Shoot The Messenger – 01×01 – Beginner’s Luck
| 29 Jan, 2018

Contém Spoilers!!

Daisy Channing é uma jornalista que anseia por subir na vida e deixar a sua marca no jornal onde trabalha e, portanto, quando uma fonte lhe telefona a dizer que lhe arranjou uma história tão grande que o seu nome será conhecido por toda a gente, ela abandona até um encontro romântico com Kevin, uma espécie de namorado. O enredo começa quando Daisy chega ao local combinado com Hassan e o encontra a ter uma reunião com outro rapaz, que termina subitamente quando este rapaz desconhecido é morto a tiro. No pânico, Hassan mete-se dentro do carro meio ferido e foge, deixando Daisy sozinha para telefonar à policia e reportar o que aconteceu. Qual a surpresa de Kevin, que é um inspetor, ao descobrir que a rapariga com quem anda a dormir é jornalista e testemunha do homicídio para o qual ele é chamado.

Aproveitando o facto de estar dentro da situação, Daisy escreve uma peça para fazer a capa do jornal do dia seguinte, só que comete um erro terrível. Os nomes na Somália são dados de uma certa ordem consoante os nomes do pai e avô. Isto levou a que dois irmãos tivessem o mesmo nome com uma diferença muito pequena e que Daisy reportasse o irmão errado como morto. Após enfrentar a fúria da sua editora foi, juntamente com Simon, o melhor jornalista que havia na redação, pedir desculpa à família. Só que a família ainda não se tinha apercebido e dá origem a uma cena um pouco insólita e quem sabe que será explicada nos próximos episódios; a mãe ao descobrir que Khaalid tinha sido verdadeiramente morto diz para Khaalif que devia ter sido este a morrer.

Durante o episódio, Hassan não dá sinais de vida a Daisy, apesar de vermos que está vivo, ferido e metido numa situação complicada, mas sobre a qual não conseguimos compreender ou agarrar mais do que as bordas, o que, claro, é o objetivo deste episódio, dar-nos o suficiente para ficar com curiosidade e seguir a história. No entanto, para animar as coisas para o episódio seguinte, Daisy recebe uma chamada com a promessa de informações, só que quando chega ao apartamento da fonte em questão encontra sinais de luta, uma mala com droga e alguém à espera dela que a deixa inconsciente.

Foi um primeiro episódio convincente mas não espetacular. A história ainda é deixada de um modo muito confuso, talvez demasiado para me dar vontade de seguir. No entanto, Daisy é uma personagem muito bem construída e interpretada por Elyse Levesque. Boas notícias para os que gostaram deste episódio, apesar de a data de estreia nos EUA só ter sido esta semana, a série já é de 2016 e, portanto, os oito episódios que constituem a 1.ª temporada já estão disponíveis e podem segui-los sem ter que esperar!

O que acharam?

Raul Araújo

Publicidade

Populares

ramy

calendário estreias

the resident poster

Recomendamos