Estamos de regresso para mais uma rubrica de Atores de Primeira à Segunda-Feira. Esta semana, selecionámos o ator Kyle MacLachlan, que apresenta no seu currículo participações em séries como Twin Peaks, Sex and the City, Desperate Housewives e How I Met Your Mother.

Kyle MacLachlan nasceu a 22 de fevereiro de 1959, em Yakima, Washington. Desde cedo revelou o seu interesse pela área da representação, participando em diversas novelas e teatros enquanto ainda era criança. Focando-se desde sempre nessa vertente, conseguiu no início dos anos 80 concluir o seu curso de Drama na Universidade de Washington.

A primeira aparição de Kyle MacLachlan nos grandes palcos aconteceu em 1984, quando interpretou o personagem Paul Atreides no filme Dune, realizado por David Lynch e baseado no romance de ficção científica de Frank Herbert. Kyle interpretava uma figura principesca que liderava uma revolta num planeta deserto. Apesar de não ter sido um caso de sucesso, MacLachlan e David Lynch iniciavam assim uma ligação que viria a ser duradora e bem sucedida. O projecto seguinte foi o filme Blue Velvet, em 1986, que antecedeu aquele que seria um dos papéis mais marcantes da carreira do ator.

Novamente em parceria com David Lynch (e Mark Frost), em 1990, assume o papel principal de Twin Peaks, série da ABC que acompanha a investigação do assassinato da estudante Laura Palmer, sendo a mesma liderada pelo agente do FBI Dale Cooper (Kyle MacLachlan).

Twin Peaks assumiu-se como uma série revolucionária, diferente das séries típicas daquela época, baseando-se numa história complexa e difícil de categorizar. Algo entre suspense, drama, policial, humor e terror psicológico.

A série garantiu ainda a Kyle MacLachlan um Golden Globe na categoria de Melhor Ator em Série Dramática.

Com um sucesso claro, tornando-se num dos programas mais assistidos da época, Twin Peaks abriu as portas da fama para Kyle, que rapidamente recebeu diversas propostas para participar em filmes. Foram os casos de Showgirls, One Night Stand, Hamlet ou The Flintstones, baseado na animação que retrata o quotidiano de uma família de classe média da Idade da Pedra, onde Kyle assumiu o papel de Cliff Vandercave.

O regresso às séries televisivas voltou a acontecer pela porta grande, participando em diversos episódios da famosa Sex and The City, entre os anos de 2000 e 2002, onde interpretou Trey MacDougal, companheiro da romântica incurável Charlotte York, que considera amor à primeira vista quando conhece Trey, um médico escocês, rico e de boas famílias. Acabam por se casar, mas o relacionamento acaba por não ser bem sucedido.

Ao contrário da sua personagem nesta série, na sua vida pessoal, 2002 foi um ano feliz para o ator. Foi neste ano que casou com Desiree Gruber, casamento que ainda se mantém nos dias de hoje e do qual resultou o nascimento do único filho de ambos, Callum.

Em 2006, Kyle foi David Swain em In Justice, uma série que acompanhava o trabalho de um grupo de advogados de uma ONG que tinha como objetivo libertar prisioneiros que haviam sido condenados injustamente.

Também no ano de 2006, MacLachlan estreava-se na série onde teve uma participação de maior duração. No final da 2.ª temporada de Desperate Housewives, o ator iniciava a sua participação na série como Orson Hodge, sendo uma personagem regular até ao final da temporada 6. A partir daí, apesar de aparições esporádicas até ao final da série, o ator deixou de ser regular.

De acordo com Tom Spezialy, produtor executivo da série, inicialmente estava planeado que Orson fizesse par romântico com Susan Mayer (Teri Hatcher), mas acabou por ser com a personagem Bree Van de Kamp (Marcia Cross) que Orson se viria a envolver.

Entre 2010 e 2014, Kyle foi uma das participações ocasionais mais notadas na série How I Met Your Mother onde, apesar de escassas, aproveitou as ocasiões em que apareceu para se destacar, interpretando a personagem de George Van Smoot, mais conhecido por The Captain.

Corria o ano de 2011 quando Kyle assumiu uma das principais personagens da série Portlandia, onde ainda hoje se encontra em funções como o Mayor da cidade de Portland, Oregon.

Se 2011 foi o ano de Portland, no ano seguinte o ator passava para o lado oposto dos EUA onde, em Jersey, interpretava Donovan Stark, sócio fundador da Stark & Rowan, na série Made in Jersey. A série foi uma desilusão e, quando tinham sido exibidos apenas dois episódios, foi anunciado o cancelamento ao fim de uma temporada.

Em 2013, o ator participava na série The Good Wife, interpretando Josh Perotti, e pouco tempo depois entrava também em Agents of S.H.I.E.L.D., como Calvi Zabo.

Mais recentemente, em 2017, Kyle MacLachlan voltou às origens e a um dos papéis mais importantes para o sucesso da sua carreira. Mais de 25 anos depois, a Showtime lançou 18 novos episódios da série Twin Peaks e, como não poderia deixar de ser, MacLachlan voltou a ter papel de destaque nesta série.

À semelhança do que aconteceu em 1990, Kyle MacLachlan voltou a ser nomeado para um Golden Globe, mas desta vez não venceu o prémio.

Difícil comparar as duas edições da série, separadas por mais de um quarto de século e por tanta evolução. Não fazendo uma comparação direta entre a qualidade das duas, é seguro dizer que o impacto da edição de 1990 acabou por ser maior do que o da edição de 2017.

Nos seus tempos livres, MacLachlan é um fã de golfe e um aficionado por vinho, tendo mesmo uma marca em seu nome, Pursued by Bear.

Terminamos assim mais uma rubrica de Atores de Primeira à Segunda-Feira. Voltamos com mais uma edição na próxima semana!