1. Olá, boa noite e bem-vindos a mais uma edição da nossa rubrica “Atores de Primeira à Segunda-Feira”. A nossa escolha de hoje é Sarah Drew, conhecida sobretudo pelo seu papel de April Kepner em Grey’s Anatomy. Sarah nasceu a 1 de outubro de 1980 em Stony Brook, Long Island, no estado de Nova Iorque. Filha de Jeannie, uma professora, e Charles Drew, Sarah cresceu no seio de uma família presbiteriana, sendo o seu pai e irmão ambos Pastores.

Stacy_Rowe_Daria

2. O contacto de Sarah com o mundo da representação começou ainda na escola, onde participou em peças, e depois continuou em teatros locais e teatros de verão. No entanto, Sarah não precisou de acabar o liceu para encontrar o seu primeiro trabalho profissional como atriz na série de animação Daria, onde deu voz a Stacy Rowe em quase 30 episódios – e ainda a outra personagem de menor relevo. Em 2000 e 2002, Sarah fez também de Stacy nos telefilmes da série, Daria in ‘Is It Fall Yet?’ e Daria in ‘Is It College Yet?’.

3. Já em 2003, Sarah estreia-se no mundo do cinema, com um papel em Radio, baseado na história verídica de um treinador de futebol americano que se aproxima de um jovem com problemas mentais e muda a sua vida para sempre. A atriz deu vida a Mary Helen Jones, a filha do treinador, interpretado por Ed Harris. Dois anos depois, entra novamente num filme, The Baxter (O Encalhado), que conta no elenco com nomes como Peter Dinklage e Justin Theroux.

4. Voltando ao mundo das séries e recuando um ano, até 2004, Sarah participa num episódio de Wonderfalls, interpretando Bianca Knowles, uma rapariga que se torna obcecada com Jaye e que começa a imitá-la e a agir como ela. Este é também o ano em que integra o elenco de Everwood, no papel de Hannah Rogers. Ela surge pela primeira vez no segundo episódio da 3.ª temporada e mantém-se parte do elenco até ao final da série. Hannah é uma rapariga muito tímida que está em casa de Nina, que é amiga dos pais dela, enquanto os seus pais estão em Hong Kong em viagem. Ephram e Amy estabelecem uma amizade com Hannah e esta, mais tarde, conhece também Bright e os dois acabam por ter uma relação amorosa. Aliás, Hannah é a namorada mais marcante de Bright em toda a série. Hannah é uma apaixonada por livros e o motivo para a sua estadia em Everwood não é aquele que inicialmente contara, mas ela acaba por se tornar parte daquela pequena cidade.

sarah drew everwood

5. Continuando nas séries, Sarah fez participações em várias ao longo dos anos, nomeadamente em Cold Case, Law & Order: SVU, Medium, Privileged e Mad Men. Antes de integrar o elenco de Grey’s Anatomy, participou em dois episódios de Private Practice, série que decorre no mesmo universo, mas onde Sarah interpretou Judy, uma paciente grávida.

6. A seguir vieram novas participações em diferentes séries como Castle, Numb3rs, In Plain Sight e Glee. Nesta última ela ficou conhecida por ter interpretado uma aluna do liceu William McKinley que estava apaixonada (e bastante obcecada) por Will Schuester, que era o professor de espanhol dela. Como seria de esperar, os seus avanços foram travados e Suzy Pepper decidiu comer da pimenta mais forte do mundo, o que resultou num buraco no esófago e consequente cirurgia.

7. Contudo, não é apenas de séries que é feita a carreira de Sarah e foi possível vê-la em alguns filmes: American Pastime, Wieners (A Caravana de Hot-Dogs), Reinventing the Wheelers, Front of the Class e Inside the Box, sendo que estes últimos três são tele-filmes.

8. Passando novamente para as séries, Sarah interpreta uma rapariga que é possuída pelo demónio no 12.º episódio da 5.ª temporada de Supernatural e em Miami Medical dá vida a uma noiva que acaba no hospital no dia do casamento depois de uma tempestade ter destruído o local onde estava a decorrer a cerimónia.

sarah drew supernatural miami medical

9. Em 2010, é uma das protagonistas da comédia romântica Tug, que se centra num jovem dividido entre manter a relação com a atual namorada, Ariel (Sarah Drew), ou voltar para a ex, Kim (Haylie Duff), que é um bocado doida. Quatro anos depois, a atriz volta às comédias e ao protagonismo no filme Moms’ Night Out (Noite de Folga). Aí, ela dá vida a Allyson Field, uma jovem mulher que se apercebe que a sua vida pouco mais é do que ser mãe e esposa e que procura conselhos junto das melhores amigas. Acabam então por decidir ter uma noite de folga só de mulheres, enquanto os maridos tomam conta dos miúdos.

