Classificação

9
Interpretação
9
Argumento
9
Realização
9
Banda Sonora

Este artigo contém spoilers!

Foi na edição da Comic Con Portugal 2018 que tivemos a oportunidade de assistir ao piloto da nova série da FOX, com estreia prevista para 2019, cá em terras portuguesas.

Esta nova série começa com um grupo de investigadores em busca de uma cura para doenças. Ao chegarem ao paciente zero, existe uma complicação e este solta-se da jaula onde estava contido, atacando e infetando um dos investigadores. O mesmo fica gravemente ferido e é levado para o hospital, mas rapidamente se cura. O problema é que, depois de se curar, entra numa transformação que o leva a passar de humano para um ser faminto por sangue.

A partir daí, o grupo de cientistas e investigadores começa a estudar o vírus. Para tal, eles vão infetando cobaias que consistem em criminosos, condenados à morte, que, sem terem mais nenhuma saída, acabam por aceitar participar no projeto. Com o tempo, eles descobriram que o vírus cura doenças, ou seja, pode tornar o ser humano imune, mas o problema é que o vírus come as células do ser humano, o que o deixa num estado vegetativo. Um cientista diz que quanto mais novas forem as células, menos elas são destruídas. Logo, uma criança é sugerida como sendo o paciente perfeito para o estudo. Mesmo com alguma relutância, a direção aceita esse estudo.

É aí que conhecemos Amy Bellafonte, uma menina cuja mãe acabara de morrer e que se enquadra no perfil ideal que os cientistas delinearam, isto é, alguém de quem ninguém sentiria falta. Os agentes Brad e Phil são enviados para levar a menina para o centro de investigações, mas Amy revela-se uma rapariga forte e inteligente capaz de lutar pela sobrevivência. Isto desperta o lado humano do agente Brad, que perdera a filha há pouco tempo e começa a afeiçoar-se à menina. Brad deixa Phil inconsciente e foge com Amy para a salvar de ser mais uma cobaia daquele projeto. Começa assim uma caça nacional pelo agente Brad, que é acusado de rapto, dando início ao que será o resto da temporada.

A série pareceu-me muito bem. Tem pernas para andar. Embora não traga algo de muito novo, conseguimos ver no piloto que existem vários subtemas a ser explorados e muito mistério nas cobaias usadas pelo centro de investigação. Dá para sentir que esta vai ser a grande aposta da FOX para o próximo ano!

Carlos Real