Chegámos ao segundo dia de painéis! A Comic-Con International: San Diego decorre entre os dias 19 e 22 de julho e são esperados muitos painéis de séries. Para além das novidades que vamos anunciando no Facebook e Instagram, todos os dias faremos um resumo dos painéis das séries presentes no evento.

Eis então o resumo de cada painel das séries que estiveram presentes durante o dia 20:

Big bang SDCC

The Big Bang Theory (CBS)

Moderado pelo ator Jerry O’Connell, o painel deste ano começou apenas com os argumentistas da série. Steve Holland começou por dizer que trabalhar com Mark Hamill (Star Wars) foi um sonho e que é um ídolo dele de há muitos anos. Pouco tempo depois de começar, apareceu Kunal Nayyar, o que levou Jerry a perguntar-lhe se não é altura de Raj encontrar alguém e casar-se. Kunal disse que gosta de ser o último solteiro do grupo e que assim até pode ser que criem um spin-off com ele. De seguida apareceu Mayim Bialik para falar sobre a sua personagem Amy e o aguardado casamento com Sheldon da última temporada. A atriz comentou que o vestido foi a escolha certa para aquela personagem, pois representa os sonhos e esperanças dela. Maria Ferrari falou em como ajudou Bernadette nesta temporada com a sua experiência pessoal como mãe e esposa e ainda disse que ao escrever para a série tem a oportunidade de falar sobre problemas do dia a dia como por exemplo equilibrar filhos com a vida profissional. Já Bill Prady confessou que pensaram várias vezes em filmar na San Diego Comic Con, mas ainda não descortinaram como fazer tal coisa. Foi ainda divulgado que Tam, o amigo de Sheldon em Young Sheldon, vai aparecer numa versão adulto, na próxima temporada. Por fim, um dos argumentistas avisou a plateia para prepararem os lenços na nova temporada, que vai começar com a lua de mel de Amy e Sheldon, e, respondendo a uma pergunta do público, afirmou que não existem planos para os dois terem um filho.

FEAR SDCC

Fear the Walking Dead (AMC)

O painel da série foi moderado por Yvette Nicole Brown, que apresentou o elenco, constituído por Alycia Debnam-Carey, Colman Domingo, Lennie James, Danay Garcia, Maggie Grace, Jenna Elfman e Garret Dillahunt, juntamente com os produtores Andrew Chambliss, Ian Goldberg, Scott M. Gimple, Robert Kirkman, Gale Anne Hurd, Greg Nicotero e David Alpert. Foi divulgado o trailer da segunda parte da temporada, que estreia a 12 de agosto. Gimple começou por falar sobre o facto de as personagens não terem uma casa base poder trazer mais perigos. Colman realizou um episódio e foi elogiado por Lennie, que lhe disse que devia realizar mais vezes. Também foi divulgado que Stephen Henderson e Aaron Stanford se juntaram ao elenco da série e ainda vai ser introduzida uma personagem que anda de cadeira de rodas. Jenna, que está na sua primeira San Diego Comic Con, acha que contar uma história de amor no meio de um apocalipse é importante e, por curiosidade, é de lembrar que Alycia é o único elemento do elenco do piloto que ainda está viva. Já Nicotero confessou que filmar em Austin facilitou a caracterização dos walkers, com a utilização de colas, ao contrário de quando filmaram na Geórgia, devido ao calor extremo que apanharam. Por fim, as personagens vão para outro estado americano nos próximos episódios e, sem entrarem em grandes detalhes, disseram que haverá um ou mais antagonistas.

Vikings SDCC

Vikings (History)

O painel de Vikings contou com a presença dos atores Katheryn Winnick, Alexander Ludwig, Alex Hogh Andersen, Clive Standen e Georgia Hirst, assim como de Michael Hirst, o criador da série. A atriz que dá vida a Lagertha revelou que realizou um dos episódios da 6.ª temporada e que foi a coisa mais desafiante que já fez, mas também a mais recompensadora. Quando questionado sobre qual o futuro de Floki, Michael Hirst deu a entender que a personagem interpretada por Gustaf Skarsgard pode ter o futuro em risco ao dizer que “acontecem coisas” na história de Floki. Alexander Ludwig falou um pouco sobre o que os fãs podem esperar de Bjorn nesta segunda parte da 5.ª temporada, afirmando que “irão ver um lado dele do qual talvez suspeitassem, mas que não conheciam realmente”, um lado mais obscuro, e que Bjorn se tornará verdadeiramente num líder, assim como assumirá um lado paternal. Clive Standen e Katheryn debruçaram-se ainda sobre o tópico do envelhecimento das suas personagens, sendo que Clive afirma que é bastante desafiador interpretar uma personagem que, no início da série, tem cerca de 30 anos e que agora ronda os 60, dando os parabéns aos produtores da série por lhe darem a oportunidade de fazer esse trabalho, ao invés de simplesmente contratarem um ator mais velho. Para Clive, este aspeto é uma das melhores coisas na série. Nesta painel houve ainda tempo para perguntas mais descontraídas quando um fã perguntou “Que personagem de Game of Thrones escolheriam para combater?”, ao que Clive respondeu: “Escolheria Jamie Lannister.”, levando a gargalhadas por parte do público. Por fim, foi exibido o trailer da segunda parte da 5.ª temporada, que tem estreia marcada para dia 28 de novembro.

SDCC TWD

The Walking Dead (AMC)

No painel estiveram Andrew Lincoln, Danai Gurira, Lauren, Jeffrey Dean Morgan, Norman Reedus, Robert Kirkman e Gale Anne Hurd, moderado por Yvette Nicole Brown, tal como em Fear the Walking Dead. Foi apresentado o trailer da 9.ª temporada, cuja estreia é a 7 de outubro. A temporada vai começar com um avanço no tempo, onde vamos ver Maggie com um bebé. Andrew, bastante emocionado, confirmou que Rick vai sair da série e ainda confessou que os episódios desta temporada são os preferidos dele desde a primeira. Gimple – que nesta nova temporada é substituído por Angela Kang como showrunner – diz que a nova temporada será um recomeço, tal como o próprio mundo de The Walking Dead, que será totalmente diferente. Foi divulgado que The Whisperers da banda desenhada vão aparecer e com eles veremos Alpha, que será interpretada por Samantha Morton. Morgan falou sobre Negan e de como ele vai ter que lidar com dilemas interiores como nunca antes o vimos. Para terminar, Gimple disse que vamos ver o passado, o presente e o futuro da série na nova temporada. [Painel completo]

star trek SDCC

Star Trek: Discovery (CBS All Access)

Estiveram presentes os atores Sonequa Martin-Green, Doug Jones, Shazad Latif, Mary Wiseman, Anthony Rapp, Mary Chieffo, Wilson Cruz e Anson Mount, juntamente com os produtores Alex Kurtzman e Heather Kadin, num painel moderado por Tig Notaro, que vai aparecer na 2.ª temporada como convidada especial. O painel começou com o agradecimento do público aos atores da série que distribuíram donuts pela manhã na convenção. Logo depois foi revelado o trailer oficial da 2.ª temporada. O produtor Alex Kurtzman disse que, na nova temporada, é muito importante mostrar a todos algo que seja incrível e diferente de tudo na televisão, revelando ainda que a estreia ocorrerá em 2019, mas que em dezembro deste ano existirão quatro curtas-metragens intituladas Star Trek: Short Treks com Tilly, Saru e Harry Mudd. Mas as novidades não ficaram por aqui! Kurtzman confirmou ainda o que muitos queriam que acontecesse: Spock está de regresso para a 2.ª temporada e vão ser conhecidos mais detalhes sobre os personagens de Michael e Till. Foi ainda revelada a adição da atriz Rebecca Romijn, que dará vida a Number One, que na série original é a segunda em comando do Capitão Christopher Pike (papel que em Discovery é de Anson Mount), na Enterprise. Durante o painel, os atores também partilham o que sentem sobre a série, sendo que Doug Jones e Sonequa Martin-Green disseram que é tudo o que se espera e sonha como ator. A moderadora Notaro aproveitou e questionou Cruz se vamos ver Culber e Stamets juntos, ao que ele respondeu que este capítulo será uma história épica de amor. Também Mary Chieffo aproveitou o momento para falar um pouco sobre a sua personagem e disse que na nova temporada dará o seu melhor no império Klingon e que fará tudo o que estiver ao seu alcance para defender a missão T’Kuvma. Ao longo do painel surgiram algumas questões, nomeadamente no que diz respeito às ligações de  Star Trek: Discovery com o universo Star Trek, sendo que Kurtzman disse que teremos respostas na nova temporada, mas que não vão ser da maneira que esperamos. Durante o painel o foco esteve muitas vezes em Sonequa e, a título de curiosidade, foi revelado que analisaram mais de 400 pessoas para o seu papel, mas que a escolha só podia ter recaído sobre ela. A atriz acabou por se emocionar, agradecendo e explicando o quão adora fazer parte do projeto, mostrando que tem orgulho na sua raça negra e em representar todas essas mulheres. Durante o restante painel, os atores responderam a mais algumas questões sobre o que achavam da série e o que se podia esperar da nova temporada. [Painel completo]

Amazon SDCC

Painel Amazon (Jack Ryan, The Tick, Homecoming, The Expanse, Good Omens e Lore)

O serviço de streaming decidiu juntar os criadores e produtores das suas novas séries para falarem sobre o que podemos esperar de cada uma delas. Estiveram presentes o criador de The Tick, Ben Edlund; o criador de Homecoming, Sam Esmail; a criadora de Lore, Gale Anne Hurd; o showrunner de The Expanse, Naren Shankar; o showrunner de Jack Ryan, Carlton Cuse; e o criador e showrunner de Good Omens, Neil Gaiman. Os criadores e produtores começaram por falar sobre o desafio que é estar à frente da criação e produção de uma série, quer seja na projeção daquilo que vai ser feito, quer na escolha certa das pessoas para interpretarem os papéis, quer nos cortes a fazer na história consoante o orçamento, como comentou Gaiman ao dizer que queria gravar uma cena para a qual eram necessários 600 figurantes e para os quais simplesmente não havia dinheiro. “Reescrevi a cena e de repente já a podíamos custear”, disse Gaiman. Esta conversa levou ao tópico dos fãs e como, segundo Esmail, o showrunner tem de ser o fã número um do seu próprio trabalho. Gaiman tomou a palavra e disse que Good Omens já tem uma base de fãs consolidada devido à sua obra Good Omens: The Nice and Accurate Prophecies of Agnes Nutter, Witch, e que isso fazia com que ele tivesse de encontrar novas formas de satisfazer o fandom existente. Shankar finalizou dizendo que sem os fãs não estaria ali sentado, recebendo aplausos calorosos do público.

Quanto às novidades das séries em si, foi exibido um teaser de Homecoming, protagonizado por Julia Roberts. Esmail demonstrou o seu entusiasmo em trabalhar com a atriz: “Ela é maravilhosa na série”.

De seguida, foi a vez de The Tick mostrar um pouco dos bastidores. Edlund explicou que estão a expandir este mundo. Tick e Arthur ganharam o direito de praticar atos super-heroicos na cidade e mais heróis serão incluídos, assim como uma força policial de super-heróis. Edlund acrescentou ainda que Arthur se irá envolver com uma assaltante de bancos e que estão a ponderar trazer mais personagens do passado.

Quando chegou a vez de Gaiman falar, uma voz sobrepôs-se à dele, dizendo ser a voz de Deus. Esta exigiu que Gaiman não revelasse nada sobre a série. “Não podes debater com Deus, Neil”, disse a voz. “Mas posso! Sou o showrunner!”, rematou Neil. De seguida, foi exibido um vídeo com filmagens sobre os bastidores. Gaiman revelou então que Frances McDormand irá interpretar Deus em Good Omens.

Dando a vez a Shanker, este revelou que estão todos de volta nesta 4.ª temporada de The Expanse e acrescentou que está muito contente por a série ter sido salva pela Amazon Prime depois do cancelamento do Syfy. O showrunner da série demonstrou o seu alívio por já estarem numa nova etapa dos livros onde não estão presos ao sistema solar, assim como por já não terem restrições linguísticas, de nudez e não estarem restritos a episódios de 43 minutos.

Foi exibido um trailer da 2.ª temporada de Lore. Hurd revelou que as histórias são reais e que aconteceram mesmo. “Estas histórias são ainda mais íntimas, portanto vocês estão a viver estas histórias assombradas, estas histórias de assassinatos”, disse Hurd. A produtora de Lore acrescentou que o elenco é internacional, revelando que Alicia Witt se juntou ao projeto. Hurd deu ainda relevância à influência que Shape of Water de Guillermo del Toro teve nesta 2.ª temporada. “Significa que podemos ser ainda mais corajosos na forma como contamos estas histórias. Podemos correr riscos.”, terminou Hurd.

