Game of Silence – 01×01 – Pilot
| 15 Abr, 2016

Game of Silence é um drama que reúne suspense, segredos sombrios, vingança e conspiração e que conta com algumas caras conhecidas no seu elenco: David Lyons (Revolution) e Michael Raymond-James (Once Upon a Time).

No centro da história estão cinco amigos: Jackson, Shawn, Boots, Gil e Jessie, que passavam a sua adolescência juntos, na pacata localidade de Brann, próxima de Houston, no Texas. A mãe de Jessie não gostava das companhias da filha e certo dia tenta levá-la à força, no seu carro, para a batizar e purificar dos comportamentos que considerava impróprios. Os amigos, munidos pela sua rebeldia, impedem esta situação e roubam o carro para “resgatar” a amiga, com Jackson ao volante, ainda que sem idade nem a mínima experiência para isso. O resultado é um acidente que culmina na morte de uma mulher. Jackson força Jessie a fugir para a proteger, salvando-a do que se viria a destinar para si e para os seus três companheiros: uma dura e traumática estadia numa prisão juvenil, onde não há qualquer ordem. São abusados e violentados pelos outros reclusos e pelos guardas e quem comanda não os vê como crianças, levando-os inclusivamente a participar em lutas entre eles para seu divertimento.

Pois bem, a série deambula entre os acontecimentos dessa época e a atualidade, 25 anos após o trágico incidente. Nos tempos atuais vemos que Jackson deu o passo para a cidade grande, sendo agora um advogado bem sucedido, está noivo de uma colega e parece ter colocado o passado para trás das costas. Mas a verdade é que o passado vem atrás dele.

Estamos longe de saber metade do que terá ocorrido a estes quatro amigos naquela prisão, mas é notável que os marcou a todos, particularmente aos três que ficaram em Brann e que se mostram sedentos de vingança pelo que lhes foi feito. Essa raiva vem ao de cima quando Boot dá de caras com um dos colegas de prisão que abusava dele e deixa-o em muito mau estado, com recurso a um taco de golfe. Isso dá-lhe um bilhete direto de ida para a cadeia, sem passar pela casa de partida. Face a isto, os seus companheiros, Gil e Shawn, vão até Houston para pedir a ajuda do seu amigo Jackson.

Este acontecimento serviu para juntar de novo o grupo, mas teve consequências irremediáveis ao levar à retaliação por parte do gangue do qual o agredido fazia parte e culminando na morte de Boot, esfaqueado na prisão. Gil, atual namorado de Jessie, que havia sido o primeiro amor adolescente de Jackson no passado, parece ser o que tem o sangue mais quente e para ele a resposta deve ser olho por olho. No funeral, momento que marca o fim do episódio, ficamos a saber que a vítima de Boot morreu também, mas não devido às agressões, e sim com três balas no peito que parecem apontar para um dos três amigos de Boot.

Um flashback próximo do fim sugere que Jackson e Jessie participaram no assassínio de um dos guardas da prisão, estando também ela envolvida nos acontecimentos que mancham os seus passados.

A adensar o drama desta nova série temos uma densa teia de corrupção e conspiração, associada ao gangue que pôs fim à vida de Boot, e sob a liderança do responsável máximo da prisão onde os protagonistas sofreram horrores e que é nos dias de hoje um político de renome, próximo de chegar a congressista. Os agora quatro companheiros veem-se algo divididos entre a vontade de trazer ao de cima a verdade sobre ele e manter o silêncio sobre todos os segredos que guardam desde o evento que mudou a vida deles por completo. Ao começaram a investigar, começam a receber ameaças que intensificam este jogo de silêncios.

Game of Silence deixa muitas interrogações no ar, num bom piloto que articula bem os flashbacks com as sequências atuais. Apesar da ligação desde a prisão juvenil até à teia criminosa e poderosa dos dias de hoje, parece ainda um pouco forçada, o facto é que poderá ganhar consistência e têm aqui terreno para explorar em desenvolvimentos futuros. Sem dúvida, foram criados muitos mistérios que, com certeza, darão todo o interesse aos próximos episódios.

André Borrego

Publicidade

Populares

ramy

calendário estreias

the resident poster

Recomendamos