A 2.ª temporada da produção de antologia da National Geographic, The Hot Zone, irá contar com Tony Goldwyn (Scandal) e Daniel Dae Kim (The Good Doctor, Hawaii Five-O) como protagonistas.

A nova história irá focar-se nos ataques com antraz de 2001 e contará novamente com Kelly Souders e Brian Peterson na produção executiva e no cargo de showrunners.

The Hot Zone: Anthrax passa-se assim em 2001, algumas semanas após os acontecimentos do 11 de setembro, quando os Estados Unidos são novamente atacados por um ato terrorista: cartas contaminadas com antraz são enviadas a vítimas na Florida, em Washington D.C. e em Nova Iorque. Esse ataque anónimo custou a vida a cinco pessoas e provocou o pânico por todos os Estados Unidos. Apesar das guerras territoriais entre agências e de pistas falsas, uma equipa improvável de cientistas, agentes do FBI e vários elementos pertencentes a departamentos do governo lentamente conseguiu chegar a um “chocante” suspeito.

Goldwyn irá ser Bruce Ivins, um cientista da área da microbiologia que se junta à busca pelo assassino. Enquanto ele trabalha juntamente com o FBI, a sua crescente instabilidade e paranoia dão lugar a descobertas ainda mais profundas. O seu personagem é baseado num biólogo militar, Bruce Ivins, que chegou a ser considerado suspeito dos ataques.

Já Kim irá interpretar Matthew Ryker, um agente do FBI especializado em microbiologia que, três semanas após os ataques do 11 de setembro, arrisca a sua carreira ao tentar convencer os seus superiores de que os Estados Unidos se encontram novamente sob ataque.

As filmagens iniciais desta nova temporada deverão começar ainda durante esta época de inverno em Toronto, no Canadá.