Mais um ano que está prestes a acabar, chegando a altura de fazer uma retrospetiva do mesmo. Se por um lado existiram séries que deslumbraram os seriólicos, por outro, existem aquelas que ficaram muito abaixo do esperado, tornando-se as piores do ano. Destacamos aqui três das muitas opiniões que podem ser analisadas pela internet fora.

Começamos pela Variety, que destaca The Walking Dead como a pior série do ano. Uma narrativa confusa e difícil de acompanhar, efeitos sonoros mal concebidos e a excessiva brincadeira de Negan com as vítimas são alguns dos motivos para liderar esta lista. Outra das séries a figurar neste top era uma das mais esperadas, The X-Files, que, segundo a mesma publicação, apenas se aproveitou um episódio, sendo os restantes fruto de uma narrativa sempre desconcertante, em que o quinto episódio foi mesmo considerado dos piores em toda a história televisiva. A Variety destaca ainda The 100, Chelsea, Roadies, Conviction, Notorious, Vinyl e Crisis in Sex Scenes como o pior que feito este ano.

Seguimos para a EW, que também partilha da mesma opinião que a Variety, colocando Vinyl como um dos piores exercícios televisivos do ano. A esta lista, juntam-se mais três: Who Killed JonBenet, Fuller House e The Family, que segundos os entendidos na matéria podiam ter sido aproveitadas de uma forma bem melhor do que aquilo que foram.

Por fim, o Yahoo, também enumerou o que de pior se fez e mais uma vez partilha algumas opiniões com os restantes críticos, tais como Chelsea, Conviction, Notorious e Fuller House. Os especialistas da área televisiva do site acrescentaram ainda como o pior deste ano Bordertown, Criminal Minds: Beyond Borders e Heartbeat.

E para vocês, quais foram as piores séries de 2016?