1x02 - Fastest Man Alive

1×02 – Fastest Man Alive

Depois de sair na internet muito antes do que era esperado (Junho), e da estreia oficial (7 de Outubro), eis que chega o segundo episódio, e, com ele, a respectiva review. Acompanhem-nos, então, esta viagem.

O episódio começa com um incêndio, e é claro que Barry/Flash se prepara para ir ao encontro do incidente. Cisco ajuda-o, por intermédio de um auricular, mas Caitlin descobre, mesmo Cisco desmentindo. Flash invade a casa e salva a menina que estava lá presa, juntamente com um homem. Depois disso, Caitlin intercepta a chamada, e ordena a Barry que regresse a  STAR Lab.

Já no laboratório, Caitlin e Barry discutem sobre a faceta de salvador deste.

Ao mesmo tempo, há um homicídio na cidade, e parece-me que Barry, com tudo o que aconteceu, se esqueceu do seu verdadeiro trabalho, por isso apressa-se (claro!), para o local do crime. Voltamos a ter uma percepção das pistas como no primeiro episódio, o que se tornará, claramente, uma característica da série.

Pouco depois, temos o primeiro flashback do episódio, em que vemos a dificuldade por que Barry e Joe passaram, com o seu crescimento, a revolta de não poder ver o pai. E voltamos a Barry no departamento da polícia, com Iris, até que são interrompidos por Eddie. Mais tarde, Iris constata que ela e o melhor amigo não têm passado muito tempo juntos. Neste momento, pensei que Barry se fosse declarar, e contar-lhe a verdade, mas, claro que tal não ia acontecer, pela tradição das narrativas, a que todos já estamos habituados! Em vez disso, surge um grupo de assaltantes, e Barry não consegue impedir o assalto, desmaiando, mas ainda assim, consegue salvar o segurança.

Já em STAR Lab, Caitlin repreende Barry, e este é submetido a exames médicos. E quem é que decide aparecer no laboratório? Joe! E, mais uma vez, Barry é desacreditado, mas também em algo a dizer.

No entretanto, vemos que Barry/Flash não é único com poderes, como já sabíamos, e anda à solta um homem que se multiplica noutros… E apesar de todas as divergências, Barry vai tentar salvar Joe deste homem, Danton. Mas o caminho não é fácil, e Eddie é quem salva o dia.

Voltamos ao passado: Barry vai visitar o pai, o que vai proporcionar ao espectador uns momentos comoventes.

Uh oh! Iris andou a fazer umas investigações pela internet, e descobriu algumas coisas em comum, em todos os locais em que Barry interveio. Agora, adivinhem o quê!

De volta a STAR Lab, Caitlin telefona a Barry, que lhes disse, que já não quer ter nada a ver com este assunto, mas Barry regressa, com a premissa de que Danton se encontra no laboratório. Mas é só um clone que Caitlin criou. Joe também aparece no laboratório, e dá o apoio de que Barry precisava, na luta contra o crime.

E bem, como é costume, vamos saber as razões por detrás das acções de Danton, já quase no fim do episódio. E deixo que vocês adivinhem quem ganhou o combate… E fica uma dica, para os mais distraídos/apressados, não percam os minutos finais do episódio…!

The Flash é uma das séries mais aguardadas e vistas, e acho que está a corresponder às expectativas. Vamos ver como se irá desenvolver daqui para a frente. Eu vou continuar a acompanhar, e vocês?

Nota: 7/10

Beatriz Barroca