Lockdown

10×16 – Lockdown

Lançado na primeira semana de Março, o novo episódio de Criminal Minds traz várias surpresas e reviravoltas, e um invulgar ambiente para a melhor equipa de investigação da televisão!

No décimo sexto episódio, a equipa visita uma prisão de máxima segurança para investigar as mortes de dois guardas, indicando assim a presença de um assassino em série no estabelecimento. De princípio, os principais suspeitos são, obviamente, os prisioneiros, mas Morgan aconselha considerar também os restantes guardas; por isso, a equipa tem de ter o dobro de cuidado ao investigar os homicídios.

Depois de interrogar Julio Watson (presumidamente o suspeito principal da investigação por ter sido alvo de bullying dos dois guardas e por ter já ter cometido um homicídio) (pelo qual foi julgado) mais uma pessoa é sexualmente agredida e morta, desta vez um prisioneiro. A investigação é exaustiva, principalmente para Spencer que verifica os dossiers de todos os prisioneiros que vivem no edifício, notando uma anomalia que virá a ser um ponto fulcral para a investigação: um ex-prisioneiro de nome Devon White, desapareceu completamente dos registos da prisão, pouco tempo antes da primeira morte.

A equipa nota que White não tem um histórico de violência, mas visitava o hospital da prisão frequentemente, apresentando ferimentos de luta. O depoimento de um amigo de White relata o quão intelectual e pacifista o prisioneiro foi, e que não sabe a causa dos ferimentos dele. Concluem mais tarde que na prisão existe uma espécie de “clube de luta”, em que os guardas obrigam prisioneiros a lutarem para apostas ou puro entretenimento.

Depois da morte de mais um prisioneiro, desta vez por um dos guardas, que alega ter sido atacado por ele e agiu por mera defesa.

O caso rapidamente desenrola quando outro guarda, que durante o episódio foi constantemente chantajado pelo colega responsável pela morte do último prisioneiro, confessa testemunhar a morte de Devon White durante uma das lutas ‘organizadas’ pelo staff da prisão.

O nosso unsub é relevado! Este, que monitorizava a interrogação, abre automaticamente todas as celas do bloco onde Morgan e Kate estão, com a esperança de criar um motim. Ao suceder no seu plano, os dois detectives por pouco não são violentamente assassinados pelos prisioneiros, se não fosse pela eficiência da força especial da polícia. (Phew!!)

Os restos de Devon White são recuperados para ele finalmente descansar em paz, e o caso é fechado, apesar do culpado ter tirado a própria vida.

Este episódio foi imensamente interessante de ver por duas razões: vimos a equipa fazer uma investigação diferente do normal, e num ambiente onde é mais desafiante identificar o unsub, devido ao histórico criminal de cada um, e vimos Kate em ação! Já estou à espera de ver um lado mais arrojado da detetive desde a sua primeira cena na série!

8/10

Cátia Neto