A produção do filme Last Tango In Paris é o mote para Tango, uma série de Lisa Brühlmann e José Padilha (Narcos).

Os eventos tumultuosos em volta das gravações do filme de 1973 de Bernardo Bertolucci darão então origem a uma minissérie passada em Itália, França e nos Estados Unidos.

Tango mostra os 18 meses antes, durante e depois da produção de Last Tango In Paris e esta história será contada através do ponto de vista das pessoas que estiveram no centro de tudo, Bertolucci e os protagonistas, Maria Schneider e Marlon Brando.

Last Tango In Paris foi e continua a ser controverso, sendo conhecido pela “cena de violação, que Bertolucci admitiu décadas mais tarde não ter sido consensual”. O filme garantiu o sucesso de Brando e Bertolucci, que receberam a aclamação da crítica e nomeações para o Óscar de Melhor Ator e Melhor Realizador, respetivamente. Enquanto isso, Schneider foi explorada e ridicularizada pelo seu papel no filme, o que a levou para uma espiral de drogas e problemas mentais. Schneider, tanto quanto se sabe, recebeu apenas $4 000 pela sua participação no filme, que perfez um total de $186 milhões.

Tango reflete sobre o lado menos ético da arte e do mundo do cinema e a forma como o sucesso de uns pode ter por base a dor de outros.

A CBS Studios e a Stampede Ventures vão apresentar a série ao mercado da indústria no início de 2022.