[Se quiseres ler este artigo em inglês clica aqui.]

Todd Stashwick, conhecido pelos seus papéis em 12 MonkeysThe Originals, esteve presente na Comic Con Portugal, nos dias 12 e 13 de setembro, onde falou com os fãs nos seus painéis, deu autógrafos e respondeu às perguntas da imprensa.

Conferência de imprensa:

Com um bom espírito que o parece caracterizar, Todd Stashwick começou por responder a perguntas relacionadas com a sua prestação na série de ficção científica 12 Monkeys, referindo que foi uma experiência interessante, pois o seu personagem, Deacon, era suposto aparecer em apenas quatro episódios. Contudo, os criadores da série perceberam que havia potencial neste vilão e Stashwick passou a regular na 2.ª temporada da série, sendo que daí para a frente o personagem passou por um arco de redenção até se tornar num herói. O ator mencionou ainda as cenas de luta e que fez muitas delas, especialmente se fossem close-ups, mas que não tem qualquer problema em passar a ‘batata quente’ a um dos duplos. Um dos maiores desafios na gravação desta série foi ter de mudar o seu corpo para dar realismo aos 9 meses que Deacon passou na prisão. Por entre risos, Stashwick recorda que não pôde comer pizza nem beber vinho durante cerca de 5 meses e que isso lhe custou um bocadinho.

Relativamente à sua prestação em The Originals, tivemos oportunidade de lhe perguntar se sentiu pressão por fazer parte de um projeto que era a continuação de outro, The Vampire Diaries, que teve tanto sucesso e cuja base de fãs era bastante sólida. Para Todd não houve qualquer tipo de pressão, mas o ator realça que provavelmente para Joseph Morgan e Daniel Gillies a história já fosse outra, pois transitaram da série original para o spin-off. O ator mencionou também a sua prestação num episódio de Supernatural (04×05 – Monster Movie), lembrando o incrível que é fazer algo durante uma semana num pequeno estúdio que depois passa para o público e tem um impacto no mundo inteiro. Para ele, esta sim é uma responsabilidade e uma pressão: fazer parte de algo que tem tanta ressonância na audiência. “ Nós gostamos tanto do trabalho que fazemos como os fãs”, afirmou o ator.

Quanto ao facto de já ter interpretado vários vilões, Todd brincou, dizendo que é fácil para ele sair do trabalho e não matar pessoas. Depois, num tom mais sério, disse que consegue desligar-se do papel entre trabalhos, seja em papéis como vilão ou não. Afinal de contas, “os vilões não se veem como vilões, veem-se como os heróis da sua própria história” e como passa algum tempo entre papéis consegue desconectar-se, a não ser em situações em que há consequências físicas como, por exemplo, quando, numa cena do seu novo filme ao lado de Olivia Munn, Violet, teve de gritar tanto que ficou sem voz durante três dias.

Para terminar, Stashwick referiu que é um grande geek e que adora este tipo de eventos como a Comic Con, onde aproveita para comprar imensos ‘brinquedos’. Todd apresentou-se como uma pessoa extremamente simpática, com um gosto pelo que faz e sempre com uma brincadeira e um sorriso pronto.

O Séries da TV teve ainda oportunidade de entrevistar o ator. Em baixo podes ver a conversa que tivemos com Todd Stashwick, que começou com uma pergunta sobre como foi cantar em 12 Monkeys  e como surgiu essa cena na série.