O evento mais esperado do ano já vai no 3.º dia! A Comic Con International: San Diego decorre entre os dias 19 e 23 de julho e são esperados muitos painéis de séries. Para além das novidades que vamos anunciando no facebook e instagram, todos os dias faremos um resumo dos painéis das séries presentes no evento. Hoje temos séries de peso como: The Walking Dead, The 100, Game Of Thrones e The Defenders!

Tem atenção, que a diferença horária entre Portugal e San Diego é grande (8 horas), mas vamos atualizando o artigo, assim que seja possível.

Eis então o resumo de cada painel das séries que estiveram presentes durante o dia 21:

TBBT SDCC

Big Bang Theory (CBS)

Johnny Galecki, Kaley Cuoco, Kunal Nayyar e Kevin Sussman, juntamente com os produtores, formaram o painel da já veterana na Comic-Con. Começaram por referir o grande final da última temporada, onde confessaram que todos choraram quando viram a proposta de casamento.

Kaley Cuoco contou uma história engraçada sobre ter tentado pregar uma peça no set, mas a coisa correu mal e acabou por levar com o móvel na cabeça. Também confessou que o seu convidado preferido de sempre foi Stan Lee. Kunal Nayyar disse que quando recebem o guião é como se fosse um presente de Natal, porque nunca sabem o que vai acontecer e também afirmou que já viu muitas vezes Simon (Howard) a vestir as suas calças justíssimas, quando perguntaram se o elenco trocava de roupa junto.

Johnny Galecki afirmou que confia nos argumentistas no que diz respeito ao futuro das personagens e terminou a agradecer aos fãs pelo apoio que têm dado ao longo de todos estes anos. Vê aqui a parte 1, parte 2 e parte 3 do painel.

Psych SDCC

Psych: O Filme

Estiveram presentes Dulé Hill, James Roday, Maggie Lawson, Corbin Bernsen e Kirsten Nelson, com o criador Steve Franks e os produtores Chris Henze e Kelly Kulchak. Durante o painel, foram visualizados 8 minutos do filme. Steve disse que está a trabalhar no filme desde que a série terminou, há três anos atrás. A história do filme começa exatamente três anos depois. Acrescentou também que Psych foi a melhor experiência da sua carreira profissional e foi anunciado que Jimmi Simpson (Westworld) para além de moderar este painel, também entraria no filme.

Depois de tanto tempo, o elenco sentiu-se enferrujado no início das gravações, mas rapidamente se familiarizaram com as suas personagens. Shawn avançou fisicamente, mas não mentalmente, e ainda tem uma paixoneta por Juliet. Ele mudou de residência e continua a trabalhar em casos policiais. Gus está em San Francisco, deixou crescer a barba e Dulé prometeu trazer o Gus a que os fãs estão habituados.

iZombie SDCC

iZombie (The CW)

O painel foi composto por Rose McIver, Malcolm Goodwin, Rahul Kohli, Robert Buckley, David Anders e Aly Michalka, com os produtores Rob Thomas e Diane Ruggiero-Wright. Rob começou por dizer que a descoberta de zombies por parte dos humanos abre novas possibilidades para contar diferentes histórias daqui para a frente e que no primeiro episódio vamos ver uma montagem que mostra como o cérebro funciona. Quando foi posta a hipótese de um episódio musical, vários atores do elenco começaram a cantar durante o painel.

Quanto à nova temporada, Rose afirmou que Liv vai assumir uma nova identidade, mais rebelde, e vai ter um novo interesse amoroso (escolhido a dedo para que o ship seja um determinado nome, não divulgado). Rahul adora interpretar o lado humano de Ravi, mas mantém segredo quanto ao seu futuro na próxima temporada. De qualquer forma, diz que vai continuar a tentar criar uma cura. Robert adora o facto de Major e Liv irem tentando, ao longo da série, que a sua relação amorosa resulte. Contudo, os dois vão chocar, por terem ideias diferentes sobre a nova situação política em Seattle. Vamos poder ver Peyton em ação no tribunal e vão formar-se grupos pró e anti-zombie. Também foi anunciado que Robert Knepper foi promovido a regular.

Por fim, todos concordaram que o episódio de Dungeons and Dragons foi o preferido e mais divertido de sempre, em especial porque Rose não ensaiou a voz que usou como narradora do jogo e todos ouviram pela primeira vez na gravação.

FTWD SDCC

Fear the Walking Dead (AMC)

Kim Dickens, Frank Dillane, Alycia Debnam-Carey, Colman Domingo, Mercedes Mason, Sam Underwood, Daniel Sharman e Michael Greyeyes estiveram presentes, juntamente com os produtores Dave Erickson, Robert Kirkman (criador), Gale Anne Hurd, Dave Alpert e Greg Nicotero num painel que começou com um minuto de silêncio por John Bernecker, o duplo que faleceu esta semana durante as gravações de The Walking Dead.

Num painel com poucas novidades, foi visualizado o trailer da 2.ª parte da temporada, que mostra o problema da falta de água. À pergunta (repetida) de se as duas séries se vão cruzar, em algum momento, Kirkman respondeu que é uma coisa que querem fazer, eventualmente, e que nunca se sabe. Kim afirmou que a maior fraqueza da sua personagem é a compaixão, mas que cada dia é uma luta pela sobreviver e ela faz de tudo para defender as pessoas que ama. Ficámos a saber, também, que Travis não vai aparecer como zombie depois de ter morrido no início da temporada.

TWD SDCC

The Walking Dead (AMC)

Moderado por Chris Hardwick, o painel foi constituído por Andrew Lincoln, Norman Reedus, Jeffrey Dean Morgan, Lauren Cohan, Danai Gurira, Melissa McBride, Chandler Riggs, Lennie James, Alanna Masterson, Seth Gilliam e Khary Payton, com os produtores Scott M. Gimple, Robert Kirkman (criador), Gale Anne Hurd, Dave Alpert e Greg Nicotero. Scott Gimple começou com uma mensagem sentida sobre John Bernecker e foi apresentado o trailer da próxima temporada, que marca o episódio 100 da série.

Sem grandes novidades sobre a próxima temporada (como é costume), Kirkman brincou ao dizer que Judith já é grande o suficiente para fazer a sua primeira morte. Morgan, também em tom de brincadeira, confessou que o que menos gosta em Negan é ter de usar um casaco de cabedal em temperaturas de 40 graus e disse que tem limites no número de palavrões que pode usar. Ficámos a saber que a próxima temporada vai ter um ritmo mais acelerado e que vão ser introduzidas novas personagens. Quanto à possibilidade de algum dia existir uma cura, o criador respondeu com um não redondo.

The 100 SDCC

The 100 (The CW)

Os atores Eliza Taylor, Bob Morley, Marie Avgeropolous, Lindsey Morgan, Christopher Larkin, Richard Harmon, Tasya Teles (que apareceu durante o painel), e o produtor Jason Rothenberg estiveram presentes e foi divulgado um vídeo promocional da 5.ª temporada, que vai sofrer um avanço de 6 anos no tempo e que é como se fosse um recomeçar para todas as personagens. Eliza começou por confessar que está entusiasmada por interpretar alguém mais próximo da idade dela, visto que está há 4 anos com 18 anos. Outra vantagem do avanço na história é o facto do elenco não gostar nada de usar os fatos protetores, por isso até resultou bem, nesse sentido.

De novidades, foi revelado que a nave que aparece no final da última temporada é de um tempo anterior ao primeiro apocalipse, onde os inquilinos são prisioneiros, e que estiveram até agora preservados em criogenia. Octavia vai tentar manter a paz no bunker e Raven, que se sente responsável por todos, vai trabalhar continuamente para trazê-los de volta à Terra. Por fim, ficou a promessa de novas relações amorosas. Vê aqui a parte 1, parte 2 e parte 3 do painel.

