Continuamos a trazer curiosidades sobre as tuas séries favoritas e desta vez vamos dar a conhecer-te algumas sobre Big Little Lies:

1. A série é baseada no livro, com o mesmo nome, da australiana Liane Moriarty. A ideia para o livro surgiu depois de a escritora ter ouvido uma entrevista na rádio acerca de uma mulher cujos pais tinham uma relação abusiva.

2. Reese Witherspoon, uma das protagonistas da série, e Bruna Papandrea são produtoras executivas da série. Papandrea era amiga de longa data de Nicole Kidman e foi ela quem proporcionou conversações entre as duas atrizes. Depois de o livro lhe ter sido apresentado, Kidman leu-o de uma assentada e reuniu-se com Moriarty para obter os direitos de adaptação. Só foram precisas 48 horas para que isso acontecesse. A Hello Sunshine de Reese e a Blossom Films de Kidman ficaram então com os direitos de adaptação e foram as responsáveis pela produção – juntamente com a David E. Kelley Productions e a Crazyrose (na 2.ª temporada) – do projeto. No entanto, Big Little Lies não tinha sido inicialmente pensada como série, mas sim filme.

3.  O envolvimento de Jean-Marc Vallée aconteceu também devido a Witherspoon, sendo que os dois já tinham colaborado em Wild, realizado por Vallée e protagonizado e produzido por Reese. Big Little Lies estava próxima de ganhar uma data de início de produção, mas ainda não tinha sido escolhido um realizador. Nessa altura, os planos eram apenas para uma minissérie e Vallée, originalmente, iria realizar apenas dois episódios, mas acabou por assumir os sete. Depois, o sucesso da série, o desejo por parte da HBO de agradar e atrair uma audiência feminina e a vontade dos vários membros do elenco de voltarem a trabalhar juntos, fizeram com que a 2.ª temporada se tornasse possível. Andrea Arnold assumiu a realização dos episódios e Kelley, o responsável por todos os guiões, passou a contar com a colaboração de Moriarty. A autora do livro escreveu a história – apenas para efeitos de argumento, pois nunca veio a ser publicada – com a direção que os vários personagens tomariam e que serviria de base à temporada.

4. Para abraçar este projeto, Reese teve de desistir da possibilidade de fazer o filme Downsizing e Nicole recusou um papel em Wonder Woman. Por sua vez, Shailene Woodley estava seriamente a pensar desistir da representação depois de ter passado cerca de um ano a recusar guiões, até que surgiu a oportunidade de interpretar Jane Chapman. Laura Dern, que contracenou com Woodley em The Fault In Our Stars, encorajou-a a aceitar o papel, para o qual Moriarty tinha sugerido a atriz Rose Byrne (Damages).

5. Os episódios têm todos nomes de músicas ou então são partes de letras de músicas. Falando de música, a banda sonora de Big Little Lies conquistou o 1.º lugar do iTunes’ Soundtrack Chart e o segundo no US iTunes Top Albums. A banda sonora foi oficialmente lançada em CD e depois em vinil e este segundo formato incluía novas canções, incluindo uma de Vallée e o primeiro single oficial de Zoë Kravitz, uma versão de Don’t, de Elvis Presley.

6. As cenas de violência protagonizadas por Alexander Skarsgård e Nicole Kidman revelaram-se difíceis para ambos, especialmente em termos emocionais. O ator revelou que depois das filmagens preferia ficar com uma pessoa amiga em vez de ir para um hotel, porque com companhia era mais fácil para ele desligar-se do seu personagem. Kidman queria que tudo parecesse o mais autêntico possível e chegou a ficar com pisaduras por causas dessas cenas. Quanto às sessões de terapia de Perry e Celeste, estas eram filmadas sem serem ensaiadas para que fosse mais fácil criar um sentimento de tensão genuína e embaraço quando os dois tentavam perceber as emoções um do outro.

7. A personagem de Meryl Streep foi escrita com a atriz em mente e o nome Mary Louise não é um acaso, mas sim uma alusão ao verdadeiro nome de Streep.

8. As filhas mais novas de Kidman, Sunday Rose Kidman-Urban e Faith Margaret Kidman-Urban, apareceram na série como extras, sendo duas meninas da escola que os filhos de Celeste, Madeline, Renata, Jane e Bonnie frequentam. É possível ver os nomes de ambas nos créditos.

9. Larry Sullivan e David Monahan, que na 1.ª temporada interpretam Oren Berg e Bernard, um casal com uma criança que é colega de escola dos filhos das protagonistas, também são casados na vida real.

10. A produção teatral em que Madeline está envolvida, Avenue Q, é um musical verdadeiro que envolve marionetas e fez muito sucesso na Broadway, tendo inclusive conquistado três dos Prémios Tony mais cobiçados. Apesar das objeções à produção da peça na série, o verdadeiro musical foi muito bem recebido, com críticas quase exclusivamente favoráveis tanto nos Estados Unidos como noutros países.

11. Apesar de a ação da série ser passada em Monterey, apenas a casa de Celeste e Perry se situa na Península de Monterey, que inclui as cidades de Monterey, Seaside, Carmel, Marina e Pacific Grove. As gravações são feitas noutros locais como Malibu, Calabasas e Pasadena, mas a maior parte das cenas de interiores são filmadas em Los Angeles, em sound stages, locais à prova de som usados para diversos tipos de produções. Quanto à ponte que se vê nos créditos de abertura (e noutras alturas) é a Bixby Bridge, localizada a cerca de 30 quilómetros de Monterey.