Hawaii Five-0 – 05×16 – Nānahu
| 27 Fev, 2015
05x16 - Nanahu

05×16 – Nanahu

CONTÉM SPOILERS.

Devo confessar que este terá sido um dos melhores episódios pós Wo-Fat. Desde já adorei a participação especial da Melina Kanakaredes. Ela é espetacular e fez um papel muito bom aqui!

Melina representa uma agente da ATF que anda a seguir um piromaníaco que veio para o Hawaii, desde o continente até à ilha. A nossa equipa é envolvida quando o dito piromaníaco decide queimar uma casa com duas vítimas lá dentro, sem causa aparente a não ser o atear do fogo. Percebemos logo ao inicío que este seria um caso de um piromaníaco em série.

Entretanto descobrem que afinal esta agente – Millwood – já não pertencia mais à ATF e foi retirada do caso do piromaníaco porque ele foi o responsável pela morte do marido dela. Wow, toda a qualidade de atriz desta mulher veio à tona com a cena em que Steve a confronta com a situação! Foi uma cena muito intensa mas muito bem feita, merece salva de palmas!

Depois de identificarem o nosso serial killer, após cenas que mais pareciam saídas de Mentes Criminosas, percebem que o seu plano final envolve um hotel. O que eles não se apercebem é que é tudo uma armadilha para apanhar Millwood. Parece que não era só Millwood que estava obcecada com ele mas ele também tinha uma obsessão doentia por ela, tanto que o seu culminar de atividade era incendiar-se, a ele e a ela, para arderem os dois juntos (???). Juro que tenho medo de saber onde é que esta gente vai buscar as ideias!

Claro que a nossa equipa salva o dia, mais uma vez, e Millwood sai sã e salva de toda a situação e mais estável depois de apreender o assassino.

O nosso Danny não esteve presente na investigação mas o que fez este episódio tão bom foi a cena em que ele e Amber estiveram envolvidos. Afinal Amber não era quem dizia ser e tinha um passado muito complicado que tropeçou no presente dela com Danny.

Amber, ou Melissa – o nome real dela – como quiserem, foi perseguida pelo seu ex-marido até ao Hawaii, que tinha uma ilusão tremenda sobre a relação deles. Um paralelo interessante com finais diferentes ao nosso caso: ambos os perpetradores tinham uma fixação doentia! Claro que ele encontra Amber e Danny durante o seu merecido retiro de fim de semana e procede a agredir Danny e ameaçar de várias formas a vida de Amber.

Claro que Danny tinha que mostrar que não havia maluco nenhum que o derrotasse assim e pusesse a vida da sua mulher em risco e é ele que imobiliza o dito cujo, não sem antes sofrer uma facada primeiro. Ossos do ofício!

Tudo está bem quando acaba bem e no final claro que Amber e Danny se reconciliam e ele recupera da sua ferida de guerra.

Sem esquecer que em terceira instância este episódio também teve uma participação especialíssima de Michelle Wie, uma campeã do Golf! Grover e Steve tinham um jogo de golf a disputar e Steve, apesar de ser um bruto, teve a sorte de ter uma professora à altura para o ensinar e, inclusivé no final, ganhar o jogo a Grover.

Adorei a interação imediata da agente com Steve McGarrett. Juro-vos que senti mais química entre eles os dois do que entre o Steve e a Ellie (que estavam a tentar impingir, mas não correu bem). Quase que até gostava de vê-la de novo com a equipa, e senti que o Steve também (no final do episódio). Acham que ela vai regressar? Gostava de ver isso!

Nota: 9/10

Joana Pereira.

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos