Greve dos argumentistas ameaça a estreia de várias séries
| 27 Abr, 2017

Já foi há dez anos que houve uma greve dos argumentistas norte-americanos que causou um grande impacto no mundo das séries. Agora parece que nova greve pode voltar a acontecer, uma vez que o Writers Guild of America (WGA), sindicato dos argumentistas, voltou a aprovar uma paralisação, depois de 96.3% dos seus membros terem recaído sobre o “sim” através de uma votação eletrónica.

Os motivos da greve são o fim de contratos com os estúdios e representam também um modo de reivindicar o cumprimento de exigências como seguros de saúde, pagamento de royalties de séries em reposição e o direito a escrever para vários programas de horário nobre em simultâneo.

Caso as exigências não sejam resolvidas até dia 1 de maio pelos estúdios, a greve vai ter início, o que irá implicar um grande atraso com o início dos trabalhos. Por isso, é possível que algumas datas de estreias de outono sejam adiadas e várias séries poderão até ser canceladas, dependendo da nova programação disponível para a altura. Isto significa que séries como The Walking Dead, Jessica Jones ou American Horror Story poderão estrear bem mais tarde do que o previsto.

Publicidade

Populares

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos