A Netflix deu luz verde a The Witcher: Blood Origin, uma prequela minissérie que se passará no universo de The Witcher.

Embora ainda não haja confirmações sobre os participantes ou sobre datas, esta será uma prequela da aclamada série da Netflix, passando-se 1200 anos antes no mundo dos elfos, seguindo a história do primeiro Witcher e de todos os eventos que levaram ao fenómeno que juntou o mundo dos homens, dos monstros e dos elfos conhecido por Conjunction of the Spheres.

A série será produzida por Declan de Barra, Lauren Schmidt Hissrich, Jason Brown, Sean Daniel, Tomek Baginski e Jarek Sawko e terá Andrzej Sapkowski como consultor criativo.

“Enquanto fã de longa data, estou extremamente feliz por poder contar esta história. Desde que li os livros da saga The Witcher que tenho uma questão na cabeça: Como era o mundo do Elfos antes da chegada dos Humanos? Sempre me senti fascinado pelo nascimento e queda de civilizações e de culturas. Como é que a ciência, a história e descobrimentos se davam antes? Muito do conhecimento existente simplesmente desaparece, principalmente depois de colonizações e de completas reestruturações históricas. The Witcher: Blood Origin irá contar a história da civilização dos Elfos antes da sua queda e, mais importante ainda, contará a história do primeiro Witcher.”, revela Declan de Barra.

Lauren Schmidt comenta ainda estar “emocionada por poder trabalhar com Declan e com a equipa da Netflix neste projeto. A possibilidade de expandir o universo criado por Andrzej Sapkowski e de introduzir aos fãs novas personagens e uma nova história que ampliará este mundo mágico e mítico torna este projeto muito interessante.”

Este não é o único spin-off do universo de The Witcher, visto que a Netflix anunciou em janeiro The Witcher: Nightmare of The Wolf, um filme de animação que vai seguir a história do mentor de Geralt, Vesemir.