Person of Interest – 05×05 – ShotSeeker
| 19 Mai, 2016

Publicidade

Estamos de volta com um novo episódio repleto de emoções e ação fulgurosa! Harold procura reestabelecer a Machine ao colocá-la numa espécie de simulação de combate com Samaritan em que o objetivo é tratar este duelo como se se tratasse de um jogo de xadrez entre ambas as inteligências artificiais, mas, ao que parece, a Machine ainda não está em forma. Nisto, Ethan Garvin é um novo número que pode estar em perigo ou ser um criminoso e John e Fusco estão no seu encalço. Garvin é um operário de uma estação de vigilância chamada ShotSeeker que avalia os sons em Nova Iorque à procura do que podem ser potenciais balas disparadas e, em particular, uma destas situações desperta o seu interesse. Krupa Naik é uma bióloga alimentar que está desaparecida após entregar uma proposta para combater a fome em África e Garvin está preocupado com o que poderá ter acontecido após ShotSeeker ter “abafado” a situação. Fusco é ameaçado por Bruce, um ex-colega de Elias, que procura informações sobre a morte do antigo barão do crime organizado e a Team Machine precisa de lidar com todas estas situações pontuais enquanto se preparam para a guerra com Samaritan.

Depois de um episódio centrado na desaparecida Shaw, pensávamos nós que os eventos iriam abrandar ligeiramente, mas eis que as coisas ainda se complicaram mais. Na guerra com Samaritan não pode haver momentos parados, porque há toda uma panóplia de decisões a tomar. Se, por um lado, “ShotSeeker” recupera a fórmula dos casos filler, por outro, o seu desenlace parece transformá-lo num empolgante episódio com base na sua história de fundo. A chegada de Bruce, um novo barão do crime organizado, vem a proporcionar novas situações de grande fervor, bem como o caso em si está em constante ebulição, fazendo com que o espectador não se distraia com qualquer coisa ao seu redor.

É extraordinária a maneira como a equipa de Person of Interest consegue trabalhar a sua história, manobrando com eficácia as suas linhas e encaminhando-as progressivamente para twists interessantes. De facto, é capaz de ser uma das poucas séries com o selo “original” estampado no seu reportório porque é inquestionavelmente uma das mais bem elaboradas epopeias modernas da televisão dos últimos anos. Se os atores estão já à vontade nos seus papéis e após a notícia do cancelamento se torna mais intensa a batalha contra Samaritan, o que poderão os fãs querer mais?

Neste caso é literalmente, “sit back and relax”. Tudo nos é dado. Ação, twists, amor, companheirismo, vilões carismáticos, todos os elementos que precisamos para estarmos entretidos e para podermos tirar proveito do melhor que a televisão pode fornecer. Person of Interest abarca precisamente isso. E, este episódio em particular, “ShotSeeker”, continua com este legado fenomenal que promete contribuir para um desenlace mágico desta série magnífica.

P.S.: Estou impaciente por ver Shaw novamente, após o episódio anterior. Simplesmente genial e as saudades eram, de facto, muitas!

Jorge Lestre

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos