Chegámos ao 4.º e penúltimo dia da convenção, que decorre até dia 23, em San Diego. Este é também o dia mais preenchido, com mais de 20 painéis a apresentar novidades! Para além das novidades que vamos anunciando no facebook e instagram, todos os dias faremos um resumo dos painéis das séries presentes no evento. O resumo de hoje conta com séries como: Once Upon a Time, Westworld, Stranger Things e Star Trek: Discovery!

Tem atenção que a diferença horária entre Portugal e San Diego é grande (8 horas), mas vamos atualizando o artigo, sempre que possível.

Eis então o resumo de cada painel das séries que estiveram presentes durante o dia 22.

OUAT SDCC

Once Upon a Time (ABC)

Moderado por Yvette Nicole Brown e com grandes alterações no elenco, o painel da série apresentou-se mais pobre do que noutros anos no que toca aos atores conhecidos pelos fãs, contando apenas com Colin O’Donoghue, Lana Parrilla e Robert Carlyle, juntamente com os criadores Edward Kitsis e Adam Horowitz. Posteriormente apresentaram os novos elementos do elenco, Dania Ramirez (Cinderella), Andrew J. West (Henry adulto) e Gabrielle Anwar (Lady Tremaine). Durante o painel foi apresentado o trailer do episódio de estreia da nova temporada.

Kitsis começou por acalmar os fãs, referindo que se têm receio que os últimos 6 anos sejam esquecidos, isso não vai acontecer. Prestaram homenagem ao elenco que saiu da série e referiram que a nova temporada vai ter diferentes histórias e várias versões da mesma personagem. Neste momento, estão a filmar o segundo episódio, por isso não se conhecem grandes detalhes da temporada, mas ficámos a saber que Henry está numa aventura épica e vai apaixonar-se por Cinderella, uma paixão como a dos avós. Contudo, ele tem um problema e vai pedir ajuda a Regina, Rumple e Hook. Adam acrescentou que nesta temporada haverá uma história LGBTQ envolvendo uma das personagens principais.

Lana confessou que demorou 3 horas a trocar de Regina para Evil Queen, mas que foi uma experiência fantástica trabalhar nas duas personagens ao mesmo tempo. Colin adoraria saber mais sobre a mãe de Hook e explorar essa relação. Dania, uma fã da série, confessou que está a viver um conto de fadas. Por fim, no novo elenco também estão Mekia Cox, que vai ser Tiana; Adelaide Kane, no papel de Drizella e Rose Reynolds, que interpretará uma nova versão de Alice (e, já agora, parece que ninguém viu o spin-off).

Riverdale SDCC

Riverdale (The CW)

KJ Apa, Lili Reinhart, Camila Mendes, Cole Sprouse, Madelaine Petsch, Ashleigh Murray, Casey Cott, Haley Law, Asha Bromfield e os produtores Roberto Aguirre-Sacasa, Sarah Schechter e Jon Goldwater compuseram este painel, que começou com um sneek peak da 2.ª temporada, que terá 22 episódios. Foi anunciada também a presença de Vanessa Morgan no elenco, no papel de Toni Topaz, uma personagem bissexual da banda desenhada que vai guiar Jughead no mundo de The Serpents. Ficámos a saber que o cliffhanger envolvendo Fred vai ser resolvido no primeiro episódio e Archie vai mostrar um lado mais negro nesta temporada, depois dessa cena. Apesar disso, Betty vai apoiar-se bastante em Archie e na amizade verdadeira que os une.

Jughead vai ser forçado a escolher entre Riverdale e The Serpents e essa decisão vai ter consequências enormes. Para além disso, vai estar fisicamente separado do grupo, o que vai causar problemas na relação com Betty. Os produtores confessaram que querem introduzir a mãe e a irmã de Jughead na 2.ª metade da temporada, mas que ainda não fizeram o casting.

Camila contou que vai aparecer um ex de Veronica, de Nova Iorque; Madelaine disse que Cheryl vai ser ainda mais cruel e fria (como se fosse possível) e vamos ver mais Kevin, mais Josie e mais Pussycats. Por fim, KJ Apa foi nomeado o ator que prega mais partidas no set e também o mais comilão.

The Originals SDCC

The Originals (The CW)

O último painel de The Originals na Comic-Con contou com Joseph Morgan, Daniel Gillies, Phoebe Tonkin, Charles Michael Davis, Yusuf Gatewood, Riley Voelkel e a criadora e produtora da série, Julie Plec. Uma vez que a 5.ª e última temporada da série terá início com um salto temporal até à adolescência de Hope, os atores falaram um pouco sobre o contexto em que imaginam as suas personagens após dez anos de separação.

Nesta conversa teve destaque o 3.º episódio da temporada, que será realizado por Joseph Morgan, e desenrolar-se-á quase totalmente em torno de Elijah. Os fãs do Universo criado por Plec poderão ainda esperar a presença de Caroline (Candice King) e, quem sabe, de Alaric (Matthew Davis), num ou mais episódios da série. Já Morgan gostaria de saber mais sobre o futuro de Stefan (Paul Wesley), após o final de The Vampire Diaries.

Em tom de despedida, o elenco falou um pouco sobre as suas memórias preferidas desta jornada: Morgan (com a lágrima no canto do olho) revelou que a sua temporada preferida foi a primeira e que detesta despedidas e Yusef acredita que trabalhar ao lado de Daniel Gilles melhorou em muito o seu próprio trabalho; Riley recordou a forma carinhosa como foi recebida pelos colegas. Para Julie Plec, a personagem Klaus Mikaelson é uma das criações de que mais se orgulha e espera conseguir dar a todos os personagens um final que lhes permita encontrar, acima de tudo, paz. Vê aqui o vídeo promocional da 5.ª temporada.

Salvation SDCC

Salvation (CBS)

A nova série de ficção científica da CBS começou há poucas semanas e está presente pela primeira vez na San Diego Comic-Con. No painel estiveram presentes Santiago Cabrera, Charlie Rowe e Ian Anthony Dale, com os produtores Liz Kruger e Craig Shapiro. Sem entrarem em grandes detalhes, para não dar spoilers aos fãs, focaram-se no próximo episódio, com a promessa de muito sangue, ação e romance. E ainda vamos descobrir uma coisa sobre Darius que não esperávamos.

Ian comentou que conhece Jennifer Finnigan há 15 anos e que por isso não foi difícil demonstrar química nas cenas com ela. Também referiu que todas as personagens são algo misteriosas, o que as torna mais intrigantes para os seguidores da série. Por fim, Santiago confessou que usa muito o Google para descortinar o significado de alguns termos técnicos que usa nas falas da sua personagem. Vê o trailer dos próximos episódios.

Krypton SDCC

Krypton (SyFy)

O painel de Krypton não foi dos maiores, contando apenas com o protagonista, Cameron Cuffe, os produtores Damian Kindler e Cameron Welsh e ainda Geoff Johns, da DC Comics, mas foi certamente um painel cheio de revelações.

Johns, que considera esta prequela o projeto mais épico da DC, revelou que Krypton segue uma conspiração do presente que visa alterar o passado, impedindo o avô do Super-Homem de nascer, alterando assim toda a realidade conhecida. Neste sentido, acompanha um planeta que vive uma época difícil, com a falta de esperança que caracteriza a transformação de uma utopia numa distopia.

Este painel veio cheio de boas surpresas para os fãs, nomeadamente com a confirmação de Adam Strange, Brainiac, Doomsday e Hawkwoman na série, tal como outros elementos importantes da saga, como a House of El e a House of Zod, a Fortress of Solitude e a história do icónico S. Também os deuses Nightwing e Flamebird serão representados na série. Para já, vê aqui o teaser da série.

Lucifer SDCC

Lucifer (FOX)

Tom Ellis, Rachael Harris, Kevin Alejandro, Aimee Garcia, Tricia Helfer e os produtores Joe Henderson e Ildy Modrovich fizeram parte do painel da série, que começou com um teaser da 3.ª temporada e com Tom Ellis numa entrada triunfal a cantar ‘Crime Solving Devil’.

Tudo indica que Tricia vai continuar na série, mesmo já não sendo a mãe de Lucifer. A atriz comentou um pouco o estado de renascimento da sua personagem humana, Charlotte, e revelou que vamos vê-la a tentar perceber o que lhe aconteceu. Rachel falou sobre a terapeuta Linda, uma personagem que será mais explorada na próxima temporada e Aimee revelou orgulhar-se da sua personagem Ella, que representa as mulheres ligadas à ciência. Também ficámos a saber que a habilidade de Lucifer para iluminar a espada vem da luz dentro dele e que Tom Ellis vai cantar ‘Luck Be A Lady’ num futuro episódio, em Vegas.

Num momento surpresa, Tom Welling (Smalville) foi apresentado como o novo membro do elenco, no papel de Marcus Pierce, o comandante do departamento da polícia, que pode ou não encantar-se por Chloe Decker. Durante o painel, ocorreram mais momentos musicais protagonizados por Tom Ellis, apesar de ser revelado que ele não toca piano. O elenco homenageou os argumentistas da série e ainda comentaram que Lauren German gosta de pregar partidas no set. Vê o sneek peak da nova temporada.

Star Trek SDCC

Star Trek: Discovery (CBS)

Este painel, repleto de novidades, abriu com um novo trailer e teve presentes Sonequa Martin-Green, Jason Isaacs, James Frain, Doug Jones, Rainn Wilson (também o moderador do painel), Shazad Latif, Mary Wiseman e os showrunners Alex Kurtzan e Akiva Goldsman. Kurtzan começou por referir que a série é um pouco maior que a original, em termos de escala, mas que se mantém consistente em relação à sua origem. O elenco trabalhou arduamente para assegurar que o klingon seja perfeito mas, para quem não percebe a língua, vai haver legendas. Foi divulgado que Anthony Rapp (que se juntou ao painel), vai interpretar o Tenente Paul Stamets, a primeira personagem abertamente homossexual na história do Star Trek, e que Wilson Cruz vai ser Dr. Culber, um cientista e o seu interesse amoroso.

Sonequa referiu que a sua personagem foi criada em Vulcan, com a sua mãe humana, Amanda, e o pai adotivo, Sarek (James Frain), e revelou que a sua relação com o capitão Georgiou é próxima. Todo o elenco e produtores presentes elogiaram Sonequa, comentando como é perfeita no papel de Michael Burnham, para além de ser uma pessoa muito querida por todos.

Jason referiu que Lorca é diferente dos anteriores comandantes, porque este é mais louco. Doug falou sobre a sua personagem, um Kelpien que possui pés de cavalo, o que faz com que o ator tenha de andar de forma estranha, nas gravações, de modo a parecer um ser alienígena. Para terminar, Kurtzan falou sobre o compositor Jeff Russo, que compôs uma banda sonora exclusiva para a série, e que o formato streaming permitiu aos argumentistas criarem reviravoltas interessantes e engraçadas.

Wynonna Earp SDCC

Wynonna Earp (SyFy)

Estiveram presentes no painel Melanie Scrofano, Shamier Anderson, Tim Rozon e Dominique Provost-Chalkley, Tamara Duarte, Katherine Barrell e Varun Saranga, juntamente com os produtores. Sem grandes novidades sobre a temporada, que já está a decorrer, neste curto painel conversou-se um pouco sobre a história da série, baseada na banda desenhada, e sobre as personagens, tão bem elaboradas. Falaram ainda num dos principais twists desta temporada, a gravidez da protagonista, que foi também incorporada na história. O grande momento do painel foi sem dúvida a confirmação da sua renovação para uma 3.ª temporada.

Happy! SDCC

Happy! (SyFy)

Num painel bastante animado, constituído por Chris Meloni, Grant Morrison, Brian Taylor e Patrick MacManus, foi discutida esta nova série do Syfy, que acompanha um ex-polícia que, depois de um acidente, começa a ver um cavalo imaginário. Começaram por apresentar o primeiro teaser da série e referir que o grande tema é a guerra entre o otimismo e o pessimismo, com o polícia mais cínico à face da Terra e o seu parceiro, imaginário, super positivo e alegre. Chris confessou que adora trabalhar com uma personagem imaginária, porque nunca chega atrasada ao set. Ficámos também a saber que o vilão principal é um Pai Natal perverso e louco. O elenco agradeceu o apoio que têm tido do canal e contaram que os argumentistas aceitam literalmente qualquer ideia, por mais estúpida que pareça.

Gotham SDCC

Gotham (FOX)

O painel de Gotham teve uma mesa recheada, com Ben McKenzie, Robin Lord Taylor, Cory Michael Smith, Erin Richards, Jessica Lucas, Camren Bicondova e Drew Powell. Além disso, começou com a apresentação de um trailer, que anunciou a presença de Scarecrow (que será interpretado pelo mesmo ator da 1.ª temporada), o regresso de Barbara, a possível fuga de Riddler e muitas cenas de ação.

Numa conversa bem disposta, os atores falaram um pouco sobre as suas relações no set e sobre a dinâmica entre todos. Foi ainda recordada a estreia de Ben McKenzie como realizador e apresentada outra faceta do artista, desta feita responsável por escrever o 4.º episódio da 4.ª temporada. Quarta temporada essa que terá a família como tema central e apresentará uma forte evolução de Bruce, que inclui armadura e máscara, mas não ainda o alter-ego Batman. Já Barbara, ressuscitada e treinada por Ra’s Al Ghul, será uma presença ainda mais poderosa. Sabe-se ainda que Ra’s Al Ghul tentará sempre atrair Bruce para o lado negro e, lá para o final da temporada, Bruce e Jim estarão mais próximos. Está ainda garantido o regresso de Lee, mas com uma disposição diferente e sob influência de novas companhias: Riddler e Grundy.

Stranger Things SDCC

Stranger Things (Netflix)

A representar a série de sucesso da Netflix, Stranger Things, estiveram presentes Millie Bobby Brown, Gaten Matarazzo, Caleb McLaughlin, Noah Schnapp, Finn Wolfhard, David Harbour, Natalia Dyer, Charlie Heaton e Joe Keery, além dos criadores da série, os irmãos Duffer. Logo no começo foram apresentadas novas caras, nomeadamente Sean Astin, que será Bob, um novo interesse romântico de Joyce; Paul Reiser, que será o Dr. Owens, líder do laboratório em que Eleven foi criada; e Dacre Montgomery e Sadie Sink, dois misteriosos irmãos. Após isso, os irmãos Ruffer revelaram que queriam fazer uma série televisiva, pois cada vez mais a linguagem aproxima-se do cinema, confessando que eram grandes nerds de cinema e que a partir de séries como True Detective ficaram com um enorme interesse nesta área. Aproveitaram ainda a ocasião para revelar que o logótipo da série foi a primeira coisa decidida, mesmo antes da série ser criada.

Ao longo do painel aproveitaram para falar um pouco sobre o que os fãs podem esperar da 2.ª temporada, prometendo que, quem sentiu falta de momentos especiais de Will, pode descansar, já que eles vão regressar em força; além disso, será um personagem mais corajoso, com a capacidade de entender como o mundo invertido ainda o afeta. Por outro lado, Eleven terá menos cenas do que na 1.ª temporada, sendo o seu trabalho ainda mais complicado daqui para a frente. A atriz aproveitou para revelar que era extremamente complicado ter uma personagem que mal falava, especialmente num elenco rodeado de ‘miúdos’. Millie disse ainda que a parte mais complicada é chorar já que, sendo uma pessoa muito feliz na vida real, tem de se concentrar para o conseguir fazer, controlando as suas expressões faciais e corporais.  A terminar o painel surge o ponto alto: Shannon Purser, no meio dos fãs, questiona os produtores quando à sua personagem Barb, se a mesma voltaria para a série, obtendo a sua resposta: não. Contudo, foi garantido que a mesma não será esquecida e que, nesta nova temporada, todos vão lidar com a sua morta e fazer justiça por ela. Vê o trailer que passou no painel.

Supergirl SDCC

Supergirl (The CW)

No painel de Supergirl estiveram presentes Melissa Benoist, Mehcad Brooks, Jeremy Jordan, David Harewood, Chris Wood, Katie McGrath e Odette Annable, numa conversa que se focou desde logo no que a próxima temporada da série trará, para o elenco e para os fãs, já que deverá explorar a questão o que é ser humano. Foi ainda apresentado um novo trailer.

Após um final de temporada que viu a protagonista de coração partido, os fãs podem descansar porque nem tudo é mau: sabe-se que James terá um novo interesse amoroso, que Wynn e Lyra ainda estão juntos e que, eventualmente, Mon El conseguirá regressar à Terra. Já Alex terá alguma dificuldade em conciliar a sua vida profissional com a pessoal mas que, apesar de Maggie deixar de ser uma presença habitual na série, a relação entre as duas continua a ser muito acarinhada pelos produtores. Também a relação entre Kara e Lena sofrerá um pouco nesta temporada; para Katie McGrath será uma desilusão para Lena descobrir que a sua melhor amiga lhe mentira. A atriz aproveitou ainda este momento para agradecer aos fãs que, garante, são os responsáveis pela sua promoção a presença regular na série.

Já Odette Annable, que dará vida à nova adversária de Kara, revelou que a sua personagem, Reign, tem objetivos pessoais muito específicos. Para além de Reign, a temporada terá mais dois grandes vilões: Psimon e Morgan Edge. No entanto, Guardian também terá um papel de maior relevo na equipa Supergirl. É ainda possível que alguns dos fatos sofram algumas alterações, mas nada está garantido. Finalmente, foram ainda revelados quatro novos nomes para o elenco da próxima temporada: Adrian Pasdar, Carl Lumbly, Yael Grobglas e Emma Tremblay. Vê a parte 1 e parte 2 do painel.

The Magicians SDCC

The Magicians (SyFy)

A representar a série de magia do Syfy estiveram Jason Ralph, Stella Maeve, Olivia Taylor Dudley, Hale Appleman, Arjun Gupta, Summer Bishil, Sera Gamble e John McNamara. O painel começou com os atores a falar sobre cada um dos seus personagens e dos seus processos de crescimento ao longo das temporadas, assim como tudo o que aprenderam com os desafios que lhes foram colocados. Sobre o final da 2.ª temporada, Jason Ralph disse que Quentin aprendeu e cresceu muito, mas que está de coração partido; contudo, seguirá em frente. Já Olivia revelou que Alice está muito irritada e cheia de segredos oprimidos.

Os produtores, Gamble e McNamara, aproveitaram para demonstrar o quão felizes estão com o Syfy por lhes permitir fazer uma série assim, com uma mistura de tantos géneros. Quando questionados sobre o que se pode esperar para a 3.ª temporada, responderam que, além de amizade, amor e emoção, vamos ter mais música e mar, muito mar.  O resto do painel foi dedicado a perguntas dos fãs, destacando-se esta questão: se tivessem de sacrificar alguém para salvar a magia, quem seria? Jason Ralph e Arjun Gupta sacrificariam-se-iam um ao outro, enquanto Hale Appleman sacrificaria Penny e Quentin.

Midnight Texas SDCC

Midnight, Texas (NBC)

A representar a série, cujo episódio piloto foi revelado em exclusivo no ano passado na nossa Comic Con, estiveram Parisa Fitz-Henley, Yul Vazquez, Sarah Ramos, Francois Arnaud, Peter Mensah, Arielle Kebbel, Dylan Bruce e Jason Lewis, e ainda os produtores executivos Monica Owusu-Breen e David Janollari. Foi dos painéis mais curtos do dia, onde se falou basicamente do que irá retratar a série. Foi exibido ainda o piloto da série, não suscitando muito entusiasmo, tal como aconteceu quando vimos o piloto o ano passado. Como sobrou pouco tempo para o resto, apenas se descobriram algumas curiosidades, como o treino intenso que Arielle Kebbel teve de fazer para interpretar o seu papel.

Legends SDCC

Legends of Tomorrow (The CW)

O painel de Legends of Tomorrow foi composto por Victor Garber, Brandon Routh, Dominic Purcell, Caity Lotz, Franz Drameh, Nick Zano e Maisie Richardson-Sellers – um elenco cheio de diversidade mas que, garantem, funciona muito bem. Foi exibido um trailer para a 3.ª temporada da série que inclui, entre outras coisas, um circo, mais um segredo de Rip Hunter e, claro, muita luta. Para esta temporada, aliás, a missão deste grupo de lendas é reparar os danos causados ao tempo, episódio a episódio. Para já, os fãs podem contar com o regresso de Damien Darhk, do Captain Cold e até de Gideon (em versão humana) para alguns episódios. Foi também anunciada a presença de Kuasa, uma nova vilã, originária da série animada Vixen, e antecipada a possibilidade de nem todos os adversários das lendas serem meramente humanos.

Falando um pouco das suas personagens, Caity revelou gostar muito de ser líder da equipa por poder mandar em todos; já Dominic aprecia o facto de Mick sentir-se, finalmente, parte de uma família; e Brandon Routh acredita que os falhanços amorosos de Ray são sempre educativos. Já o duo Firestorm terá uma dinâmica diferente, com uma nova humildade por parte de Martin. A bissexualidade de Sara e a infância de Ray (num episódio sobre os anos ’80) serão temas a explorar e ficou em aberto a possibilidade de um reencontro entre Sara e a Black Siren.

O grupo apresentou ainda a atriz Tala Ashe, que interpretará Zarri, uma hacker de 2030 que, eventualmente, juntar-se-á à equipa. Trata-se de uma personagem algo pessimista, em contraste com o habitual otimismo de Ray.

Orville SDCC

The Orville (FOX)

Num painel estreante, estiveram presentes o criador e protagonista Seth MacFarlane, Adrianne Palicki, Scott Grimes, Penny Johnson Jerald, Peter Macon, Halston Sage, J. Lee, Mark Jackson e Chad Coleman, juntamente com os produtores David A. Goodman e Brannon Braga. Começaram por afirmar que esta nova série traz drama, comédia e ficção científica, tudo no mesmo pacote. Adicionalmente foi referido que a série é diferente daquilo a que as pessoas estão habituadas, mas um diferente bom. Seth revelou que vão aparecer convidados especiais surpresa no decorrer da temporada e que a maioria das imagens da nave espacial que vemos são modelos. Adrianne confessou que os dois protagonistas têm uma dinâmica tumultuosa.

Apesar de ser uma série de comédia, a equipa leva tudo muito a sério, inclusive a banda sonora, que conta com vários compositores e uma orquestra de 75 elementos, que visita o set todas as semanas. No final, passou um novo trailer.

Westworld SDCC

Westworld (HBO)

Moderado por Reggie Watts, o painel da série foi constituído pelos criadores Lisa Joy e Jonathan Nolan e o elenco, Ben Barnes, Ingrid Bolsø Berdal, Ed Harris, Luke Hemsworth, James Marsden, Thandie Newto, Simon Quarterman, Rodrigo Santoro, Angela Sarafyan, Jimmi Simpson, Tessa Thompson, Evan Rachel Wood, Shannon Woodward e Jeffrey Wright. O moderador começou por elogiar a série, por não enrolar e não esperar que as pessoas a entendam.

Das poucas novidades referidas durante o painel, há que salientar o teaser que foi apresentado e a revelação de que a dupla de criadores é casada e viciada em videojogos, sendo através deles que se inspira em ideias para as cenas de ação mais elaboradas.

Evan confessou que a sua personagem, Dolores, foi um verdadeiro presente, achando que Dolores e Teddy representam esperança e pureza. James adora o facto de, muitas vezes, serem os hosts quem melhor demonstra o que é humanidade. Evan acrescentou ainda que percebeu que a série era famosa quando estava no supermercado e alguém gritou “Freeze all motor functions!”. Newton referiu que é uma feminista ferrenha e que adora como o tema é abordado na série. Disse também que tem total confiança nos argumentistas e nos planos que têm para a sua personagem, Maeve.

Black Lightning SDCC

Black Lightning (The CW)

A representar a nova série de super-heróis, Black Lightning, estiveram Cress Williams, Nafessa Williams, China Anne McClain e Christine Adams, com os produtores Salim Akil e Mara Brock Akil. O painel começou com o trailer desta nova série, deixando os presentes animados para o que aí vem. Após isso, o produtor Akil prometeu que este projeto é algo diferente do que se espera, dizendo que será a representação máxima de um super herói-negro, os Obamas do mundo dos heróis, querendo salvar pessoas que ninguém querer salvar.

