Untitled-1

Não é segredo para ninguém que sou viciada em Grey’s Anatomy e que por muito que já não seja aquela série de que gosto acima de todas as outras será sempre muito especial. Vi os episódios e as temporadas vezes sem conta, há coisas que devo saber tão bem de cor quanto os actores e por isso não me é difícil escolher alguns os meus momentos preferidos da série. Aqui ficam eles, por ordem de preferência:

[Nota: alguns vídeos têm legendas em italiano ou em francês porque foi o possível de arranjar, ignorem as legendas].

1# A Callie conhece a Sofia: este é o meu momento preferido de toda a série, o meu momento preferido do mundo das séries. Já vi esta cena dezenas de vezes, todas as vezes fico com cara de parva por me derreter toda. O momento é genuinamente fofo, a música está à altura do momento e aquela ‘reunião’ mãe e filha… *.*

 

2# A Callie e a Arizona no episódio do tiroteio: Não me teria custado nada fazer uma lista só com momentos Callie/Arizona, mas fiz um esforço por incluir momentos de outras personagens. Vá lá, não foi um esforço, mas percebem o que quero dizer. Este momento é um doce! Quando Mr. Clark me entra naquele quarto onde estão a Callie e a Arizona com a menina, ia-me dando uma coisa, mas a Callie lidou bem com a situação e tudo se resolveu. Foi tão fofo!

 

3# Callie e Arizona no episódio 9×18: Isto para mim é aquele momento que tardou muito a acontecer. Desde o início da temporada que andava a dizer que a Callie tinha de se impor (numa espécie de tough love) em relação à Arizona, fazer a Arizona deixá-la aproximar-se. A questão da perna tinha que passar a ser também algo mais do que a Arizona a atirar culpas à Callie. Precisava de ver as duas a lidarem, juntas, com o que tinha acontecido. Este foi esse momento e com uma música fantástica a acompanhar, como quase sempre acontece na série.

 

4# O Derek fala à Meredith em adoptar a Zola: O momento destes três que queria ter colocado não era este. Não sei porque raio o vídeo não quis colaborar e não deu, por isso ficou este. Aquele ‘clique’ que o Derek sentiu em relação à Zola foi qualquer coisa *.* O ar de deliciado dele com a bebé ao colo e a Meredith a pensar “Que raio de ideia é a dele?”, mas ao mesmo tempo a querer alinhar na coisa e adoptar a Zola! O quanto eu gosto de gente que adopta crianças! *.*

5# A April e a Arizona no episódio da gala: A April está longe de ser das minhas personagens preferidas, mas confesso que a April bêbeda é muito divertida e uma melhoria muito grande em relação à personagem sóbria. Por mim ela passava os episódios todos bêbeda e a coisa era mais engraçada. Ok, a April e a Arizona eram uma amizade improvável, mas este momento das duas, no episódio 200 da série, foi muito engraçado e ao mesmo tempo muito terno. A empatia que elas sentiram uma pela outra, pelo que estavam a passar, foi bonita e a April a pedir à Arizona para experimentar a perna dela foi qualquer coisa de épico. E não tenho a certeza de que a April estivesse a brincar!

6# Callie e Mark no episódio da varicela: Se eu fosse a Arizona ou a Lexie certamente teria inveja do momento de intimidade destes dois. Eles são só amigos (pelo menos a maior parte do tempo), but still… Anyway, adoro a Callie a dizer ao Mark para mentir à Lexie para não arranjar problemas e ele a coçá-la. A sério, parece mal dizer isto, mas foi isso que aconteceu. Além de que este representa um de muitos momentos desta amizade tão boa e só por isso, esta cena vale tudo. Saudades do Mark 🙁

 

7# O reencontro da Meredith e da Cristina depois do Minnesota: Outra música maravilhosa a acompanhar um momento maravilhoso. Este era provavelmente o momento pelo qual a maioria dos fãs esperava na temporada nove: o regresso da Cristina. Quando bateram à porta eu sabia que tinha de ser a Cristina, simplesmente sabia. Aquele abraço delas antes que alguma dissesse alguma coisa e depois aquelas pequenas confissões… Tudo corre melhor quando a Cristina e a Meredith estão de novo juntas. [Nem me lembrem que a Cristina saiu da serie, vou fingir esquecer isso até a série regressar]

 

8# A Callie e a Arizona a curtirem como adolescentes: Primeiro, a abordagem inicial croma da Callie é um máximo. Já o “please don’t run” da Arizona ia-me provocando uma coisinha má. Não que ela precisasse de pedir isso à Callie, a Callie nunca a deixaria, mas gosto que a Arizona tenha a percepção de que as coisas estiveram mal por muito tempo e que ela teve culpa nisso. Em parte compreensível, a perda da perna foi algo muito duro, mas também o foi para a Callie e a Arizona tê-la afastado não foi bom para nenhuma das duas. Esta aproximação delas, esta tentativa de voltarem ao que eram… Adoro!

 

9# A Arizona e a Cristina a terem um momento: A Cristina foi-se tornando mais humana ao longo das temporadas… E não há muitos momentos em que saibamos mais sobre o tempo que os personagens passaram no bosque e o pós-acidente. Este momento de partilha foi muito interessante nesse sentido… E também ver a ligação que aquelas pessoas formaram por terem estado juntas naquilo. Foi sem dúvida um dos meus momentos preferidos desta 10.ª temporada.

 

10# O discurso da Arizona depois de ter voltado de África: A Callie pode ser a fala-barata, mas a Arizona tem a mania dos discursos. Se a maioria dos fãs adora o discurso dela ao pai da Callie sobre ser “a good man in a storm”, eu cá prefiro este, de longe. Achei muito precipitada a forma como a Arizona decidiu ir para África sem a Callie, mas sabia que ela voltaria. A história delas não podia terminar ali e não terminou, claro. E o discurso foi tão bom! E era realmente o que a Callie precisava de ouvir, mesmo que no momento ela não tenha tido a capacidade de gerir aquilo no coração dela. Mesmo assim, ela precisava de saber que a Arizona estava verdadeiramente arrependida por ir embora e que tudo o que queria era ter a Callie de volta. A Callie só precisava de ter a certeza que a Arizona não a voltaria a deixar quando as coisas ficassem difíceis. Não é pedir muito, pois não?

Em dez temporadas são muitos os momentos, há muitos outros que poderia ter incluído se quisesse fazer uma lista mais extensa, mas estes representam aquilo que mais gosto na série. A Teddy com o Henry, os almoços na cafetaria, alguns momentos de irmãs entre a Meredith e a Lexie e algumas cenas cómicas protagonizadas pela Addison também mereceriam destaque, mas para serem os meus dez momentos preferidos, tiveram de ser mesmo estes.

Diana Sampaio.