Complications – 01×01 – Pilot
| 20 Jun, 2015
Pilot

01×01 – Pilot

Protagonizada pelo irlandês Jason O’Mara (Terra Nova, The Good Wife) e criada por Matt Nix (Burn Notice), Complications, a nova aposta da USA Network, é uma série dramática que surge com o objetivo de se distinguir da restantes séries médicas – como Grey’s Anatomy, onde à primeira vista poderia ser enquadrada – e de marcar a diferença com a sua narrativa aparentemente original.

O’Mara desempenha o papel de John Ellison, um médico exemplar e bom samaritano, que tentar lidar com a perda da sua filha ajudando os seus pacientes na ala das emergências do Samaritan Hospital. Pode dizer-se que a vida de John era relativamente normal até que, um dia, a caminho do veterinário, é surpreendido por um tiroteio. Quando percebe que está uma criança ferida no meio da estrada, o Dr. Ellison não hesita em sair do carro para socorrê-la. O problema é que o tiroteio ainda não terminou e os membros do gangue estão a regressar ao local para terminar o “serviço”. John fica dividido entre salvar a vida do rapaz, ignorando o carro que se dirige a alta velocidade na direcção de ambos, ou agarrar na arma que se encontra no chão e evitar uma tragédia maior.

Após ver este primeiro episódio de Complications é inevitável não estabelecer comparações entre John Ellison e Walter White de Breaking Bad. Ambos os personagens são colocados numa posição em que são obrigados a tomar decisões drásticas nas suas vidas e que eventualmente os vão empurrar para um mundo para o qual eles não estão minimamente preparados. A diferença entre um personagem e outro é que Walter estava inserido num universo narrativo bastante bem trabalhado e desenvolvido e a sua transformação, assim como a dos restantes personagens, ocorre ao longo da série toda, ao passo que John está enquadrado numa narrativa cheia de estereótipos (não, a comunidade afro-americana não é a única que tem gangues) e onde personagens com algum potencial são “estragados” com elementos demasiado básicos, revelando alguma preguiça da parte dos argumentistas em dar tempo aos personagens para irem sendo explorados nas suas diversas facetas.

Outro aspeto negativo que encontrei neste episódio foi a quantidade de informação dada. Pareceu um ato de desespero para tentar agarrar o espectador, mas é bem provável que tenha o efeito contrário. Como consequência, ficamos com imensas linhas narrativas (algumas relativamente interessantes) que muito provavelmente ficarão por concluir, pois o foco da série será única e exclusivamente John Ellison e a sua jornada.

A melhor parte de Complications é mesmo a performance de Jason O’Mara, que tem uma grande presença e consegue tornar o seu personagem bastante credível e fácil de simpatizar, mesmo com todos os clichés que o argumento tem e que afetam o protagonista. É uma pena que O’Mara esteja numa série cujo potencial fica muito aquém das suas capacidades.

Existem muitas coisas erradas e negativas neste episódio piloto e como os aspetos positivos não conseguem estabelecer um equilíbrio razoável, é inevitável avaliar este início de Complications como banal.

Nota: 5/10

Filipa Machado

Publicidade

Populares

she hulk poster

Recomendamos