Classificação

8
Interpretação
8
Argumento
8
Realização
7.5
Banda Sonora

Contém Spoilers!

The Flash regresssa esta semana com um episódio leve, com um novo meta, muito humor e cheio de revelações importantes no final. O caso desta semana é o de uma mulher cujo nome meta é Hazard, que foi afetada por uma explosão que ocorreu quando Barry regressou da Speed Force no primeiro episódio, e passou a ter uma grande dose de sorte.

Na sua vida tudo estava a correr mal, foi despedida do emprego após, sem querer, entornar o copo de um cliente que abusou dela; chega a casa, onde vive com o namorado, apenas para encontrá-lo a traí-la, entre outros azares mais pequenos. Isto até decidir apanhar um determinado autocarro, que estava muito perto do local onde Barry regressou, fazendo com que o seu azar se transformasse em sorte. Com um pequeno senão, por cada dose de sorte que ela tinha espalhava uma dose de azar para outras pessoas. Assim, com a influência do vilão a quem se chama “The Thinker”, Hazard começa a espalhar uma onda de má sorte pela cidade enquanto enriquecia no que foi o assalto mais fácil e ridículo de sempre.

Entretanto, o Harry Wells da Terra 2 voltou supostamente para os ajudar com esta situação, mas trazendo más notícias para Wally, Jesse queria acabar com ele e queria focar-se nela própria. Além do azar que a equipa tem estado a ter na sua perseguição a Hazard, as suas próprias vidas pessoais estão a ser afetadas. Barry e Iris não conseguem encontrar um local para o seu casamento ou até casar à pressa; a sua casa de infância está a cair aos bocados e o arranjo é demasiado caro, uma caricatura daqueles “maus dias” que todos nós já tivemos.

Quando Hazard vai ao casino onde trabalhava e ganha mais de um milhão de dólares, a sua sorte era tão grande que começa uma onda de azar enorme, desde um avião que se vai despenhar, até ao acelerador de particulas do laboratório, que vai explodir novamente. Por fim, ela tenta a sua sorte numa slot machine, que por coincidência deve ser a slot mais lenta que alguma vez vi, enquanto que Wells decide deixar o acelerador explodir, o que causa um efeito anulador na sua sorte e acaba por salvar o dia, algo com que The Thinker não estava a contar, acabando por admitir que eles são mais inteligentes do que inicialmente considerou.

Para terminar o episódio, temos uma partida e uma chegada; Wells, que foi expulso da equipa de heróis da sua filha, decide ficar na Terra 1 porque, afinal de contas, o que seria uma temporada de Flash sem um Harry Wells? Por outro lado, Wally passa o episódio na Terra 2 a falar com Jessie e, ao ver que não foi preciso, decide abandonar a equipa e ir numa jornada de auto-descobrimento. Flash acaba por ser a série mais fácil de ver deste universo da DC, devido a um intermédio entre a seriedade de Arrow e a demasiada leveza de Legends. Assim é mais fácil perdoar alguns exageros e  falhas. O que acharam deste episódio e da temporada até agora?

Raul Araújo