiveram com Annalise. Ainda durante o verão, Annalise é confrontada pela nova diretora da faculdade (Lauren Vélez, de Dexter), que lhe comunica que esta deixará de ser a responsável pela cadeira de Criminal Law I (quem não se lembra daquele primeiro episódio da primeira temporada, em que Annalise entra pela sala a dizer que é a professora de Criminal Law I ou como ela gosta de lhe chamar How to Get Away With Murder?), devido aos maus resultados dos alunos que trabalham para ela.

Um dos pontos que acho que também vai ser explorado nesta temporada é a vida pessoal de cada um dos Keating 6 (sim, porque Oliver vai passar a fazer parte do gangue!), pois Connor e Oliver acabaram a relação e vão agora trabalhar juntos (apesar de Connor ter pedido a Annalise para não contratar o agora ex-namorado); Laurel e Wes estão claramente apaixonados depois do beijo da temporada passada, mas ele tem namorada nova e Michaela e Asher estão envolvidos numa relação que nem eles próprios entendem.

Durante o episódio vemos que Annalise guarda um segredo, já que tem um telemóvel escondido e através do qual mantém contacto com alguém desconhecido para nós durante grande parte do episódio. No final descobrimos que essa pessoa é um detetive que ela contratou para encontrar Frank e que acaba morto por este. Afinal, qual a motivação de Annalise para saber do paradeiro de Frank? Das duas uma, ou Annalise quer vingança ou preocupa-se demasiado com Frank para simplesmente o deixar partir.

E acabamos o episódio de forma surpreendente! As imagens com que a temporada começou não são de Wallace morto numa maca, mas sim uma pessoa ligada a Annalise e importante para a história, morta durante um incêndio na sua própria casa, dois meses depois do início das aulas.

Voltamos então a ter os flashforwards e flashbacks característicos da série e que nos vão aguçar a curiosidade durante toda a temporada! Quem é a pessoa morta durante o incêndio em casa de Annalise? Nate? Bonnie? Será que é Frank o responsável por esta morte, como forma de represália por Annalise o querer ver morto?

Vamos ter de ir acompanhando os nossos advogados preferidos com o coração nas mãos e colados ao ecrã para termos respostas!

David Pereira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

trying 4 apple tv+

Recomendamos