Arrow – 03×10 – Left Behind
| 24 Jan, 2015
03x10 - Left Behind

03×10 – Left Behind

CONTÉM SPOILERS.

Estamos de volta para mais umas semanas de Arrow, amigos! E vá, vamos começar por «deitar cá para fora» que o Oliver está vivo! Claro. Contrariando algumas teorias da conspiração que diziam que iria ser Malcom a cuidar dele, afinal era Maseo e, consequentemente, a sua mulher Tatsu.

Enquanto isso a Team Arrow tem muito com que lidar em Starling. Depois de termos derrotado Merlyn, Slade, sermos derrotados pelo Ra’s, mais um vilão tinha que emergir em Starling City e este episódio traz-nos a introdução a Brick no mundo de Starling.

Genial foi a entrada de Roy e Diggle em modo investigatório com o Diggle a regressar ao fato do Arrow. Que saudades! Fez-me recordar nostalgicamente aqueles episódios iniciais para despistar toda a desconfiança de que o Oliver fosse o Arrow.

Enquanto isso a equipa vai passando por uma complicada fase de saberem se Oliver está vivo ou não. Diggle e Roy começam a por a hipotese de ele ter morrido na luta com o Herdeiro do Demónio, juntamente com Thea que expressa a Merlyn as suas preocupações. Felicity parece ser a única a não perder a esperança, para mais tarde Laurel também expressar que acredita plenamente que Oliver vai regressar e fui só eu que adorei aquela troca de olhares, como se se estivessem a assegurar uma a outra que as palavras a sair da boca da Laurel eram a pura das verdades?

As mulheres de Arrow mandam nisto tudo, é só o que tenho a dizer.

Entretanto Merlyn decide tirar a limpo o estado de vida de Oliver e vai até à montanha ver se o encontra e quando lá chega apenas encontra uma espada de Ra’s com aquilo que ele desconfia/sabe à partida que é o sangue de Oliver. Quando ele regressa a Starling, leva a espada até à Arrow Cave e é este o momento em que Felicity finalmente quebra e aceita que Oliver está morto. É mesmo triste ver esta rapariga a passar pelos cinco estados de luto durante um episódio só!

Nisto Ray Palmer continua virado para se tornar no Atom para salvar Starling – e porque é que de repente toda a gente quer salvar Starling? – e pede ajuda a Felicity. Depois de estar finalmente convencida que Oliver está morto, Felicity recusa a fazer parte desta cruzada, ou sequer da cruzada que era do Arrow e simplesmente desiste de tudo.

Mas vá, só para terminar, regressemos à plot do episódio, que nos leva a descobrir então quem vai ser o novo vilão de estimação de Starling!

Um polícia é morto na cidade, acabando por despoletar um desenrolar de forças e acabamos por descobrir – no meio de emoções e estados – que Brick decidiu liberar criminosos a aguardar julgamento ao roubar as provas que os conetavam aos casos em causa.

Brick é um meta-humano – ou pelo menos assim parece – cujas balas não o ferem. Assim pareceu quando Diggle disparou contra ele no momento antes dele escapar (em parte por culpa da Felicity).

De uma forma, terá isto também servido para o momento espetacular da série, que foi a Laurel a emergir como Black Canary: O facto de Brick ter decidido enveredar por interferir em julgamentos, a grande forma de justiça de Laurel, foi o trampolim para ela saltar para esta realidade de ser uma vigilante e tornar-se, realmente, na justiça da qual os criminosos não conseguem escapar.

Não adoraram a revelação dela?! Eu adorei. Foi mesmo o ponto alto deste episódio!

E bom, resta-nos aguardar mais desenvolvimento na transformação de Laurel, no regresso de Oliver, no plano maquiavélico de Brick para tomar conta de Starling, nas ideias malucas de Ray de ser o Atom e ver quem sai vivo disto?!

Eu cá aguardo por uma linda obra de arte no resto da temporada… A ver vamos! E vocês, que acharam?

Nota: 8/10

Joana Pereira.

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos