7x11 - The Cooper Extraction

7×11 – The Cooper Extraction

Contém SPOILERS.

Como seria a vida do nosso gang sem Sheldon? Ui. É uma pergunta difícil. Com o seu feitio complicado – a roçar no impossível -, o nosso génio cria uma lufada de ar fresco com a sua ausência… Mas será bem assim?

Neste episódio, os argumentistas pegaram no tema ‘what if’. Nem sempre resulta bem mas é de The Big Bang Theory que estamos a falar. Mesmo estando já na sua sétima temporada, é uma das melhores – se não mesmo a melhor – séries de comédia da actualidade. É que, mesmo com um Sheldon pouco presente, o episódio foi divertido e bem construído. Mais uma prova de que a série não é só um sucesso devido a Jim Parsons. Não me interpretem mal… Eu adoro o actor e a personagem! Só que os outros não se lhe ficam muito atrás e nem sempre lhes é dado o devido valor.

Ora bem, com Sheldon no Texas devido ao nascimento do sobrinho, o gang celebra o Natal como gosta… da maneira tradicional. Decoram a casa e fazem uma festa. Oh, os benefícios da liberdade!

Penny: Oh, she’s pregnant? That’s great. You’re gonna be an uncle. Uncle Sheldon.

Sheldon: No, I will be Uncle Dr. Cooper.  

Contudo, os amigos começam a pensar como teria sido a vida deles se nunca tivessem conhecido Sheldon. E, agora que uma pessoa pensa no assunto… Uau, como as coisas seriam diferentes. Quem diria que Sheldon Cooper juntara, ainda que inconscientemente, aquela malta toda.

Primeiro que tudo, Amy Farrah Fowler nunca teria aparecido. Não, não, não. TBBT sem Mayim Bialik não teria a mesma piada. Ela tornou-se imprescendível na série. Já Penny e Leonard nunca teriam começado a namorar. Leonard nunca viveria no prédio e, tal como Penny aponta, ele nunca teria sido capaz de falar com ela no Cheesecake Factory. Indiscutível. Essa cena foi bastante engraçada porque voltaram as piadas acerca de Leonard não ser capaz de convidar Penny para sair. Já tinha saudades. Os nossos Howard e Bernadette nunca se teriam conhecido porque Penny não estaria com Leonard e devido à proximidade com o seu BFF. Ri-me tanto com o Raj a dar comida na boca ao Howard!

Raj: Oh, man, that is so us.

O Howard womanizer é bom mas já não o imagino sem a sua Bernie! Por seu lado, Penny – segundo Leonard – estaria com Zack. Como já disse, adoro quando ele aparece. Muito bom!. Amy também sugeriu que, sem Leonard, Penny ficaria atraída por Sheldon. Essa cena foi estranha e dviertida ao mesmo tempo. Kaley Cuoco e Jim Parsons têm uma química indiscutível.

A cena de Howard e da mãe foi deveras creepy. Aqueles dois têm sérios problemas, credo.E Raj e Leonard gordos? Lindo! E coitada da Amy… Parecendo que não, conhecer Sheldon foi provavelmente a melhor coisa que lhe aconteceu.

Adorei a maneira como Stuart se metia nas histórias. Pobre homem. Não consegue mesmo arranjar lugar naquele grupo. No final, ‘vingou-se’ e criou uma história própria onde ele namoraria Penny.

Mesmo longe, Sheldon continuava a comunicar com o pessoal e mantê-los a par do estado da situação.  A reacção do Raj ao ver as fotos da irmã do Sheldon foi a melhor.

Raj: And now I’m gay. 

Com este belo episódio de Natal, The Big Bang Theory despede-se de 2013. Mas não se preocupem, os nossos nerds voltam logo no iníco do ano! Até lá.

Nota: 8/10

Maria Sofia Santos