How to Get Away With Murder – 03×04 – Don’t Tell Annalise
| 16 Out, 2016

Publicidade

Este quarto episódio começa com uma Annalise mais descontraída e a divertir-se com Eve (algo que com nenhuma das outras personagens Annalise consegue fazer), completamente bêbada. De referir que é sempre bom ter de volta Famke Janssen.

Vemos Frank comprar uma garrafa do que parece ser um explosivo, fazendo-nos acreditar que estará ligado ao incêndio que irá acontecer semanas mais tarde e que vemos nos tão espetaculares flashforwards.

Em relação ao caso da semana temos Asher como first chair, embora não tão calmo como os seus três antecessores, suando as “estopinhas” (ver Asher, o rapaz mais brincalhão, extrovertido e metediço dos Keating 5 nesta situação é muito divertido). É o caso de um adolescente, Tristan, que conseguiu roubar milhares de dólares recorrendo a cartões de crédito falsos. Em pleno tribunal e durante a audiência de Tristan é comunicado a uma Annalise completamente ressacada e a todo o tribunal que a sua licença de advogada foi suspensa pelo conselho disciplinar devido a conduta inadequada, já que alguém enviou o vídeo dela a esbofetear o seu cliente (lembram-se da bofetada que Annalise deu ao cliente no episódio anterior? Pois claro que iria trazer problemas! A vida desta mulher é o caos!). Esse alguém veio a descobrir-se ser um dos membros do conselho da faculdade, como forma de punir Annalise depois desta os ter enfrentado. Isto originou uma discussão entre Annalise e a diretora Hargrove, depois da qual fico com a sensação de que Hargrove é a responsável pelos cartazes! “Whoever can’t hear, must feel!”

Assim, Bonnie assume o caso. Descobre-se então que Tristan tem gasto o dinheiro que roubou em material para bebés, já que vai ser pai e não quer que nada falte à criança. No entanto, a mãe é a sua professora de biologia, sendo por isso um caso de violação, já que se trata de um menor. Bonnie, motivada pelo que aconteceu consigo em criança (violada pelo pai), desmascara a professora em pleno tribunal e consegue que esta seja acusada de abuso de menores, livrando o seu cliente de qualquer acusação.

Laurel fala com o pai de Frank e descobre que este já esteve preso. Frank, por sua vez, encontra-se a trabalhar na prisão de Coalport, com o intuito de chegar à ala médica da prisão.

Annalise conta a Eve que contratou um hitman para encontrar Frank de forma a vingar-se deste, devido ao facto deste estar envolvido na morte do seu filho.

Laurel, entretanto, vê-se envolvida na preparação da festa de aniversário surpresa que Meggy está a organizar para Wes. A relação destes dois continua tensa, Wes duvidando de Laurel e esta constantemente a mentir-lhe. Laurel sente-se claramente desconfortável por ver Meggy e Wes juntos. Não percebo bem quais são os sentimentos de Laurel, se nalguns momentos acho que está apaixonada por Wes, noutros acho que é por Frank, mas no fundo acho que nem ela sabe bem!

Annalise tem uma discussão feia com Nate, o que leva ao término da relação. Nate após isto envolve-se com a Procuradora Atwood. Mas como é possível toda a gente dormir com toda a gente!? Nesta série, em todos os episódios há cenas de sexo! Mesmo Shonda Rhimes e Peter Nowalk!

Annalise testemunha para o conselho disciplinar, admitindo que bateu no seu cliente devido a um problema pessoal contra o qual tem lutado, o alcoolismo, e que por isso vai entrar num programa de tratamento, isto se lhe restituírem a licença.

Annalise envolve-se com Eve, mas esta diz-lhe que isto não pode acontecer porque está numa nova relação. Annalise vê-se assim completamente sozinha e isto está a custar-lhe muito! Já vimos isso quando convidou Wes para morar consigo e agora sente que todos os que ama a abandonam. Annalise não pode ficar sozinha, por mais forte que seja, sozinha vai simplesmente desmoronar.

No final do episódio descobrimos ainda que o pai de Bonnie morreu na prisão de Calport e foi Frank que o matou, daí ele ter comprado uma garrafa – sabemos agora que é de Sulfato de Hidrogénio – e estar a trabalhar na prisão de Calport, como forma de vingar o sofrimento de Bonnie. Afinal Frank não é um monstro e tem sentimentos!

Entretanto, Laurel ouve Bonnie contar a Annalise acerca da morte do pai e consegue ligar a morte a Frank. Depois de contar a Bonnie, esta diz-lhe “don’t tell Annalise”. Porque é que Bonnie não quer que Annalise saiba? Ela sabe que se contar a Annalise esta vai atrás de Frank e depois deste ter morto o seu pai para a vingar, Bonnie vai tentar protegê-lo? Mais uma personagem a abandonar Annalise?

No flashforward desta semana vemos a pessoa encontrada no incêndio a dar entrada no hospital…Como de alguma forma já tinha previsto na review anterior, Laurel é mesmo a pessoa encontrada viva em casa de Annalise! E para além disso… Sim, mais uma surpresa!… Está grávida! Quem é o pai? Wes? Mais uma questão para juntar a tantas que já temos nas nossas cabeças!

Bem já acertei numa das personagens envolvidas no incêndio, só falta a outra! Cada vez mais me parece que será Wes, por duas razões: primeira, Wes é importante para Annalise, ela de alguma forma considera-o como o filho que perdeu e sente-se responsável por ele depois de estar envolvida na morte da sua mãe, e nesta temporada estamos a ver Annalise ser abandonada por todos e a ficar sozinha; segunda, o filho de Laurel provavelmente é de Wes, Frank descobre acerca da relação dos dois e a maneira de se vingar é matando os dois. O que acham?

David Pereira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

mayfair witches estreia

Recomendamos