Perante isto, o protagonista Cress Williams disse que o seu personagem sabe exatamente com o que irá lidar, pois já fez isso antes; a diferença é que agora não está sozinho, conseguindo assim salvar uma pessoa de cada vez, cumprindo o seu objetivo. Christine Adams aproveitou a deixa para dizer que, apesar de ser uma família negra no centro da ação, a série irá transcender esse universo e abordará temas com os quais qualquer pessoa ou raça se identifica. Após várias perguntas e respostas sobre como irão lidar com tudo o que envolve a raça negra numa série de super-heróis, foi exibido o episódio piloto da série, para surpresa dos presentes, terminando assim o painel.

The Expanse SDCC

The Expanse (SyFy)

Naren Shankar, Mark Fergus, Shohreh Aghdashloo, Frankie Adams, Dominique Tipper, Steven Strait, Cas Anvar e Wes Chatham representaram o painel desta série do Syfy, cujo começo incidiu numa discussão sobre o amor e a guerra. Foi ainda anunciado um novo elemento de peso para a 3.ª temporada, a atriz Elizabeth Mitchell (Lost), mas não foram revelados quaisquer detalhes sobre a sua personagem, excepto que esta trará uma perspectiva espiritual à série.

Não tardaram a chegar questões e confissões. Frankie Adams disse que, relativamente à traição que sofreu, escolheu olhar para o lado positivo e não negativo das coisas. O ator partilhou ainda uma curiosidade: o fato que usa pesa cerca de 27kg. Entre outras perguntas,  um  fã pediu a todos que escolhessem um membro da tripulação para expulsar da nave, ao que todos responderam: Naomi. Para terminar o painel, o produtor executivo Mark Fergus revelou que a guerra, que tem vindo a ser anunciada nos últimos tempos, vai finalmente chegar. Fica com o trailer.

The Flash SDCC

The Flash (The CW)

Grant Gustin, Jesse L. Martin, Tom Cavanagh, Candice Patton, Danielle Panabaker, Carlos Valdes e Keiynan Lonsdale representaram a série, cujo painel começou com a apresentação de um trailer da nova temporada. Depois, a conversa dirigiu-se para o que aí vem. Danielle Panabaker falou sobre a mudança da sua personagem, dizendo que é divertido ser má, trazendo liberdade e diversão, e confessou que adorou este seu novo lado.  Grant aproveitou para comentar sobre o episódio produzido por Tom Cavanagh (Harrison Wells), dizendo que não foi fácil atuar com ele mesmo na maior parte do tempo, ainda por cima em cenas tão emotivas.

Após isso, os comentários foram sobre o episódio musical que ocorreu juntamente com Supergirl, os elementos do elenco confessaram ter adorado a experiência; acima de tudo, divertiram-se imenso. Falaram também sobre o novo vilão da temporada, The Thinker, que traz novidades já que, pela primeira vez em quatro anos, o antagonista de Barry não será um velocista; deverá ser bom ver o homem mais rápido do mundo a lidar com o mais inteligente.

Ao longo do painel foram adiantadas mais algumas informações sobre a nova temporada, que será mais tranquila do que a anterior, remetendo um pouco para o clima da primeira. Os atores aproveitaram ainda para confessar quais os seus episódios favoritos: Candice Patton escolheu Flashpoint, pois tiveram a oportunidade de explorar outros lados dos personagens, tal como Keiynan, por ser a primeira vez que usou o seu fato. Já os produtores apontaram o episódio musical como o seu favorito, quer pelos desafios, quer pelos momentos extremamente divertidos, confirmando que vão existir mais crossovers nesta nova temporada. O painel terminou com uma pergunta sem resposta, quando um dos fãs questionou como é que Savitar existe se nunca matou Iris? O silêncio pairou no ar.

