Classificação

4.5
Interpretação
3
Argumento
3.5
Realização
3.5
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Sabes aquelas séries que mesmo antes de vermos o primeiro episódio já sabemos que não vão ser grande coisa? Pois bem, o piloto de Chicago Party Aunt é o exemplo perfeito disso.

Na clara tentativa de seguir caminhos como Family Guy e American Dad, esta nova série da Netflix vem carregada de piadas, a maioria fáceis e sem graça, na tentativa de contar a história de uma tia que é demasiado cool para a idade que tem. Diane, a protagonista (voz de Lauren Ash), gosta de festas e bebedeiras e, apesar da vida adulta, continua a ter esse estilo de vida. É claro que ela se mete em várias trapalhadas e acaba por se ver presa em situações caricatas que a série tenta recriar como cómicas. O primeiro grande ponto negativo que tenho de realçar é que o episódio está cheio de informação. Sinto que este género resulta precisamente pela forma leve como aborda as situações que outrora possam parecer mais complicadas. No entanto, aqui a série anda às voltas com demasiados acontecimentos logo no primeiro episódio. A certa altura, dada tamanha confusão e falta de graça, deixei de prestar grande atenção. Em nenhum momento o argumento foi suficientemente bom para me agarrar.

Mas, claro, é uma série de comédia, logo tem de fazer rir, certo? Pois, devia! Realmente não consegui rir-me com nenhuma das piadas que foi lançada durante o episódio. Dou já a mão à palmatória dizendo que até sou de riso fácil, mesmo com séries que não costumam cativar tanto os críticos. A verdade é que de tão previsível, fácil e até vulgar não houve nenhum momento deste episódio piloto de Chicago Party Aunt em que me tivesse rido. Inclusive senti que esta série veio na altura errada. Esta ideia ou conceito, como lhe queiras chamar, seria engraçada num filme de domingo à tarde nos anos 2000. Hoje em dia simplesmente não funciona.

Não há muito mais que possa acrescentar sobre o piloto de Chicago Party Aunt. Se por acaso te sentes com curiosidade, a série está na Netflix e tem oito episódios de cerca de 20 minutos cada. Não recomendo, mas caso queiras dar uma vista de olhos, depois diz-me como foi essa experiência.

Carlos Real