Classificação

7.5
Interpretação
9.1
Argumento
8.9
Realização
8.5
Banda Sonora

Brilhante, chocante, envolvente e ligeiramente assustador. Tudo isto no piloto de 59 minutos de Swamp Thing. Pela mente de James Wan e mais uma grande produção da DC Universe, Swamp Thing promete muito neste piloto que foi, sem sombra de dúvida, qualquer coisa!

Realizado por Len Wiseman e escrito por Mark Verheiden e Gary Dauberman, o piloto entra a matar no sentido mais literal da palavra. Após os cinco minutos iniciais em que percebemos ‘ok, esta série é muito boa’, surge o genérico e obrigada, DC Universe, que nos começas a habituar mal com excelentes aberturas!

Passando ao que realmente interessa, lembram-se de Crystal Reed, a Allison de Teen Wolf? Ela que foi também Sophia Falcone em Gotham, regressa ao universo DC para interpretar Abby Arcane, que retorna à sua cidade natal para investigar um vírus que tem origem no pântano que rodeia a cidade de Marais. Aqui conhece Alec Holland, aka Swamp Thing (Andy Bean), que foi contratado pelo “mandachuva” da cidade para investigar alguns acontecimentos em redor do pântano, acabando por descobrir umas coisas bem interessantes, sendo uma delas o facto de que houve alguém que começou a deitar coisas tóxicas no pântano e agora as pessoas da cidade começaram a ficar doentes.

Para além destes pequenos grandes problemas que ambos os protagonistas vão ter de arranjar maneira de solucionar, têm no seu passado questões mal resolvidas que virão com certeza ao presente morder-lhes o traseiro. Todo um drama adaptado a cada personagem, mas bastante interessante e nada cansativo.

Como algumas questões no ar, neste primeiro episódio conseguimos perceber que é uma série, sem dúvida, com pernas para andar e que, pelo que li, está bastante fiel aos comic books.

Tem acontecimentos emocionantes e parece seguir uma linha ténue entre momentos dark de Titans, alguns momentos drama de Arrow, mas sem ninguém estar à espera, e de um momento para o outro, algo acontece e ficamos WTF, momentos que se denominam Doom Patrol.

Para todas as más línguas que alegam que a DC é bem mais fraca, aconselho a ver Swamp Thing. Vão ficar pasmados com a qualidade da série: a fotografia, os efeitos especiais, a banda sonora… Dignos de filmes de Hollywood!

Mal posso esperar pelo próximo episódio!

Margarida Rodrigues Pinhal