GoT SDCC 1

Game of Thrones (HBO)

Pela primeira vez, o painel da série na San Diego Comic-Con aconteceu durante a emissão da temporada. O painel começou com a entrada de Kristian Nairm (Hodor), o moderador surpresa do painel, constituído por Isaac Hempstead-Wright, Gwendoline Christie, Sophie Turner, Alfie Allen (que levou o seu cãozinho), Liam Cunningham, Nathalie Emmanuel, Conleth Hill, Jacob Anderson e John Bradley-West.

Alfie começou por afirmar que interpretar Theon Greyoy depois de tanto tempo como Reek foi, definitivamente, um grande desafio. Gwendoline referiu que para que Tormund ganhe o coração de Brienne tem que haver respeito mútuo e nada de avanços sexuais excessivos. Jacob confessou que a relação de Missandei e Grey Worm já está bem quente e que Daenerys certamente daria a sua bênção ao casal e até celebraria o casamento deles.

Sophie falou um pouco da evolução da sua personagem Sansa, dizendo que ela foi criada entre mestres da manipulação e que silenciosamente foi absorvendo e aprendendo com isso. John afirmou que Sam é um deslocado desde que nasceu e que, agora, está no seu campo de batalha. Por fim, sobre quem é o mais engraçado no set, não restaram dúvidas que é Peter Dinklage. Foi ainda exibido um trailer do que aí vem esta temporada.

 

Twin Peaks

Twin Peaks (Showtime)

Estiveram presentes Kyle MacLachlan, Tim Roth, Dana Ashbrook, Kimmy Robertson, Everett McGill, Matthew Lillard, James Marshall, Don Murray e Naomi Watts, num painel moderado por Damon Lindelof, começando este por expressar como a série mudou a sua vida, dizendo mesmo que não existiria True Detective, The Sopranos, Stranger Things ou Lost se não fosse por Twin Peaks.

Durante o painel, Kyle Maclachlan e Naomi Watts aproveitaram para falar de como foram chamados para a série, enquanto Lillard aproveitou a ocasião e fez menções honrosas sobre como é fantástico trabalhar com David Lynch, ressalvando que, além de um bom realizador, é um ótimo ser humano. Entre perguntas e respostas, Lindelof abriu uma discussão sobre como foi para os atores da série verem a mesma com amigos ou família, ao que Tim Roth disse que ainda não tinha visto a série, pois está a aguardar para ver desde o início com os seus filhos; já Naomi e MacLachlan também admitiram nunca ter visto, esperando para ver como se irá desenrolar.

The Gifted SDCC

The Gifted (FOX)

A representar a nova série de mutantes da FOX estiveram Stephen Moyer, Amy Acker, Sean Teale, Jamie Chung, Coby Bell, Emma Dumont, Blair Redford, Natalie Alyn Lind e Percy Hynes White, além dos produtores executivos Lauren Shuler Donner e Derek Hoffman. O painel começou com a exibição de um novo trailer e dos primeiros minutos do piloto, o que despoletou logo uma série de questões dos fãs para os presentes.

Uma das primeiras questões foi a possibilidade de crossovers, – sendo que Donner afirmou que isso não irá concretizar-se – por exemplo, com Legion (por pertencer a outro canal, possivelmente). Nix acrescentou que através do filme X-Men: Days of Future Past permitiu que a série ganhasse a sua própria linha temporal. Stephen Moyer, em tom de brincadeira, disse que é óbvio que a série tem relação com o universo X-Men, visto que ele é casado com Rogue, a atriz dos filmes, Anna Paquin). Entre mais perguntas e respostas, soube-se que a relação entre os adolescentes e a aprendizagem dos seus poderes é algo que será abordado lentamente no decorrer da série. Para terminar, e relativamente ao tema geral da série, Acker destacou a importância da união familiar em momentos de adversidade.

Preacher SDCC

Preacher (AMC)

Depois de uma 1.ª temporada de sucesso, a segunda continua a marcar cartas e a curiosidade notou-se neste painel representado por Dominic Cooper, Ruth Negga, Joe Gilgun, Graham McTavish, Ian Colletti, com os produtores Seth Rogen e Garth Ennis. Tudo começou com um vídeo dos episódios da temporada, ao som de Justin Timberlake, no qual é introduzido um novo vilão, Herr Star. Rogen admitiu que realizar esta série era um sonho de criança e seria muito triste se alguém o tivesse feito antes dele. O produtor disse ainda que o objetivo da 1.ª temporada não era introduzir personagens da BD, algo que ficará agora refletido na segunda. Também descansou os fãs dizendo que, apesar de todas as maluquices e aventuras da série (com tantas mortes que tem havido), a dinâmica entre o trio não irá ser desfeita.

Copper falou da sua personagem, dizendo que tem um lado muito negro dentro de si e cada vez será mais evidente, revelando que há ainda uma parte dele mais sombria que será descoberta. Já Ruth Negga comentou que não acha que Tulip esteja a tentar encaixar-se em algo, sendo o único objetivo dela que a vida regresse a como era antigamente, quando estava em Dallas. Joseph revelou que iremos ver um lado muito mais vampiresco de Cassidy nesta 2.ª metade da temporada. No restante painel falou-se um pouco sobre os próximos episódios, esperando grandes novidades e um final que promete dar que falar.

The Tick SDCC

The Tick (Amazon)

A representar a nova série da Amazon estiveram Peter Serafinowicz, Griffin Newman, Jackie Earle Haley, Valorie Curry, Yara Martinez, Brendan Hines, Scott Speiser e Michael Cerveris, juntamente com os produtores Ben Edlund, Barry Josephson e David Fury, num painel moderado por Ralph Garman. Na primeira parte do painel foi exibido o segundo episódio da série, sendo que o primeiro já havia sido disponibilizado em agosto do ano passado.

Ralph e Ben falaram um pouco sobre o tema de super-heróis e banda desenhada associados à comédia. Deixaram ainda bem claro que esta nova adaptação será diferente da original, onde se poderá ver bastante vulnerabilidade e solidão das personagens. Peter Serafinowicz aproveitou a ocasião e  descreveu a sua personagem, Tick, como uma “criança superpoderosa”, algo que ele considera bastante emocionante e sentimental, dizendo ainda que a série tem um lado muito sentimental, mas não de uma forma lamechas. Ao longo do painel, vários atores falaram sobre as suas personagens, dizendo que muitas aventuras estão prometidas, sempre com grandes sentimentos à mistura.  A terminar, foi dito que os fãs vão conseguir associar personagens à BD, ainda que apenas em novas versões, uma vez que não podem usar material dos originais, devido a direitos de autor.

Outlander SDCC

Outlander (Starz)

Moderado pela atriz Jenna Dewan Tatum (uma fã da série), o painel contou com a presença da criadora Diana Gabaldon, dos produtores Ronald D. Moore e Maril Davis e dos atores Tobias Menzies, Sophie Skelton, Caitriona Balfe, Sam Heughan e Richard Rankin. Moore iniciou o painel a falar um pouco sobre a temporada que aí vem, a terceira, e onde vamos descobrir o que se passou durante os 20 anos que Claire e Jamie passaram separados. Maril falou sobre a mudança de produção para a África do Sul, onde referiu que quando se tem uma tripulação de escoceses, tudo é possível.

Tobias confessou que interpretar Black Jack e Frank nestas três temporadas foi um sonho e que ainda podemos esperar muitas cenas entre Jamie e Jack, principalmente durante a Batalha de Culloden. Até porque a temporada vai começar precisamente em Culloden e, numa cena com corpos por todo o lado, vamos ver o confronto entre Jamie e Jack (que não é o que se espera). Sophie afirmou que está a fazer uma maratona da série repetidamente, de forma a saber tudo sobre Jamie e Claire (os pais dela na série).

