Chegámos ao dia mais recheado de painéis! A Comic-Con International: San Diego decorre entre os dias 19 e 22 de julho e são esperados muitos painéis de séries. Para além das novidades que vamos anunciando no Facebook e Instagram, todos os dias faremos um resumo dos painéis das séries presentes no evento.

Eis então o resumo de cada painel das séries que estiveram presentes durante o dia 21:

place sdcc

The Good Place (NBC)

Com Marc Evan Jackson a moderar o painel, também ele ator na série, os atores Ted Danson, Kristen Bell, William Jackson Harper, Jameela Jamil, D’Arcy Carden e Manny Jacinto, juntamente com os produtores Michael Schur, Morgan Sackett e Drew Goddard, estiveram todos em palco para falar sobre aquela que é uma das mais hilariantes comédias do momento e responder a perguntas dos fãs. Ted e Kristen confessam que ambos assinaram com a série para poderem ter a oportunidade de trabalhar juntos. No que terá sido provavelmente o mais hilariante painel desta edição da SDCC até ao momento, foram várias as risadas que os atores tiraram do público, como quando Marc pergunta a D’Arcy Carden se era mais divertido interpretar a Good Janet ou a Bad Janet, ao que a atriz responde “Well, I get to play both, so screw you!”, e até cosplayers da Good e Bad Janet houve na audiência! Foi também dado crédito a Morgan Sackett (produtor de Parks and Recreation), em como ele é parte da razão pela qual a série funciona tão bem. Foram mostrados os primeiros 2 minutos da 3.ª temporada, que chega dia 27 de setembro, e, após pergunta da audiência, todo o painel, à exceção de Ted Danson e Kristen Bell, respondeu que acha que vai parar ao Bad Place quando morrer.

Black SDCC

Black Lightning (The CW)

Moderado por Jamil Smith, o painel da série teve presentes Cress Williams, China Anne McClain, Nafessa Williams, Christine Adams, Marvin “Krondon” Jones III, Damon Gupton, James Remar e os produtores Mara Brock Akil e Salim Akil. Salim Akil começou por dizer que a série é importante para explorar a experiência e a humanidade dos afro-americanos. McClain sente que foi necessário vermos Jennifer com dificuldades e espera que ela cresça e se torne mais confiante como super-heróina e como pessoa. A atriz ainda acrescentou que gosta bastante do contraste entre Jennifer e Anissa. Adicionalmente, foi anunciado que Jennifer vai ter um fato de super-herói a rigor na 2.ª temporada. Já Nafessa Williams falou sobre a sua personagem e que a melhor experiência de interpretar uma super heroína lésbica é ser abordada por jovens fãs que se sentem mais confiantes devido a ela. Os produtores divulgaram que Jordan Calloway (Painkiller) foi promovido a regular na nova temporada. Williams afirmou que o facto de ter uma família faz com que seja um herói melhor e que vamos vê-lo a não conseguir conjugar o trabalho na escola com o trabalho de super-herói e a vida familiar. Para terminar, depois de relembrar um acontecimento da própria infância, Salim diz que espera que nenhuma criança tenha que esconder a sua cor para se vestir de super herói.

Krypton sdcc

Krypton (Syfy)

