É já na próxima segunda-feira que se inicia a produção da 2.ª temporada da série Auga Seca.

O drama policial, uma co-produção entre a Portocabo e a portuguesa SPi para a RTP e Televisión de Galicia, acompanha o universo do tráfico de armas e teve uma  estreia de sucesso no ano passado na RTP, TVG, HBO Portugal e HBO Espanha.

As filmagens da nova temporada deverão decorrer em Vigo e arredores até meados de março, seguindo-se depois para Lisboa, onde terminarão no início de abril.

A realização está novamente a cargo de Toño López, juntamente com o realizador português Sérgio Graciano, e com a produção executiva do criador da série Alfonso Blanco da Portocabo, e José Amaral da SPi. O grupo de guionistas inclui nomes como Carlota Dans, Roberto G. Méndez, Miguel Simal, Alfonso Blanco, Nina Hernández e Ana Míguez; quanto à direção de fotografia esta está a cargo de Lucía C. Pan e Manuel Pintos, e a música original é de Elba Fernández e Xavi Font.

A nova temporada irá depois estrear na RTP, na HBO Portugal e na HBO Espanha e será composta por oito episódios que irão abordar as origens dos negócios da família Galdón e dos seus conflitos com a família de Teresa, protagonizada pela atriz portuguesa Victoria Guerra. O elenco inclui atores galegos e portugueses como Monti Castiñeiras, Sergio Pazos, Eva Fernández, Belén Constenla e Adriano Luz.

Para quem quiser rever, a 1.ª temporada está disponível na HBO Portugal e na RTP Play.