Queres saber quais foram as piores séries do ano segundo vários sites especializados?

O ano de 2015 foi repleto de séries! Mais precisamente 409 temporadas foram exibidas, segundo a FX. Muitas delas bateram recordes de audiências, outras – mesmo sem bater recordes – foram consideradas as melhores do ano. Mas nem tudo são rosas e, com o fim do ano, surge também o que de pior foi feito:

.

The Messengers: “Mesmo quando as coisas estão a ir bem [para a The CW], há sempre um defeito qualquer que passa.

Começamos pelo site tv.com, que considerou a série The Messengers, protagonizada pelo nosso Diogo Morgado, uma das piores do ano, principalmente devido a um enredo duvidoso e mal aproveitado e um desenvolvimento ainda mais fraco. Na mesma lista, juntam-se nomes como The Returned, Stalker, Wicked City e até mesmo Under The Dome.

.

True Detective: “Um elenco de luxo e uma campanha publicitária massiva não foram suficientes para salvar o complicado enredo.”

O The Wrap não quis ficar de fora da análise das piores séries do ano e, segundo as opiniões dos críticos do site, séries como Pretty Little Liars Scream,  True Detective, Heroes Reborn , The Bastard Executioner ou Dr. Ken estão entre as piores do ano.

.

Fear The Walking Dead: “(…) sobrepovoada com adolescentes irritantes e definidos muito superficialmente e subpovoada com, vocês sabem, zombies…”

Os críticos do The Hollywood Reporter nomearam séries como The Brink, Dig, Fear The Walking Dead e novamente a segunda temporada de True Detective como algumas das piores séries do ano. Voltamos a dar enfâse a True Detective, pois o THR resumiu em poucas palavras a evolução da série da 1.ª temporada para esta: “Nenhum programa deste ano teve uma queda tão precipitada, passando de fenómeno para um saco de boxe. Tornou-se numa paródia de si própria:  guião sem sentido, revelações sem significado”.

.

Falling Skies“O ‘grande final’ pareceu mais uma adenda, dando a perceção de que a equipa criativa ficou sem ideias muito antes da rebelião humana ter ficado sem garra e determinação.”

Também o site Variety elegeu o pior do ano. Mais uma vez nomes como Fear The Walking Dead ou True Detective entram na lista, juntamente com Falling Skies ou ainda Hand of God.

Wicked City: “Os espectadores rejeitaram-na por dolorosamente não ter pés nem cabeça ou por ser um insulto a Billy Idol. Qualquer que tenha sido a razão, bom trabalho América.”

A série de Chuck Bass Ed Westwick volta a aparecer num top das piores do ano pela mão de Jeff Jensen, um dos críticos do Entertainment Weekly, e aparece no n.º 1. Nas restantes 4 posições encontram-se Truth Be Told, Hand of God, Minority Report e Heroes Reborn.

.

Aquarius, Crazy Ex-Girlfriend, Mr. Robot, Sense8 e UnReal

Esta lista foge um pouco às anteriores. É também talvez a que mais possa intrigar os fãs. Os nomes que surgem na lista da Forbes surgem de uma forma diferente das apresentadas acima, uma vez que a lista é sobre as Piores Séries do ano para a velha forma de fazer televisão, isto é, que desafiam o princípio de que só de boas audiências vivem as séries. Aquarius, Crazy Ex-Girlfriend, Mr. Robot, Sense8 e UnReal foram consideradas as piores do ano segundo o site: “Estas são apenas algumas das séries que, de uma maneira ou outra, quebraram um paradigma para os seus produtores. Mr. Robot e UnReal fizeram crer que qualquer série pode sobreviver sem grandes ratings desde que as pessoas se interessem pelo seu destino. (…) Para a The CW salvar [Crazy Ex- Girlfriend] da maneira que o fez, muito há a dizer sobre a vontade da emissora em explorar e estar aberta a novas ideias (boas ou não), independentemente de serem eles os desenvolvedores originais desta [A série pertencia primeiro à Showtime]”

E para ti, qual foi a pior série do ano?