01x01 - Pilot

01×01 – Pilot

Contém Spoilers!

E cá temos mais uma nova série. Desta vez temos a narrativa da vida de uma família dos subúrbios de Boston. A típica família que vive toda no mesmo bairro, em que o desporto é a base da relação e que habitualmente se reúne toda em casa dos pais.

Neste primeiro episódio podemos ver a dificuldade dos pais em lidar com a homossexualidade do filho, que já não devia ser novidade para eles, visto que ele se assumiu há uns anos atrás. Já para não falar que foge completamente do estereótipo da restante família e enquanto os dois irmãos e a irmã gostam de ver desporto com o pai, o Ronny gosta de ver The Good Wife com a mãe.

A dinâmica entre Ronny e a mãe é deveras engraçada. Ele recebe uma proposta para ir trabalhar para Providence, Rhode Island e a mãe fica deveras indignada por vê-lo partir pois vai perder o seu melhor amigo e companheiro de séries. Na realidade e para ele não se ir embora a família faz de tudo para o agradar e até lhe fazem uma festa gay, onde ele pode conhecer pessoas novas e quem sabe um potencial namorado.

Ao longo do episódio podemos ver a batalha de Gerard e Sean para ver quem consegue o lugar de treinador assistente do pai. E no fim quem acaba por ficar com o lugar é o improvável filho gay. E porquê? Exatamente por o ser. Ele fica com o lugar porque foi graças a mencioná-lo que o Arthur conseguiu um dos jogadores mais prometedores de todos os tempos.

Claro que nem só de desporto vive esta família. Não nos podemos esquecer da Jackie, a irmã oferecida. No início do episódio a família recebeu a triste noticia de que o treinador assistente do Arthur tinha morrido, e foi por esse motivo que o Ronny o substituiu. O que ainda não se sabia é que Jackie está grávida do falecido assistente.

É uma série engraçada e divertida com um núcleo deveras particular. Mas na realidade será que tem pernas para andar? Ou é mais do mesmo? Fico à espera para ver como serão os próximos episódios e como vão desenrolar a ação da história.

Nota: 7/10

Ana Rodrigues