1. Olá, boa noite e bem-vindos a mais uma edição da nossa rubrica “Atores de Primeira à Segunda-Feira”. A nossa escolha de hoje é Jessica Capshaw, conhecida sobretudo pelo seu papel de Arizona Robbins em Grey’s Anatomy. Filha de Robert Capshaw, um executivo ligado ao mundo do marketing, e da atriz Kate Capshaw, que ficou famosa pela participação no filme Indiana Jones and the Temple of Doom (Indiana Jones e o Templo Perdido), Jessica Brooke Capshaw nasceu a 9 de agosto de 1976, em Columbia, no Missouri, Estados Unidos. No entanto, os seus pais viriam a divorciar-se quando ela era ainda muito pequena e, vários anos mais tarde, a sua mãe casou com o famoso realizador Steven Spielberg.

2. No ano de 1998, Jessica licenciou-se em Inglês na reputada Universidade Brown. Depois disso, frequentou aulas de representação na Real Academia de Arte Dramática, em Londres, uma das mais antigas e prestigiadas do Reino Unido. No entanto, o seu primeiro papel aconteceu antes disso, no filme The Locusts (Traição Feroz), protagonizado pela mãe, em 1997. No ano seguinte, juntou Denial – que conta também com Patrick Dempsey no elenco – ao currículo e o seu leque de filmes na década de ’90 termina com The Love Letter, onde se pôde ver também Kate Capshaw.

the-locusts1

3. A estreia de Jessica em televisão aconteceu em 1999, num episódio da 5.ª temporada da famosa série ER (Serviço de Urgência). Na mesma altura, a atriz conseguiu um papel mais duradouro no pequeno ecrã em Odd Man Out, que acabaria por ser cancelada ao fim de 13 episódios. No centro da trama encontra-se um adolescente de 15 anos que vive numa casa cheia de mulheres: a mãe, as três irmãs e a tia Jordan, a quem Jessica deu vida.

Capturar

4. Jessica fez alguns trabalhos mais desconhecidos e, em 2001, integrou o elenco do filme Valentine (Terror no Dia de S. Valentim), que conta com vários nomes que dispensam apresentações, como David Boreanaz e Katherine Heigl. Em The Mesmerist (Viagem ao Além), a atriz contracena com outra cara famosa do mundo das séries, Neil Patrick Harris, e, pela mesma altura, marca ainda presença em Minority Report, realizado por Steven Spielberg.

5. A primeira grande oportunidade na carreira de Jessica surgiu com o papel de Jamie Stringer em The Practice (Causa Justa), nas duas últimas temporadas da série, onde fez parte do elenco principal. Jamie é licenciada em Direito pela Universidade de Harvard e junta-se à firma como advogada depois de Lindsay Dole (interpretada por Kelli Williams) ser condenada por homicídio. Durante parte do tempo em que Jessica integrou o elenco da série, esta contou também com a participação de Chyler Leigh, sendo que as duas viriam a trabalhar juntas em Grey’s Anatomy.

the-practice

6. Já em 2005, Jessica integra o elenco da minissérie Into the West, passada no Oeste Americano durante o século XIX, e cuja história é contada sobre dois pontos de vista: a dos colonos brancos e a dos nativos. A atriz dá vida a Rachel Wheeler, prima de dois dos personagens principais, Jacob (Matthew Settle) e Jethro (Skeet Ulrich) e contracena ainda com Keri Russell, que interpreta outra das suas primas.

7. O regresso de Jessica ao cinema acontece num pequeno papel no ano seguinte, em The Groomsmen (À Beira do Casamento), mas a atriz continuou sempre a fazer televisão e no seu currículo seguem-se duas participações em séries bem conhecidas do público. A primeira foi em Bones, no papel de Rebecca Stinson, a mãe de Parker, o filho de Booth. A outra foi em The L Word, onde deu vida a Nadia Karella, uma aluna de Bette da universidade e com quem esta acaba por se envolver brevemente.

8. Ainda em televisão, mas desta vez em dois telefilmes, Jessica protagoniza Blind Trust e One Angry Juror. No primeiro é Cassie Stewart, uma mulher que foi acusada do assassinato do namorado e de uma pessoa amiga e que para provar a sua inocência vai tentar descobrir a identidade do verdadeiro culpado. No segundo, ela interpreta Sarah Walsh, uma advogada que integra o painel de jurados num julgamento de homicídio. Certa de que o réu está inocente, vai fazer de tudo para que o julgamento seja invalidado.

