The 100 – 02×02 – Inclement Weather
| 02 Nov, 2014
2×02 – Inclement Weather

2×02 – Inclement Weather

OMG! Esta é a expressão que me trespassou os pensamentos várias vezes no decorrer do episódio! Estes dois primeiros episódios mostraram-nos que o enredo da nova temporada promete algo de bombástico… Com o alargamento dos horizontes já apresentado, não sei se os guionistas conseguirão apresentar fillers como na temporada inicial. Pois é, estou absolutamente rendido a The 100 (que por esta altura mais parecem apenas uma dúzia).

Que comecem os SPOILERS!

Não terei sido o único a reparar no genérico! Pois é… é novo! Uma música gira acompanha uma sequência de imagens sobre a Terra apocalítica! Ao que parece (e o que esta nova temporada promete através deste genérico) teremos uma maior exploração dos cenários terrestres: da nova fauna e flora e dos sobreviventes humanos. The 100 merecia uma nova imagem não só porque é uma boa série, como também para afastar o teen drama em que se centrou a primeira temporada.

Como é típico da nossa série, a ação decorreu em vários cenários: desde a aventura espacial de Jaha, passando pelo bunker de Mount Weather e pelo Camp Jaha, até à indefesa Octavia.

Começando com Jaha… Quando ele desistiu da vida, desligou todas as máquinas e ouviu um bebé a chorar. Na review anterior havia mencionado que poderia ser um sintoma da privação de oxigénio. E era! Assim que ele encontrou um bebé negro (uma clara alusão ao seu falecido filho Wells) ficou-se logo com a perceção que não era real. Querendo salvar a criança, Jaha engendrou um plano de fuga para a Terra. Levou a criança dentro do fato espacial e o capacete partiu-se! Eu aqui a pensar que esta situação seria morte instantânea, mas The 100 salvou o seu Chancellor apesar de todas as improbabilidades. O bebé desaparece (talvez porque na nova divisão o oxigénio é de melhor qualidade), mas Wells vem incitar o pai a salvar-se! Numa corrida contra o tempo, que infelizmente não nos foi mostrada, Jaha desarmou um míssil e utilizou-o como cápsula de fuga. Consegue chegar a Terra, mas as perspetivas não são animadoras… aterrou num deserto árido provocado pela guerra de há 100 anos, claramente longe dos seus.

No Camp Jaha, Kane mostrou-nos aquilo que já sabíamos… que quando tem poder, ele transforma-se num ser autoritário e inflexível. Ignorando o poder bélico dos grounders, vê alguns dos seus militares cruxificados. Pois é, parece que revisitaremos a adaptação às condições de sobrevivência à Terra! A tradição mantém-se e Abby não concorda com as decisões do seu líder. Mas a sua rebeldia apenas se manifestará no fim do episódio, agora ela está preocupada em salvar Raven numa cirurgia sem anestesia para remover a bala que se encontra alojada nas suas costas. Com a jovem a salvo (mas sem sensibilidade numa perna), ela ajuda Finn, Bellamy, Murphy e os outros dois guerreiros a partirem em busca de Clarke.

Octavia é salva por um amigo de Lincoln, Nyco, que ela curiosamente domina para salvar o seu amado! Leva-o até à aldeia dos grounders. E adivinhem quem é a líder? É a Lettie Mae! Pois é… Adina Porter abandonou a sua peculiar personagem de True Blood e abraçou Indra, uma poderosa guerreira da tribo de Lincoln. Fiquei pasmado com toda a cena de intimação de Octavia… Muito fake! Mas, no fim do dia, ela consegue trocar Nyco pelo bastante debilitado Lincoln. Ficariam juntos, mas a sorte não parece estar em seu favor! Chegam os reapers canibais que levam Lincoln e Nyco, deixando as duas mulheres para trás.

Em Mount Weather a situação começa a azedar para Clarke… Jasper revela abertamente que pensa que ela é uma ameaça a toda aquela comunidade e ao grupo recém-recebido por Dante. Mas a jovem não descansa e faz uma descoberta macabra: os moradores de Mount Weather têm um dispositivo no peito que, segundo eles, é para diálise em caso de contaminação… mas afinal é para receber sangue dos grounders capturados! E quem Clarke descobre numa dessas jaulas? A nossa amiga Anya! Pois é, Dante tem um segredo macabro… E já havia sido timidamente revelado na temporada anterior que os grounders tinham um inimigo maior que os 100 vindos do céu, os homens da montanha. Ao que parece, o grupo de Dante caça grounders para lhes retirar o sangue de forma a imunizar/curar o seu povo das radiações mortíferas do planeta.

E terminou um dos melhores episódios de sempre desta série… O enredo tem sido alvo de um upgrade inteligente que secundarizou a vivência dos jovens e se foca nos complexos grupos dos adultos. The 100 promete, nesta segunda temporada, mostrar-nos com maior clareza o modo de sobrevivência na Terra, não só daqueles que ainda agora chegaram, mas também dos que nunca a abandonaram.

Questões habituais:

  • Jaha aterrou demasiado longe do seu povo! Conseguirá descobrir o caminho até aos seus? Se em grupo é difícil sobreviver neste ambiente inóspito, sozinho é praticamente impossível! Vai ser interessante acompanhar a caminhada da pessoa mais inteligente chegada do céu.
  • Finn e Bellamy conseguirão chegar até Clarke? Com qual dos dois ela ficará? Para já ambos estão redondamente enganados em relação ao seu paradeiro. Julgam que foi capturada por grounders, mas afinal está com um grupo que nunca viram: os bem equipados homens da montanha.
  • Qual será a reação de Kane quando perceber que, mais uma vez, Abby desacatou as ordens dos seus superiores? Parece-me que vai ser feio… Mas pelo menos não será lançada para o espaço!
  • Como vai Clarke resolver o imbróglio em que se meteu? Vai libertar Anya para ambas fugirem? Vão Jasper e Monty acreditar na amiga? Ou vão simplesmente pensar que ela está a mentir? O mais certo é que Jasper fique no bunker com o seu bolo de chocolate e a sua nova paixão, a Maya.
  • Octavia e Indra vão conseguir salvar os seus homens do menu dos reapers?
  • Afinal, Dante recebeu os 48 sobreviventes do céu com que finalidade? Para também utilizar o seu sangue nestas bizarras diálises? Parece-me o mais certo!

Nota: 9/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

a league of their own

Recomendamos