10. Sarah é ainda uma das protagonistas da curta-metragem Waking Marshall Walker, sobre um homem de luto e preso entre vários mundos – o passado, o presente, esta vida e as próximas – e a sua filha Charlotte, que vai juntar-se a um estranho para fazer tudo o que puder para salvar o pai. Esta não foi a primeira curta da carreira da atriz, que conta ainda no currículo com as seguintes: Locked Upstairs (2006), The Violin (2007) e Headlights (2013).

11. Agora vamos recuar até 2009, ano que mudou a carreira de Sarah. Esta foi a altura em que entrou para o elenco de Grey’s Anatomy, do qual fez parte até este mês. A série despediu-se da 14.ª temporada e, com ela, também a atriz disse adeus. A sua personagem, April Kepner, apareceu pela primeira vez no drama médico no 5.º episódio da 6.ª temporada, aquando da junção do hospital Mercy West ao Seattle Grace. April fazia parte do grupo de residentes a juntar-se àqueles que já conhecíamos. Começou como uma personagem muito tímida, com crenças católicas fortes e de quem os outros residentes não gostavam muito. No entanto, April conseguiu afastar-se um pouco da personalidade que lhe conhecemos no início. Tornou-se mais confiante, mostrou potencial na Cirurgia de Trauma, fez amigos.

431513_346704382081919_246328448_n

12. A relação mais marcante de April na série é com Jackson Avery. Inicialmente eram apenas amigos, Jackson protegia-a porque poucos pareciam ser capazes de a tolerar, mas acabaram por estabelecer uma relação amorosa. Os dois eram muito diferentes e isso causou obstáculos, mas não os impediu de tentar algo sério. Estiveram juntos durante algum tempo, viveram a perda de um filho, depois tiveram Harriet. No entanto, as coisas entre eles acabaram por não resultar. Com Matthew Taylor, o paramédico que ela abandonou no altar para fugir com Jackson, restabeleceu uma relação. Muitos dos colegas de April no hospital ficaram surpreendidos com esta revelação, mas a verdade é que April e Matthew sempre tiveram muito em comum, partilhavam os mesmos valores, a dedicação à religião, e partilhavam um sentimento de perda.

13. Noutras relações relevantes da personagem, a amizade com Arizona será uma das mais marcantes. As duas partilharam alguns momentos engraçados, mas também alguns momentos complicados. April também se tornou próxima de Meredith e do seu grupo, apesar de ao início ninguém ter gostado dela. Em Owen Hunt encontrou o mentor que a fez interessar-se pela sua área de especialidade e um bom amigo também. Apesar de as coisas com Jackson não terem resultado do lado amoroso, ele é alguém com quem April pôde sempre contar, como vimos quando, nesta última temporada, ela andou uns tempos com um comportamento estranho e quando quase morreu. Jackson esteve lá, ao lado dela, a assegurar-se de que ficava bem. Foram cerca de 200 os episódios de Grey’s Anatomy em que Sarah entrou.

14. Ainda no universo de Grey’s Anatomy, Sarah participou também na web-série Seattle Grace: Message of Hope, lançada em 2010. Constituída por seis episódios com duração máxima de 4 minutos, centra-se em Karen, uma relações públicas que tenta criar um anúncio que atraia clientes ao hospital. Isto acontece no seguimento do tiroteio na série-mãe, em que Gary Clark disparou sobre vários profissionais do hospital, matando alguns. Para além de Sarah, Jesse Williams, Kevin McKidd e James Pickens Jr. integram o elenco.

15. Acabada de sair de Grey’s Anatomy, Sarah fez parte do elenco principal do piloto de Cagney & Lacey, um reboot da série dos anos ’80, mas a CBS optou por não dar luz verde à série. Sarah interpretou uma das protagonistas, Cagney, mas o projeto vai ficar por aqui. Num horizonte próximo está Indivisible, onde Sarah vai dividir o ecrã com Justin Bruening, com quem já tinha feito par romântico em Grey’s Anatomy. O filme, ainda em fase de produção, centra-se  em Darren Turner, um homem que esteve no exército e que, ao regressar a casa, tem de lidar com uma crise que ameaça destruir a sua família e a sua fé em Deus.

indivisible

16. Despedimo-nos da edição desta semana da rubrica com uma montagem de Sarah Drew com alguns dos colegas de elenco em Grey’s Anatomy. Esperamos que tenham gostado! Na próxima segunda estamos de volta para vos dar a conhecer o percurso de mais um ator ou atriz das nossas séries.

Untitled-1