Grey’s Anatomy – 13×16 – Who Is He (And What Is He To You)?
| 18 Mar, 2017

[Contém spoilers]

É sempre sem expectativas que aguardo episódios centrados em Jackson e April. Não sou muito apologista de enredos focados exclusivamente numa ou duas personagens – acho que o tempo de ecrã deve ser distribuído – e já esperava uma série de clichés para este “Who Is He (And What Is He To You)?”.

Claro que foi Catherine Avery a arranjar tudo de forma a que fosse April e não Meredith a acompanhar Jackson até ao Montana, a um dos hospitais Avery. O Montana não é apenas o local de mais uma intervenção cirúrgica, é também o sítio onde o pai de Jackson vive. Odeio estas reuniões familiares que se pretende que signifiquem alguma coisa, mas que nunca trazem nada de novo! Porque é que Jackson tem sequer interesse em conhecer o homem que não quis saber dele nestas últimas décadas? O pai nunca pareceu um assunto mal resolvido para Jackson, mas de repente tornou-se importante. Só porque Jackson agora também é pai?

Bolas, e Jackson continua a ser um idiota chapado! A maneira como ele tem tratado April nos últimos episódios tira-me do sério! E April devia deixar de ser tão boazinha! Agora ela e Catherine estão muito amigas, mas não foi assim há tanto tempo que a ‘sogrinha’ a quis processar judicialmente quando descobriu que ela sabia que estava grávida antes do divórcio com Jackson. Just saying! Mas depois de uma série de tempo separados, e sem nada que indicasse uma reconciliação à vista – embora fosse óbvio que eventualmente acontecesse -, Jackson e April voltam a envolver-se. É isto que vamos ter nos próximos episódios? Um dos casais mais aborrecidos que aquele hospital já conheceu de volta? Se até aqui a temporada não foi muito promissora, não é com isto que estou à espera de melhorias!

De volta ao pai de Jackson. Robert, não é? Não tenho respeito por um homem que abandona o filho. Fugir do legado dos Avery não o obrigava a afastar-se do filho, mas foi isso que acabou por acontecer e o antigo cirurgião tem agora uma espécie de restaurantezinho numa parte linda do Montana, cheia de neve! Robert não pediu desculpa por se ter afastado e até escolheu recordar o momento em que conheceu Catherine, mas Jackson não gostou de ouvir o pai falar sobre a mãe, como se ele não tivesse o direito disso. Depois quando voltou a Seattle, Jackson agradeceu à mãe por tudo o que fez por ele, quase como se estivesse a reconhecer que estava errado nalguma coisa. No entanto, a verdade é que Catherine é extremamente manipuladora e se mete em tudo, muitas vezes de formas muito erradas. Jackson critica-a muitas vezes, mas acho que essas críticas até são justas na maior parte das vezes.

O caso cirúrgico foi resolvido como é na maioria das vezes: com os nossos médicos a terem uma ideia mirabolante que não ocorreu a mais ninguém e a usarem partes das suas vidas pessoais para se conectarem com os pacientes de alguma forma.

Se no ano passado até gostei do episódio centrado nestes dois, não estarei a ser sincera se disser que o mesmo aconteceu desta vez. Apesar de termos conhecido um pouco da história familiar de Jackson e da reconciliação (?) com April, não tivemos grandes desenvolvimentos na trama. Esta temporada continua sem grande rumo, o que é uma pena!

Diana Sampaio

Se ainda não conhecem os nossos parceiros de Grey’s Anatomy (Portugal), espreitem aqui!

Publicidade

Populares

ramy

calendário estreias

the resident poster

Recomendamos