7x10 - The Discovery Dissipation

7×10 – The Discovery Dissipation

 

Contém SPOILERS.

Depois do grande episódio do Thanksgiving, a série repescou a descoberta do Sheldon há alguns episódios atrás. Senti logo que a coisa não tinha ficado por ali, mas não esperava este desfecho.

A história começou com o nosso génio preferido numa entrevista pela rádio. Racional como é, ‘Sheldor’ teve dificuldade em aceitar a fama que sente não merecer. Pobre Sheldon, ficou mesmo deprimido com a situação, mesmo depois de Amy lhe explicar que toda aquela situação podia ajudar a universidade. Por isso, como boa namorada que é, ela resolveu chamar a única pessoa da vida dele que o compreendia, Wil Wheaton. Já tinha saudades dele e das suas cenas com o Sheldon (mas confesso que sinto saudades dos tempos em que eles eram inimigos).

Depois da conversa com o amigão, Sheldon ficou mais confortável com a sua popularidade (e adorei o comentário de Penny sobre ter inveja dele). O problema foi que Leonard, após umas pesquisas, comprovou que, afinal, não existia o tal elemento pesado. Os sentimentos de Sheldon foram contraditórios e muito ao seu estilo. Sabia que era o dever de Leonard publicar as suas descobertas mas ficou zangado por o amigo lhe ter roubado a maior conquista da sua carreira. Os sentimentos vs a razão. E o Dr. Cooper mistura ambos melhor do que ninguém. Fiquei feliz por ter sido o Leonard a descobrir aquilo, visto que o seu trabalho é tantas vezes desvalorizado pelo colega de casa.

Kripke voltou! Acho esta personagem genial, apesar de ter saudades da Leslie Winkle como inimiga do Sheldon. Ninguém o insultava com tanto estilo. O modo de falar de Kripke sempre foi o ‘pink elephant in the room’ e adoreeeeiii o Sheldon a falar finalmente disso. No entanto, ele pode ser bom em muita coisa mas a insultar não é de certeza! Mais uma vez, Barry levou a melhor. Maybe next time, Shelly.

A entrevista final, foi, sem dúvida a melhor parte. Só mesmo o Sheldon por ter entrado pelo estúdio adentro para ter o mesmo destaque que Leonard. O Sheldon e o seu yodel foi hilariante! E a reacção de Penny e Amy a ouvirem em casa?

Amy: I’ll get the vodka.

Por seu lado, Raj teve a sua casa a ser fumigada e foi procurar abrigo na casa dos Wolowitz. Quando li a sinopse do episódio ainda pensei que ele fosse para a casa da mãe do Howard e fiquei ligeiramente desapontada quando vi que ele fora para casa do casal. Na temporada passada, o episódio em que Raj foi fazer companhia a Mrs. Wolowitz enquanto Howard e Bernadette estavam em Las Vegas foi um dos melhores. Contudo, este não se ficou nada atrás.

Raj mostrou ser o convidado perfeito e veio mostrar que o casamento de Howie e Bernie não era perfeito – o que os torna bastante realistas. O pobre astrofísico só tinha boas intenções e o feitiço virou-se contra o feiticeiro. O casal começou a discutir e Raj é que levou por tabela. Coitadinho! E não teve mais sorte quando se mudou para o apartamento de Leonard e Sheldon e se lembrou de dar conselhos a Amy e Sheldon.

Já sabemos que o Raj é um querido e agora já consegue falar com mulheres. Não será uma boa altura de lhe arranjarem uma namorada? Como ele próprio já referiu há umas temporadas atrás, até o Sheldon Cooper já tem namorada, pelo amor de Deus!

Para terminar, queria só fazer um comentário acerca de Penny. Também já era altura de lhe arranjarem um trabalhito como actriz. Nem que fosse numa telenovela. Ela merece! Todos os amigos têm um trabalho que adoram, porque é que ela não pode ter o mesmo?

Nota: 8.5/10

Maria Sofia Santos