Por fim, Carlton Cuse, showrunner de Jack Ryan, descreveu a 1.ª temporada como uma prequela da história do livro, pois mostra a primeira operação de Ryan e como este passou de analista a operacional. Foi também anunciado que Noomi Rapace vai integrar o elenco principal na 2.ª temporada, que já está em fase de produção na Bolívia. Esta 1.ª temporada, que estreia no final de agosto, será um thriller político passado na América do Sul, revelou Cuse. No final, foi exibido o piloto da série.

castle SDCC

Castle Rock (Hulu)

O painel da nova série da Hulu, baseada numa obra de Stephen King, Castle Rock, também esteve presente na San Diego Comic Con. Em conjunto com a exibição exclusiva do episódio piloto, os atores Sissy Spacek, Jane Levy, Melany Lynskey e Bill Skarsgard, bem como os criadores Sam Shaw e Dustin Thomason, estiveram presentes no painel a responder a algumas questões sobre esta adaptação televisiva. Shaw e Thomason partilharam com os presentes o quão complexo foi adaptar uma história de Stephen King de modo a conseguir surpreender o público. Os atores falaram um pouco dos seus personagens e disseram quais os seus livros favoritos de King (Pet Sematary para Melany, Carrie para Sissy e Misery para Bill). Levy partilhou ainda a sua opinião sobre o género de terror, afirmando que “é um género que celebra a força das mulheres. Elas conseguem chegar-se à frente e ser os “heróis de ação frente a frente com o terror.” A série estreia na plataforma de streaming Hulu no dia 25 de julho. [Painel completo]

Cloak SDCC

Cloak & Dagger (Freeform)

Moderado por Jeph Loeb, o painel da nova série deste verão apresentou os atores Olivia Holt, Aubrey Joseph, Emma Lahana, Ally Maki e o produtor e showrunner Joe Pokaski. O painel começou com um vídeo a destacar os melhor momentos dos primeiros oito episódios da série. Joe falou sobre como a música é importante nas séries de jovens adultos e que pensa na banda sonora logo que escreve o guião. Emma falou na sua personagem O’Reilly e que lê bastante banda desenhada para se preparar para a interpretar. Ally descreveu o seu primeiro dia de trabalho na série, onde teve que se enfiar num pântano. Apesar disso, diz que este papel é um sonho tornado realidade, ao interpretar uma personagem ásio-americana da banda desenhada. Loeb falou sobre o quão importante é a química entre os atores e que, neste caso, os dois protagonistas só foram selecionados três dias antes do início das gravações. Mesmo no final do painel, Joe recebe uma sms com a notícia de que a série foi renovada para uma 2.ª temporada, que já está em fase de produção e que vai estrear mais cedo do que pensamos.

passage SDCC

The Passage (Fox)

O painel começou com a exibição do episódio piloto, o que deixou pouco espaço para conversar com os atores Mark-Paul Gosselaar, Saniyaa Sidney, Henry Ian Cusick e Jamie McShane, juntamente-se com a produtora Liz Heldens, o realizador Jason Ensler e Justin Cronin, autor da trilogia de livros que serve de inspiração a esta nova aposta. Cronin começou por confessar que é estranho ver o livro dele ganhar vida no ecrã, mas é um estranho fantástico. Foi ainda revelada a data de estreia, que será em fevereiro de 2019.

preacher sdcc

Preacher (AMC)

Estiveram presentes elementos do elenco, Dominic Cooper, Ruth Negga e Joseph Gilgun, juntamente com o produtor e showrunner Sam Catlin e os produtores Seth Rogen e Evan Goldberg. O painel começou com um trailer da 3.ª temporada, que já emitiu quatro episódios. Catlin começou por dizer que sempre souberam que iriam explorar Angelville, ao que Cooper acrescentou que teve de estabelecer a história de Angelville logo na 1.ª temporada. Catlin acrescentou que o papel de Gran’ma pertencer a Betty Buckley foi bem escolhido e que só uma atriz com o talento dela conseguiria interpretar uma personagem tão complexa. Ruth falou sobre a sua personagem Tuli, que vai tornar-se bastante criativa em futuras cenas de luta. Cooper confessa que o triângulo amoroso tem tudo para correr mal e que dificilmente será resolvido nesta temporada. Por fim, também foi divulgado que irá aparecer um novo vampiro.