Ghost Wars SDCC

Ghost Wars (SyFy)

Apelidada de maluca e assustadora pelo elenco presente, a nova série paranormal teve o seu primeiro painel na Comic-Con composto por Vincent D’Onofrio, Kim Coates, Avan Jogia, Kandyse McClure e Meat Loaf Aday, juntamente com o criador e showrunner Simon Barry, o argumentista e produtor Dennis Heaton e o produtor Chad Oakes. Num painel que decorreu sem grandes revelações sobre a série, há que destacar a caracterização que Meat Loaf fez sobre a sua personagem, Doug, simplesmente um homem muito zangado. Foi apresentada uma primeira visão da série, num trailer exclusivo, que parece ter efeitos especiais muito bons.

Arrow SDCC

Arrow (The CW)

A representar a série estiveram Stephen Amell, David Ramsey, Willa Holland, Emily Bett Rickards, Paul Blackthorne, Katie Cassidy, Echo Kellum, Juliana Harkavy e Rick Gonzalez, num painel que contou com a exibição de um resumo da última temporada, introduzindo as novas aventuras. Amell inaugurou o painel e disse que, mais uma vez, vão manter-se próximos à origem, sendo que a história da 6.ª temporada será obscura e intrigante, de uma maneira nunca antes vista. Também garantiu que vamos conhecer um novo Oliver Queen, muito mais interessante, e falou um pouco de como será lidar com o filho.

Num momento de comemoração, foi anunciado o regresso de Katie Cassidy ao elenco da série, onde a mesma diz que sente como se nunca tivesse saído, apesar de ser diferente agora. A atriz está ansiosa para o que aí vem, garantindo apenas que vai gerar muita confusão. Ao longo do painel surgiram mais algumas novidades, destacando-se que o elenco já teve acesso aos três primeiros episódios da nova temporada e que estão sensacionais. Foi ainda dito que nesta 6.ª temporada vai sentir-se muito o peso da família. Por outro lado, vamos ver muitos vilões que prometem atribular as coisas, sendo um deles Michael Emerson, que promete dar que falar. Graças às perguntas dos fãs, soube-se que o Vigilante vai regressar e que a nova temporada também terá flashbacks de diversas personagens, com novas histórias para contar. Foi ainda levantada a questão sobre um possível crossover com Supernatural, uma sugestão improvável, mas nunca se sabe.

Para terminar, um dos momentos mais emotivos do painel: uma menina vestida de Arrow contou que estava a lutar contra um cancro e queria saber se Amell lhe poderia dar uma das suas camisolas contra a doença dela (para quem não sabe, a mãe do ator lutou durante anos contra a doença e o mesmo criou uma iniciativa para ajudar as pessoas que passam por este diagnóstico e que não têm apoio financeiro). Emocionado, Amell dirigiu-se até à menina, abraçou-a e deu-lhe um colar com uma flecha, pedindo que ela voltasse para o próximo ano para lhe dar notícias. A emoção foi forte e acabaram por se verter lágrimas por todo o painel. Confere o trailer.

Future Man SDCC

Future Man (Hulu)

O realizador e produtor Seth Rogen, os criadores Kyle Hunter e Ariel Shaffir, o showrunner Ben Karlin e, do elenco, Josh Hutcherson, Eliza Coupe e Derek Wilson estiveram presentes na apresentação da nova série da Hulu. O painel começou com a visualização de um vídeo, que garante que a série vai ser um sucesso por usarem armas de laser verdadeiras. De destacar que a ideia inicial seria para um filme, contudo, tinham tanto material bom que queriam usar que acabaram por preferir criar uma série, que é uma mistura de ficção científica e comédia. Josh falou um pouco sobre a sua personagem, que tem de enfrentar os seus medos e tornar-se num herói, viajando através do tempo.

Broad City SDCC

Broad City (Comedy Central)

As criadoras, argumentistas e protagonistas Abbi Jacobson e Ilana Glazer formaram o painel, que passou um episódio completo da série, restando pouco tempo para conversar. De destacar que, no episódio, sempre que era dita a palavra Donald Trump, ouvia-se um ‘piii’, como se de um palavrão se tratasse. Também ficámos a saber que o primeiro episódio é um flashback, que mostra a origem da amizade das duas protagonistas. No final, foram listados os atores convidados nesta temporada, nomeadamente: Jane Curtin, Greta Lee, RuPaul Charles, Fran Drescher, Susie Essman, Wanda Sykes, Steve Buscemi e Shania Twain.