O painel de Krypton contou com a presença dos atores Cameron Cuffe, Wallis Day, Shawn Sipos e Ann Ogbomo, assim como Cameron Welsh, o showrunner da série. As novidades reveladas sobre a 2.ª temporada foram algumas e deixaram os fãs bastante entusiasmados. A novidade principal foi dada a conhecer logo no início do painel, quando Welsh disse que o vilão Lobo vai ser introduzido na nova temporada, embora ainda não haja nenhum ator escolhido para interpretar o papel. O showrunner e produtor executivo disse que a produção apostou muito no desenvolvimento das personagens e não apenas em jogar com o mito de Super-Homem, uma vez que são as personagens que prendem os espectadores. Foi assegurado por Welsh que “ninguém está a salvo na 2.ª temporada” e que a série que os espectadores verão agora está “vastamente diferente”. A personagem Zod conhece o futuro e isso determina as suas ações no presente. Wallis Day, que dá vida a Nyssa, disse que “as coisas podem tornar-se perigosas quando se sabe que se tem mais do que uma vida”. Cameron Welsh revelou ainda que haverá um salto temporal entre a 1.ª e 2.ª temporadas, sendo que esta começa entre quatro a cinco meses após os eventos da season finale da 1.ª temporada, que vão “jogar” com a origem de Nightwing e Flamebird e que a história de Brainiac ainda não acabou. A 2.ª temporada irá mostrar Colu, o planeta de origem da personagem.

stan sdcc

Stan Against Evil (IFC)

O painel da série, que arrancou com um vídeo promocional da 3.ª temporada, contou com a presença dos atores John C. McGinley, Janet Varney, Deborah Baker, Jr. e Nate Mooney, assim como com a produtora Dana Gould. A conversa do painel passou por várias dimensões da série, das tendências explosivas (de cabeças de bonecos) de Gould ao ambiente repleto de partidas das filmagens e passando pelas impressões que os atores têm das suas próprias personagens: McGinley, por exemplo, considera Stan um homem bastante magoado pela vida. O elenco presente teve ainda oportunidade de responder a algumas questões dos fãs, tendo sempre cuidado para não revelar demasiado sobre a próxima temporada, que estreia em outubro.

manifest sdcc

Manifest (NBC)

O painel começou com a exibição do episódio piloto, que obteve reações positivas por parte do público. Contudo, deixou pouco tempo para perguntas aos protagonistas Josh Dallas e Melissa Roxburgh e ao criador Jeff Rake. Rake começou por dizer que existe um plano e um objetivo final para a história da série e a forma como se vai desenrolar. Rake ainda acrescentou que o principal tema que será abordado vai ser a fé versus a ciência e vão existir várias questões à volta deste tema. Josh confessou que quer descobrir a mitologia de Manifest ao mesmo tempo que os fãs. Durante o painel, Josh e Melissa, que vão interpretar dois irmãos na série, mostraram que têm bastante química.

Legacies sdcc

Legacies (The CW)

O painel começou com o primeiro trailer da série, para então apresentar a produtora Julie Plec e os protagonistas Danielle Rose Russell e Matthew Davis. Plec confessou que, no ano passado, quando decidiram terminar The Originals, ela já sabia que estava planeado existir um novo capítulo na história. Plec, em tom de brincadeira, disse que Legacies é a sua carta de amor a Harry Potter e Buffy. A produtora anunciou que Peyton Alex Smith vai juntar-se ao elenco para interpretar um lobisomem com problemas em controlar a sua agressividade. Plec adora a personagem Caroline e vão referir-se a ela várias vezes durante a série e, se Plec conseguir convencê-la, pode ser que faça algumas visitas. Aliás, Plec disse que terá sempre porta aberta para os atores das duas séries anteriores. Ficámos a saber que as gémeas de Alaric vão ter muito da personalidade de Carolin, Mystic Falls vai ter um papel importante na série e é possível que apareçam os filhos de Elena e Damon. Vão existir bastantes histórias de The Vampire Diaries e The Originals incluídas na série, que vai sofrer um avanço de dois anos desde o final de The Originals e Hope terá 17 anos. Paul Wesley vai realizar um episódio e Zach Roerig (Matt Donovan) vai ser o primeiro convidado de The Vampire Diaries a aparecer. Ele agora é o xerife de Mystic Falls. Matthew divulgou que vai haver uma rivalidade entra a escola de Mystic Falls e a de Salvatore e Danielle disse que esta é uma nova série com o seu próprio universo e com novas histórias sobrenaturais. No final do painel foram divulgadas imagens de Roswell, New Mexico.

