Grey’s Anatomy – 12×21 – You’re Gonna Need Someone on Your Side
| 30 Abr, 2016

[Contém spoilers]

Meredith volta a ter motivos para fazer piadas sobre a vida sexual dos outros depois de ter encontrado Amelia e Owen a dormirem juntos no sofá dela. Tapem os olhos às crianças, faz favor! Mas a sério, esta gente é tão, mas tão inconveniente! Podiam fazê-lo dentro de portas fechadas, não?

Bailey continua a sua ‘guerrinha’ com Ben por este ter voltado ao seu posto como anestesiologista. Pior, agora a Chefe de Cirurgia também fala sobre a sua vida pessoal enquanto opera e, bem, foi mais um momento inadequado. Esta gente não tem qualquer sentido de privacidade, chega a ser frustrante! Maggie e Riggs foram metidos ao barulho, mas este último acabou por interceder por Ben (e com toda a justiça, diga-se).

Kyle, o paciente de Amelia que anda a sair com Steph, voltou ao hospital, desta vez com tremor noutra mão. Como agora ele e Steph estão juntos (mais ou menos), Amelia não a deixou operar, nem participar no tratamento de nenhuma maneira. Achei muito bem, mas Steph já me estava a irritar! Devia ser capaz de compreender a posição de Amelia como chefe dela. Só que Steph não quer ser aquela pessoa que fica à espera de notícias, quer fazer alguma coisa e ser capaz de ajudar as pessoas com os seus conhecimentos. Por isso, deixou uma carta a Kyle e afastou-se. Isto vai ser mais um paciente que se envolve com um dos cirurgiões e depois vai acabar por morrer, certo? Denny e Henry all over again!

Um senhor já de idade foi admitido no hospital e descobriu-se que, apesar de estar casado há mais de 50 anos com uma mulher, estava apaixonado pelo doorman (e eu só pensava em Downton Abbey. E na Addison, já que a mãe dela também passou décadas apaixonada pela empregada). A sério, é incrível o quanto as pessoas se deixam viver numa mentira ou porque têm medo ou porque não querem magoar os outros.

Com medo está também April. Depois de Samuel, ela está receosa de que este bebé também tenha algum problema de saúde. Eu já estava prestes a gritar com o ecrã quando Arizona pensou que se passava algo de errado. Estava a ver que íamos ver o mesmo filme outra vez, mas foi só falso alarme. Que alívio! Não gosto nada quando as storylines se centram muito em April.

Falando ainda em Arizona, mas que raio foi aquilo dela a gritar com Penny? A sério, aquela Penny é uma santa! Atura tretas de toda a gente com uma calma bestial! Cada atitude que ela tem só vem cimentar a minha opinião de que é uma pessoa muito correta.

Callie e Arizona andam a tentar ‘recrutar’ amigos para testemunhar em tribunal em seu favor. Começaram timidamente, mas lá foram pedindo. Alex tomou uma postura que eu respeito muito, a de decidir que não ia tomar partidos porque é amigo das duas. Vêem, isto é outro tipo às direitas! Claramente ao contrário de mim, que quase saltei de alegria quando Meredith aceitou falar a favor de Callie. Meredith, estás definitivamente nas minhas boas graças de novo! Meredith será uma excelente testemunha, na medida em que será fantástico ter alguém que é mãe a interceder por Callie. Também Owen se juntou à Team Callie. A de Arizona quantas pessoas tem? Hum, Richard? Ok, mas é mais do que provável que April e Jackson a apoiem também.

Foi um episódio bastante fraco em termos de argumento. Além disso, pensei que íamos ter cenas passadas em tribunal! Já só consigo pensar nisso, tentando abstrair-me, para já, de uma possível saída de Sara Ramirez da série.

Diana Sampaio

Se ainda não conhecem os nossos parceiros de Grey’s Anatomy (Portugal), espreitem aqui!

Publicidade

Populares

ramy

calendário estreias

the resident poster

Recomendamos