Shameless – 05×11 – Drugs Actually
| 31 Mar, 2015

Publicidade

Estamos a um episódio do final e as coisas estão a ficar fora de controlo para os Gallaghers, ou seja, um dia normal. Frank continua na “vida loca” com Bianca, ainda que se tenha apercebido que a mesma parece ter perdido a noção de certos limites que até para ele (!) são demais, Ian foi levado para uma prisão militar e recebe uma visita algo inesperada, V e Kev voltam a envolver-se, Fiona encontra-se cada vez mais dividida em manter o seu casamento ou se deve ceder aos avanços do seu patrão e Lip está cada vez mais embrenhado nesta sua estranha nova relação.

Shameless é, como o seu nome indica, uma série sem vergonha. Explora vertentes pouco convencionais de temas controversos e testa as suas personagens em todas estas situações. É, portanto, uma série que procura equilibrar as doses de um humor sarcasticamente mundano com um drama forte e intenso. À medida que avança para o desenlace final, aumenta ainda mais estas suas qualidades, apostando no extraordinário trabalho dos seus atores.

Vejamos o exemplo de Frank que é uma personagem “cartoonizada” (as semelhanças com o Garfield são incríveis), representando toda uma América suburbana marginalizada com objetivos de vida focados em bebedeiras e abusos de drogas. Frank conheceu Bianca, uma médica com uma esperança de vida reduzida devido a um cancro, e vê nela uma parceira para o acompanhar no seu dia-a-dia prazenteiro. Bianca está frustrada por saber que irá partir com tão tenra idade e tenta viver os seus últimos dias em grande e sem preocupações o que, para Frank, é música para os ouvidos. Mas o que é para um uma oportunidade de gozar a vida, para outro começa a tornar-se em algo mais.

Fiona, que procura estabilidade na sua vida emocional, parece estar sempre em constante conflito. Traiu o seu marido Gus com o ex-namorado Jimmy ou Steve ou seja qual for o nome dele, seu grande e eterno amor, e não consegue redimir-se dessa mesma asneira devido à atração que sempre nutriu pelo seu patrão Sean.

Ian foi levado para uma prisão militar onde vai ser julgado pelos seus crimes quando se alistou ilegalmente no exército – um toque vingativo da sua meia-irmã Sammi – e, apesar das tentativas dos seus irmãos e namorado de amenizar a sua situação, Ian continua a achar que a sua família o menospreza pela sua doença. A componente dramática no fragmento narrativo de Ian Gallagher com o seu namorado Mickey Milkovich é um dos exponentes máximos de toda a série e, com certeza, os guionistas continuarão a apostar nela.

V e Kev estão de volta, numa sequência de redenção, amor e troca de verdades que culmina numa situação hilariante e comovente. O facto de serem completamente opostos um do outro, o seu elo parece nunca se perder e a química entre ambos os atores Steve Howey e Shanola Hampton é, por demais, fantástica.

Shameless continua a mostrar que é uma série ousada e que não tem medo de pisar certos riscos, aproveitando ao máximo as suas carismáticas personagens e realçando a sua moral vincada em aceitar tudo aquilo que é diferente na nossa sociedade (e que não nos mata).

Nota: 8.5/10

Jorge Lestre

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

apples never fall

Recomendamos