Continuamos a trazer curiosidades sobre as tuas séries favoritas e desta vez vamos dar a conhecer-te algumas sobre Unbreakable Kimmy Schmidt:

1. Os primeiros sete episódios da série foram editados com a presunção de que seriam emitidos na NBC, onde teriam de obedecer a um limite máximo de 22 minutos e com as devidas transições para os anúncios televisivos. Depois de a série ter sido adquirida pela Netflix, os episódios foram reeditados para remover as tais transições para intervalo e piadas que anteriormente tinham sido cortadas puderam ser novamente incluídas por não haver mais restrições de tempo.

2. O papel de Kimmy Schmidt terá sido escrito propositadamente para Ellie Kemper, tanto quanto foi dado a entender numa entrevista à Entertainment Weekly. Tina Fey, uma das criadoras da série, escreveu ainda o papel de Jacqueline Voorhees com Jane Krakowski em mente.

3. O cão de Jacqueline é precisamente o mesmo da personagem de Krakowski, Jenna Maroney, em 30 Rock, série também criada por Tina Fey. unbreakable kimmy schmidt jacqueline

4. O nome da enteada de Jacqueline, Xanthippe, é uma alusão às raízes gregas de Fey. Xanthippe é um nome da Grécia Antiga partilhado por várias figuras menores da mitologia, bem como o nome da mulher do filósofo Sócrates. Na série, Xanthippe é uma adolescente complicada. Na História, embora pouco se saiba sobre a esposa de Sócrates, há informação que a dá como extremamente jovem aquando do casamento e com uma personalidade difícil e dada a discussões.

5. Devido ao passado de Tituss Burgess, que dá vida a Titus Andromedon, na Broadway, a série contou com a presença de vários atores dos palcos, como James Monroe Inglehart, vencedor de um Tony pelo seu papel em AladdinJefferson Mays, também ele vencedor de um Tony pela peça I Am My Own Wife; John Cullum, que ganhou dois Tony nos anos 70; e Nic Rouleau, que pôde ser visto em The Book of Mormon.

6. Na 1.ª temporada, Tina Fey e Jerry Minor interpretam dois procuradores incompetentes no caso contra Richard Wayne, o homem que manteve Kimmy, bem como outras mulheres, prisioneiras durante 15 anos. Os nomes dos personagens são, respetivamente, Marcia Clark e Chris Darden, numa clara alusão aos procuradores do julgamento de OJ Simpson, que estava acusado do assassinato da ex-mulher e de um amigo desta.