gifted sdcc

The Gifted (Fox)

Estiveram presentes os atores Stephen Moyer, Sean Teale, Jamie Chung, Emma Dumont, Blair Redford, Natalie Alyn Lind e Skyler Samuels, juntamente com os produtores Matt Nix e Jeph Loeb. Após a exibição do trailer da 2.ª temporada, que será intitulada Dawn of The Mutant Age, seguiu-se o painel, com detalhes sobre o que nos espera na próxima temporada e curiosidades variadas. Matt Nix começou por partilhar que o que aprendeu durante a 1.ª temporada foi que, quanto mais foco a história tem nos personagens, melhor saem todas as cenas de poderes e luta. Já Jeph Loeb partilha a sua opinião de que a mensagem de tolerância que a série transmite é muito importante. A 2.ª temporada vai começar com um salto temporal de vários meses e numa nova localização. Podemos esperar mais sobre o Hellfire Club, os Purifiers, Morlocks e Underground, sobre o papel de líder de Grace Byers e sobre o papel das irmãs na revolução, durante a próxima temporada. Redford falou também em como o seu personagem, Thunderbird, vai estar numa posição difícil, sentindo que a culpa da separação da sua família mutante é dele e questionando o seu papel como líder. Já Dumont fala em como Polaris vai passar um mau bocado, sentindo falta de Marcos e com medo da gravidez e do parto, deixando ainda a dica de que “o trabalho de parto mutante é diferente” e perigoso, devido aos seus poderes. Ela começa a perceber os sacrifícios que o seu pai (Magneto) fez agora que está próxima de ser mãe: “A Polaris é Magneto em todos os sentidos. E ela odeia isso.”, diz a atriz. Foi um bom painel, que deixa a mensagem de tolerância e aceitação, como partilhado por Skyler Samuels, atriz que interpreta Esme, Sophie e Phoebe: “Estou muito contente por participar numa série que te faz pensar sobre o lugar que tens no mundo e que dá uma voz a quem não a tem.”

texas sdcc

Midnight, Texas (NBC)

Os atores François Arnaud, Dylan Bruce, Parisa Fitz-Henley, Arielle Kebbel, Jason Lewis, Peter Mensah, juntamente com os produtores David Janollari, Eric Charmelo e Nicole Snyder, estiveram no painel da série. Para além de falarem sobre os seus personagens e sobre o que torna esta série tão especial, foram ainda divulgadas novidades de elenco e detalhes sobre novos personagens que se irão juntar à história. Entre os novos personagens da próxima temporada haverá hipsters, um cowboy homossexual e caçador de demónios, sendo que vai ser Josh Kelly (UnREAL) quem lhe vai dar vida, e um curandeiro que será interpretado por Nestor Carbonell (Bates Motel), que se junta assim ao elenco num papel recorrente. A série regressa para a 2.ª temporada no dia 26 de outubro.

Supergirl

Supergirl (The CW)

