Classificação

8.5
Interpretação
8.5
Argumento
7.5
Realização
6
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Alex Rider é uma das mais recentes apostas da Amazon e traz-nos à televisão a adaptação dos livros de Anthony Horowitz com o mesmo nome, Alex Rider, composta por 11 livros e vários contos e graphic novels. No fundo é uma história de espiões onde acompanhamos a vida de Alex, um rapaz cuja vida muda da noite para o dia.

O episódio começa por nos apresentar Alex, um jovem quase perfeitamente normal, a meter-se em sarilhos com o seu amigo na escola, é um rapaz simpático, divertido e inteligente, e fizeram uma boa caracterização da personagem, fazendo-nos ter uma boa empatia com Alex logo desde o começo. Conseguimos também ver as suas habilidades fora do normal, logo cedo, quando ele entra sem autorização na escola para recuperar o telefone do amigo. Tenho a dizer que as cenas de ação estão bem feitas, mas não deixa de ser impressionante que Alex vestido com fato consiga saltar um muro e o fato ficar direito e impecável e eu quando saio do carro para o trabalho já está amachucado. Não queria deixar de destacar Tom Harris, interpretado por Brenock O’Connor, como personagem secundário dá um toque de humor muito precioso à série, e às vezes são estes pormenores que fazem diferença.

O resto do episódio dá-nos o contexto que precisamos para o resto da série e sobre o que vai girar a ação e a trama. Neste caso é sobre o que acontece à família mais próxima de Alex, que estava envolvido em algo secreto e misterioso. Faz lembrar muito a versão mais juvenil de Jack Ryan. Bom enredo e bom conjunto de atores é o que se pode pedir numa série, adicionando uma boa produção como seria de esperar da Amazon.

A única coisa que peca na série é a intro, na minha opinião, parece desadequada com uma música pouco agradável e visualmente estranha. Mas enfim, é mesmo o único ponto que não gostei, e como fã da saga de livros que deram origem à série fico contente por ver uma boa e fiel adaptação e irei ver os restantes sete episódios que compõem a temporada e que estão todos disponíveis já. Em suma, se gostam de personagens bem construídas, séries de suspense e ação, thrillers, então têm aqui uma excelente opção para fazerem maratona durante a próxima semana. E fiquem descansados se gostarem, como existem vários livros, o mais provável é que caso faça sucesso existam mais temporadas a caminho.

Previsões para o resto da série: espero que mantenham as cenas de ação simples e giras como aconteceu neste episódio, que o foco na personagem e no enredo seja também um ponto forte e não apenas as cenas com tiros e lutas.

E vocês o que acharam? De recordar que a série vai chegar a Portugal, ao canal AXN, em setembro.

Raul Araújo