Classificação

6
Interpretação
6
Argumento
7
Realização
7.5
Banda Sonora

[Não contém spoilers]

Estreou hoje na Netflix uma série de animação italiana intitulada Destacar Pelo Picotado (Strappare Lungo i Bordi, no original). São seis os episódios e a duração varia entre os 16 e os 22 minutos. Nunca tinha visto uma série de animação para adultos que não fosse falada em inglês, mas a verdade é que o italiano, uma língua que não aprecio muito, aqui encaixa bastante bem. Talvez por ser uma língua muito musical combine bem com uma animação dinâmica.

O estilo de animação é diferente daquilo que estou habituada a ver em séries como The Simpsons ou American Dad! e acho que é bem capaz de fazer lembrar mais os desenhos animados que os miúdos veem, o que não constitui um ponto negativo. A história centra-se num artista de banda desenhada que tem como consciência um armadilho (lembras-te do disfarce esquisito do Ross em Friends? Era precisamente um armadilho). O nosso personagem está apaixonado por uma rapariga, mas o contacto deles dá-se apenas por mensagem. Esse é um dos seus problemas. O outro é algo comum a muitos de nós: perder tempos infinitos a navegar pela Netflix sem conseguir escolher nada de jeito para ver. Amigo, vê Sense8 de uma vez por todas e deixa-te de desculpas! Depois, há também uma divagação absurda acerca de as casas de banho das mulheres serem um oásis de limpeza e camaradagem e de os dos homens estarem repletos de imundície. O WC das mulheres é, na realidade, tão sujo como o dos homens. Às vezes até é pior.

A série tem um toque engraçado de irreverência e faz uso de muitos palavrões, algo que me dá sempre uma sensação genuína, porque é assim que muitos de nós falam no mundo. No entanto, acho que este primeiro episódio acabou por tentar ser, ao mesmo tempo, sobre muita coisa e acabou por ser um bocado sobre nada. Acho que fez falta um foco e uma linha condutora que nos fizesse perceber o tipo de história com que podemos contar.

Não fiquei entusiasmada nem com vontade de ver mais, mas para os fãs de animação, é capaz de ser uma boa aposta.

Diana Sampaio