Melissa Benoist, Chyler Leigh, Mehcad Brooks, David Harewood, Katie McGrath e Jesse Rath, juntamente com os produtores Robert Rovner, Jessica Queller e Sarah Schechter, representaram o painel da série, que começou com o trailer da nova temporada, onde foi possível conhecer o novo fato de Supergirl. Foi também confirmado que nesta será adaptada a própria versão de Red Son Superman, numa temporada que promete ser muito excitante, segundo os atores. Mas as novidades não ficaram por aqui, foi revelado que existirá pela primeira vez no universo de super-heróis uma heroína transgénero, Dreamer, que será interpretada por Nicole Maines. A atriz, recebida com um forte aplauso, aproveitou para dizer que este é assunto muito importante da atualidade e acha de extrema importância existir um herói assim para ajudar todas as crianças e adolescente transgéneros. A juntar-se a ela estão também Nia Nal (uma nova jornalista), David Ajala (Manchester Black) e April Parker como Coronel Haley. A finalizar as novidades de elenco, o regresso de Lynda Carter foi também anunciado, não descartando outros regressos que os fãs tantos desejam, como Mon-El ou Cat Grant. Ao longo do painel, os atores falaram também um pouco do que esperar desta temporada, sendo que Katie McGrath disse que considera importante que Lena não descubra a identidade de Kara, pois  deve apenas vê-la como humana e sua amiga e não como uma super-heroína. O painel teve direito a mais algumas questões, mas terminou em grande com Melissa Benoist a responder à questão de como se sente ao inspirar raparigas: “O meu coração está cheio e caloroso com tudo isto. Eu levo isto muito a sério, tal como todo o elenco, e queremos  passar a mensagem que qualquer um pode ser um super-herói com ou sem uma capa”, disse a atriz. Algo que ficou bem claro durante todo o painel foi que tudo é possível acontecer nesta nova temporada de Supergirl.

orville sdcc

The Orville (Fox)

Seth MacFarlane, o criador e protagonista, esteve presente no painel da série, juntamente com os atores Adrianne Palicki, Penny Johnson Jerald, Scott Grimes e os produtores David A. Goodman, Brannon Braga e Jon Cassar. Após a exibição do trailer da 2.ª temporada, Seth começou por falar sobre as dificuldades em misturar comédia e ficção científica, que foi uma nova experiência e com resultados positivos junto dos fãs. Penny realizou uma dança durante o painel, para exemplificar o que faz todas as manhãs quando tem que se maquilhar e pentear para as filmagens. Braga disse que a 2.ª temporada vai ser mais ousada e assertiva, acrescentando que existe uma grande diferença porque agora os argumentistas escrevem com cada ator em mente, ao contrário da primeira, em que ainda não sabiam quem era o elenco. Curiosamente, todos os fãs que fizeram perguntas com cosplay da série receberam uma caveira assinada dos bastidores da 2.ª temporada. The Orville regressa a 30 de dezembro.

arrow sdcc

Arrow (The CW)

Estiveram no painel a produtora Beth Schwartz e os atores Stephen Amell, David Ramsey, Emily Bett Rickards, Katie Cassidy, Echo Kellum, Juliana Harkavy, Rick Gonzales e Colton Haynes. Foi apresentado um vídeo da 7.ª temporada, que mostrou Oliver na prisão. Beth começou por falar da nova temporada, que vai ter um tom mais negro. Amell afirmou que não vai ser fácil para Oliver, pois está na prisão com pessoas que ajudou a colocar lá. Emily disse que a sua personagem vai começar a temporada a sentir-se sozinha e assustada. Haynes confessou que está bastante contente por regressar e que a sua personagem vai apresentar uma personalidade diferente de anteriormente. Tal como foi mencionado no final da 6.ª temporada, vamos ver três caçadores (Red Dart, Kodiak e Silencer) com arco e flecha que trabalham para Diaz. Adicionalmente, Bronze Tiger, Derek Sampson e Danny “Brick” Brickwell também vão aparecer. Quanto ao crossover, Beth disse que ainda estão a filmar a primeira parte da temporada e que por isso ainda não chegaram ao crossover. Por fim, Ramsey explicou que vamos ver Felicity e Diggle a lutar contra Diaz, cada um à sua maneira.

legends sdcc

Legends of Tomorrow (The CW)

