The Flash – 04×02 – Mixed Signals
| 19 Out, 2017

Publicidade

[Contém spoilers]

We are Flash

Se The Flash começou meio aos tropeções na semana passada, neste episódio consegue achar o seu equilíbrio e oferece um episódio sólido que retrata bem aquilo em que se centra a série: um bocado de drama, uma pitada de romance, adicionar bocados de ação com investigação criminal, super-heróis e vilões, misturar tudo e cobrir com montes de humor. Puff, fez-se um bom episódio.

Réstias do tom negro passaram para o season première da semana passada, mas que são completamente lavados neste episódio, onde o tom leve e de comédia é revelado logo na cena inicial com Barry a preparar o seu pequeno-almoço da maneira mais divertida e veloz possível. Já agora, quem é que não ficou com inveja com a capacidade de Barry pôr em ideia todas as séries atrasadas? “Oh, Jon Snow is dead! Oh, is back again!”. Mantendo o bom humor, a série também se aventura em assuntos mais sérios, mas lidando com eles de uma maneira longe de se sentir pesada. Foi interessante a abordagem a como a velocidade de Barry também o faz lidar com as coisas muito mais depressa do que as pessoas normais e isso pode criar atritos nas relações com as pessoas. Seis meses passaram sem que Iris tivesse a certeza se o homem com quem se ia casar iria alguma vez voltar ou se estaria mesmo vivo, é normal que seja precisa uma ajudinha para sintonizar a comunicação dos dois. E isso proporcionou momentos hilariantes na terapia de casais, onde os problemas foram na mesma abordados, mas que nos permitiu largar umas gargalhadas ao longo do processo de comunicação dos problemas entre Barry e Iris.

Cisco e Gypsy continuam a relação que floresceu na temporada passada, mas que também ela sofre alguns percalços. Foi bom ver que a personagem de Gypsy se mantém na série e que os produtores continuam a explorar a dinâmica entre ela e Cisco, que partilham uma relação realmente especial, fazendo dos dois um casal pelo qual torcemos. A sério que na Terra-19 existe o Saint Shaquille O’Neal’s Day? Embora a explicação do dia de Natal pelas palavras de Gypsy também nos roube argumentos para interrogar os festejos das outras Terras paralelas. Ehehe.

Já o vilão da semana foi bom o suficiente para o papel que se esperava desempenhar. Não entrando para a lista de rogues favoritos, foi um vilão que demonstrou ter algum background e motivações justificáveis para a sua vingança sangrenta. Os seus poderes encaixaram-se na perfeição com o novo fato de Flash, criando as complicações necessárias para Kilg%re ser uma ameaça real ao homem mais rápido do mundo. Os vários updates que Cisco acrescentou no novo fato deram mais uma vez azo a umas boas gargalhadas e ainda bem que no final o Flash decide reverter para um fato sem todos aqueles gadgets, pois uma versão de Flash fundido com Iron Man é algo que não só tiraria a essência do super-herói como seria quase imbatível.

Algo muito bom no episódio foram também as cenas de ação e o destaque para o quanto Barry ficou mais rápido. A cena inicial do pequeno-almoço foi só uma amostra porque quando vemos que ele é capaz de desmontar por completo um carro em andamento e apanhar todos os fragmentos de uma granada… Woow, isso sim é velocidade!

Este episódio é uma prova de que os produtores ouviram os fãs em respeito às críticas à temporada passada e que estão a tentar corrigi-las. É claro que sabendo que não é possível em todos os episódios todas as personagens poderem brilhar, continuamos a querer um bom arco para Caitlin e Wally necessita desesperadamente que lhe seja dada uma oportunidade. DeVoe vai-se aos poucos estabelecendo como o grande vilão da temporada sem que haja muita pressa. Qual será o interesse dele nestes novos meta-humanos? E terá sido ele o responsável pela sua criação?

“Mixed Signals” é um bom ponto de partida para esta temporada e a partir daqui esperemos que o ritmo vá acelerando e que todos os bons elementos se vão juntando para criar uma 4.ª temporada incrível. “Luck Be a Lady” apresentar-nos-á um novo meta-humano e Harry Wells fará uma visita à Terra-1. Até lá, boas corridas!

Emanuel Candeias

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the big cigar

Recomendamos