Quanto ao momento mais aguardado pelos fãs dos livros, a loja de impressão (que aparece no trailer), Caitriona afirmou que todas as cenas têm a sua importância, mas que esta, em especial, é, obviamente, um grande momento para Claire e Jamie. Ao que Sam acrescentou que é uma cena capaz de fazer qualquer homem desmaiar (ou seja, preparem os lenços). Durante o painel, o ator Graham McTavish (Dougal Mackenzie nas duas primeiras temporadas), apareceu de surpresa para uma espécie de despedida e Jenna, a moderadora do painel, fez um jogo de Verdade ou Dança, onde perguntou a Caitriona se preferia beijar Frank ou Jamie. Caitriona, mesmo sendo uma dançarina terrível, preferiu dançar a responder. No final, era suposto passar um trailer da nova temporada, mas para surpresa dos presentes, transmitiram o episódio piloto completo. Vê aqui os vídeos do painel, na parte 1 e parte 2.

The Defenders SDCC

The Defenders (Netflix)

Charlie Cox, Krysten Ritter, Mike Colter, Finn Jones,  Jessica Henwick, Jon Bernthal, Elodie Yung, Sigourney Weaver, Deborah Ann Woll, além do produtor Marco Ramirez e Jeph Loeb (o chefe da Marvel TV), integraram o painel, que começou com um momento inesperado: a exibição do piloto da série, ao qual as reações foram unânimes: nota positiva e curiosidade para o que aí vem! Do pouco tempo que sobrou, aproveitaram para falar do projeto e referiram que quando falaram com a Netflix tinham um sonho e o mesmo só foi possível realizar graças ao serviço de streaming.

Foi anunciado um novo trailer e Jon Bernthal apareceu de surpresa para falar sobre a sua personagem, The Punisher, dizendo que já o considera um dos seus papéis favoritos. O ator agradeceu a oportunidade que lhe deram, dizendo que a série vai ser algo incrível (novo teaser). Após esta entrada triunfal, Loeb anunciou a renovação de Iron Fist para uma 2.ª temporada, dizendo que será introduzida a personagem Misty Knight na série. Os atores aproveitaram para falar um pouco sobre as suas personagens, confessando que por vezes é complicado associar que entram em mais que uma série, como é o caso de Deborah Wool e Rosario Dawson.

Mike Colter aproveitou a ocasião e disse que era um privilégio trabalhar com os seus colegas de equipa, revelando que esta será uma das grandes apostas do ano e que acredita que terá um resultado incrível. Já Kristen, brincou um pouco com a sua personagem dizendo que ela não é uma mulher de ter muitos parceiros, mas que no fundo tem algo dentro de si que faz com que queira ajudar os outros, acabando também por precisar de ajuda e afirma que será engraçado ver como vai lidar com três homens ao seu lado.  O painel terminou com toda a equipa e atores a dizerem que este é um dos maiores e melhores projetos que fizeram nos últimos tempos e que estão ansiosos para que todos o vejam.

Vikings SDCC

Vikings (History)

O painel, bastante animado, contou com a presença de Katheryn Winnick, Gustaf Skarsgard, Alexander Ludwig e Alex Høgh Andersen, juntamente com o criador Michael Hirst. Para além da exibição de um novo trailer e da data de estreia (29 de novembro), não foram divulgadas novidades sobre a próxima temporada. Apenas ficámos a saber que o criador já está a escrever uma 6.ª temporada, mesmo sem saber se Vikings vai ser renovada, que Lagertha necessita de lutar por Kattegat, Bjorn vai atravessar o deserto e Floki vai partir para uma jornada em terras geladas.

Durante um discurso de Ludwig sobre a relação de Bjorn e Astrid, apareceu uma pessoa vestida de canguru no meio da plateia. Logo se revelou ser Travis Fimmel, numa visita surpresa ao painel, depois de o seu personagem já ter morrido na série.