Os atores Caity Lotz, Brandon Routh, Dominic Purcell, Nick Zano, Maisie Richardson-Sellers, Tala Ashe, Matt Ryan, Jes Macallan, Matt Ryan e Courtney Ford estiveram presentes, juntamente com o showrunner Phil Klemmer e o produtor Keto Shimizu. Shimizu começou por dizer que vai aparecer o pai de Nate, que tem uma relação atribulada com o filho e que vai ser interpretado por Tom Wilson. Nate era um humano que se tornou super-herói e vamos ver como isso aconteceu. Ryan acha fantástico estar de volta ao fim de quatro anos e disse que sempre estudou para a sua personagem Constatine através da banda desenhada. Ford afirmou que Nora vai ter que perceber quem é sem a influência de Mallus ou o pai. Ashe disse que o primeiro episódio vai ser bastante excitante e Beebo vai regressar durante a temporada. Lotz disse que vão fazer referência à morte do pai de Sara, Quentin Lance, mas que esse facto não vai influenciar o formato da série, que é leve e divertida.

man sdcc

The Man in the High Castle (Amazon)

O painel teve presentes Alexa Davalos, Rufus Sewell, Jason O’Mara e Stephen Root, juntamente com os produtores Isa Dick Hackett e Dan Percival. O elenco começou por anunciar a data de estreia da 3.ª temporada, que será no dia 5 de outubro. Relembramos que a série já foi renovada para uma quarta! Quanto às novidades apresentadas no painel, foram bastantes. Ficámos a saber que os nazis se aperceberam que existem vários universos, o que significa que têm a oportunidade de conquistar outros mundos. Rufus disse que a sua personagem, John Smith, se tornou ainda mais dedicado ao nazismo. Jason O’Mara é a recente adição ao elenco e vai interpretar Wyatt, um imigrante irlandês que vive na zona neutra, mas que terá de escolher um lado depois de conhecer Juliana Crane. Alexa disse que se inspirou pela sua personagem, porque vive com amor. Também foi anunciado que esta nova temporada vai focar-se mais na resistência e na metafísica da ficção científica presente no trabalho original de Philip K. Dick. A filha do autor, Isa, afirmou que esta temporada vai basear-se em vários capítulos que o pai escreveu a pensar numa sequela de High Castle.

purge sdcc

The Purge (USA Network)

The Purge teve no painel Lex Scott Davis, Gabriel Chavarria, Amanda Warren e Fiona Dourif, Jason Blum, James DeMonaco (criador), Thomas Kelly, Brad Fuller e Anthony Hemmingway (realizador). Foi revelado que a história da série se situa entre o segundo e o terceiro filme, cerca de dez anos após The First Purge. Kelly disse que o bom da série é qualquer pessoa poder ver, mesmo que não tenha visto os filmes, mas que para quem é fã dos filmes vai encontrar vários easter Eggs. Durante o painel, foram apresentados vários clips da séries, que parece que mantém a mesma violência dos filmes. The Purge estreia a 4 de setembro.

flash sdcc

The Flash (The CW)

Grant Gustin, Danielle Nicolet, Tom Cavanaugh, Danielle Panabaker, Hartley Sawyer, Carlos Valdes, Jessica Parker Kennedy, Candice Patton, juntamente com o produtor Todd Helbing, estiveram presentes no painel da série, que apresentou o trailer da 5.ª temporada e trouxe muitas novidades sobre o que podemos esperar dela! Caitlin descobrirá melhor como Killer Frost obteve os seus poderes; ká a amizade entre Cisco e Ralph irá fortalecer-se. Como deixa a entender o trailer, o vilão da nova temporada será Cicada, um líder de um culto, obcecado pelo Flash. Chris Klein será o ator a interpretar o vilão. Outra novidade será a introdução da personagem XS, ou Nora, a filha vinda do futuro de Barry, que irá mudar completamente a dinâmica da série. A relação entre ela, Barry e Iris vai ser um dos focos dramáticos da nova temporada. E como nova season merece roupas novas, o fato de Barry vai levar um upgrade e ele vai ganhar o Flash Ring. O episódio n.º 100 da série terá como realizador o ator Tom Cavanagh (Dr. Harry Wells) e servirá como midseason finale. E como se o trailer já não prometesse muita ação nesta 5.ª temporada, o produtor Todd Helbing ainda diz que “vão haver muitas mortes este ano.”

