Depois do seu sucesso em The Flight Attendant, Kaley Cuoco e a sua produtora unirão novamente esforços com a Berlanti Productions e a Warner Bros. Television para desenvolver a história de Doris Day em formato de minissérie, tendo obtido os direitos do livro de AE Hotchner, Doris Day: Her Own Story.

O livro de AE Hotchner conta a história da vida e carreira da atriz com base numa série de entrevistas com a mesma, e também com conversas com familiares e amigos.

Após o seu sucesso em The Big Bang Theory e, mais recentemente, na série The Flight Attendant, Kaley Cuoco lança-se agora num novo projeto, onde terá de encarnar a personagem de Doris Day, uma atriz, cantora e ativista pelos direitos dos animais. Doris Day faleceu aos 97 anos, em 2019. Começou a sua carreira como cantora e depois passou até aos filmes musicais na década de 1940, tornando-se uma estrela de bilheteira nos anos 50 e 60 com filmes como Calamity Jane, The Man Who Knew Too Much, de Alfred Hitchcock e The Pajama Game. Day era famosa por ser vista como uma “boa menina”, com gostos conservadores e políticos, refletidos na sua vida real, mas a sua imagem pública caiu com o passar dos anos 60.

Day casou-se quatro vezes, e perdeu todo o dinheiro para o seu terceiro marido, deixando-a endividada quando ele morreu em 1968. Uma nova carreira na televisão, que não era do seu agrado, salvou-a desta ruína financeira. Nos anos 70, ela interessou-se por causas do bem-estar animal, valores que também refletem os interesses de Cuoco, algo que a atrai também a esta personalidade.

Os produtores executivos deste projeto, ainda sem título, são Cuoco e Greg Berlanti, Sarah Schechter e David Madden da Berlanti Productions. Os co-produtores executivos são Suzanne McCormack da Yes, Norman (propriedade de Cuoco), e Bob Bashara, o administrador do Doris Day Estate, com o qual a série irá colaborar. Os consultores são Jim Pierson, que trabalhou com Day, e Tim Hotchner, filho de AE Hotchner, autor da sua biografia. Ainda não há nenhum canal associado à produção.