9. Passando para 2009, Jessica faz uma participação na série Head Case, uma comédia centrada numa terapeuta que trabalha com estrelas de Hollywood. O ano de 2014 marca uma estreia para a atriz, já que é a primeira vez que empresta a voz a uma personagem num filme de animação, sendo este intitulado The Hero of Color City.

10. Temos de recuar a 2009 para falar do trabalho que definiu a carreira de Jessica até agora, o papel de Arizona Robbins na série médica Grey’s Anatomy, da ABC. Inicialmente, apenas estava previsto que Arizona participasse em três episódios do drama de Shonda Rhimes, mas o contrato foi prolongado e, na 6.ª temporada, Jessica tornou-se parte do elenco regular. Ela foi apresentada na série como a nova chefe do departamento de Cirurgia Pediátrica. Profissional brilhante, não tardou até ser claro que viria a ser uma parte importante no desenvolvimento de Alex Karev enquanto cirurgião. Arizona tornou-se sua mentora, ensinou-o a crescer na profissão e ajudou a moldá-lo como ser humano.

11. No entanto, numa vertente mais pessoal, há que destacar a relação da personagem com Callie. Tudo começou com um beijo na casa de banho do Joe’s e ao longo dos anos foi uma montanha russa de emoções. As duas terminaram a relação quando perceberam a sua incompatibilidade no tema filhos, depois esqueceram as diferenças porque não queriam um futuro afastadas, voltaram a terminar quando Arizona foi seguir o seu sonho para o Malawi e Callie decidiu que queria ficar em Seattle… Quando Arizona voltou, decidida a recuperar Callie, o casal deu uma nova oportunidade à relação e resolveram que criariam Sofia juntas. Durante um bom período de tempo, as duas foram o casal estável da série e fizeram as delícias dos fãs.

12. Seria o final da 8.ª temporada a marcar um novo capítulo na vida de Arizona. A bordo de um avião que se despenhou, a cirurgiã – juntamente com um grupo de outros colegas – ficou presa num bosque durante vários dias e a gravidade dos seus ferimentos não tratados viria a ditar uma amputação à perna. Lidar com a perda de um membro foi muito difícil para Arizona. Deixou-a revoltada, fê-la afastar Callie e obrigou-a a pôr em pausa o trabalho enquanto cirurgiã. No entanto, também isso foi ultrapassado, embora tenha levado o seu tempo, e Arizona acabou por recuperar a sua vida de antes, na medida do possível. Embora o casamento com Callie tenha voltado a estabilizar durante uns tempos, a traição com Lauren seria mais uma dificuldade que as duas teriam de ultrapassar. Alguns fãs começaram a não acreditar que houvesse um verdadeiro futuro para a relação. Houve-o durante algum tempo, mas a verdade é que as duas não tiveram o final feliz que muitos de nós desejáramos. Fizeram as pazes depois de terem tido uma feia batalha judicial pela custódia de Sofia, mas Callie rumou a Nova Iorque com a nova namorada e Arizona continuou em Seattle.

13. Arizona nunca deixou a sua carreira estagnar e apesar de ser uma cirurgiã reputada na sua área, decidiu que queria mais. Então, sob a alçada da Dr.ª Nicole Herman, aventurou-se no campo da Cirurgia Fetal, da qual é agora chefe de departamento. Atualmente, Arizona encontra-se a trabalhar num novo projeto que tem como objetivo estudar e perceber o porquê de, nos Estados Unidos, o número de mulheres que morrem na sequência de um parto ser superior ao dos restantes países desenvolvidos.

14. Com a saída anunciada de Jessica do elenco da série no final desta 14.ª temporada, resta aguardar pelo desfecho que será dado à personagem. Na altura em que se despedir da série, em maio, terão sido mais de 220 os episódios de Grey’s Anatomy em que entrou.

15. Sem novos projetos no horizonte, pelo menos de que se saiba, haverá sempre a série médica para nos recordarmos de Jessica. Assim sendo, terminamos a edição desta semana da rubrica com algumas fotos da atriz juntamente com alguns colegas de elenco.

Untitled-2