deadly sdcc

Deadly Class (Syfy)

Num painel moderado por Dominic Patten, os produtores e criadores Rick Remender, Miles Orion Feldsott e Mick Betancourt, e ainda os atores Benjamin Wadsworth, Lana Condor, María Gabriela De Faría, Benedict Wong e Wes Craig falaram sobre esta nova aposta do SyFy. A série vai estrear apenas em 2019, mas foi já transmitido em exclusivo o trailer que promete muita ação e cenas brilhantes. Miles Feldsott confessa que a real prova desta série tem sido a persistência, avançando que adaptar a história da banda desenhada demorou quatro anos. Uma das partes mais hilariantes do painel foi quando Benedict Wong respondeu em Klingon a um fã mascarado da espécie alienígena da saga Star Trek. Acima de tudo, ficámos com uma boa impressão daquela que será, provavelmente, uma das grandes estreias do próximo ano.

project sdcc

Project Blue Book (History)

A nova série do canal apresentou um painel com o criador David O’Leary, o showrunner Sean Jablonski e os atores Aidan Gillen, Michael Malarkey, Neal McDonough e Laura Mennell. Neil começou por dizer que não há melhor canal para contar uma história que o History Channel e explicou que a série o afectou bastante, ao ponto de não olhar para o céu da mesma forma. Quando foi questionado sobre o seu melhor momento das filmagens, Neil não hesitou ao responder que foi uma cena na Casa Branca, numa divisão secreta, com Truman a falar sobre a existência de OVNIS. Aiden confessou que se sentia entusiasmado sempre que ia para as filmagens da série e que isto acontece quando está a trabalhar em algo que realmente gosta. Sean falou sobre o conceito da série, que foi toda baseada em ficheiros que existem na realidade e Michael acrescentou que o facto de terem pessoas reais a quem recorrer para obter informações também ajudou bastante.

earp sdcc

Wynonna Earp (Syfy)

Moderado por Kayti Burt, o painel incluiu Melanie Scrofano, Shamier Anderson, Tim Rozon, Dominique Provost-Chalkley, Katherine Barrell, Varun Saranga, Chantel Riley, Emily Andras e Beau Smith. Como já é habitual, o painel começou com a notícia da renovação da série para uma 4.ª temporada, colocando o auditório em festa. Quanto à temporada atual, que estreou na semana passada, vão aparecer mais monstros. Anderson disse que espera que os fãs apreciem o que a personagem dele vai fazer com Doll, no próximo episódio. Dominique elogiou Melanie e os seus dotes de realizadora, dizendo que parecia que trabalhava como realizadora há anos. Rozon confessou que o seu episódio favorito desta temporada é o sétimo, por partir o coração. Quando questionados para escolher um género de episódio especial, o elenco incluiu um musical, uma troca de corpos ou uma dobragem numa língua estrangeira. No final, ainda anunciaram que em 2019 vão começar a ser vendidos Pops da série.

magi sdcc

The Magicians (Syfy)

Estiveram presentes no painel os atores John McNamara, Sera Gamble, Jason Ralph, Stella Maeve, Olivia Taylor Dudley, Hale Appleman, Arjun Gupta e Summer Bishil, e a produtora Sera Gamble. Felicia Day (Poppy Kline) foi a moderadora. Foi mostrado ao público um recap da temporada passada e um sneak peek bastante cómico dos bastidores da 4.ª temporada. “Manter a audiência na pontinha da cadeira e a especular também é o objetivo. Nós próprios ficarmos bloqueados quando estamos a escrever os guiões também não é assim tão mau. É bom quando nem nós sabemos o que se vai passar a seguir!”, disse Gamble no painel. Durante o painel, o elenco angariou fundos para uma instituição que apoia sem-abrigo. A 4.ª temporada de The Magicians terá 13 episódios e irá estrear em 2019, no SyFy, estando atualmente ainda em produção e filmagens.