O ano ainda agora começou, por isso não há melhor altura para desejar que certas coisas aconteçam, ou não aconteçam, no nosso mundo das séries. Com isto em mente, o Staff Séries da TV partilha convosco aquelas que são as 30 coisas que esperamos que aconteçam, ou não, neste ano de 2014:

  1. Onde andam os Walkers da 1ª temporada de The Walking Dead? Perderam-se no tempo? Esses sim agarravam uma pessoa ao ecrã, estes das últimas temporadas agarram uma pessoa à almofada! Mais acção e emoção se faz favor! Que The Walking Dead regresse com muita acção, walkers e momentos de suster a respiração.
  2. Que a Paget Brewster regresse ao elenco regular de Criminal Minds. É sonhar muito alto, eu sei, mas era tão bom ter a Emily Prentiss em Criminal Minds, a tempo inteiro, outra vez!
  3. Que How I Met Your Mother tenha um final decente, que faça jus aos tempos primórdios da série. Não sei bem como poderá ser isso, porque ultimamente tem deixado muito a desejar, mas a esperança é a última a morrer!
  4. Alguém pare o rodeio em que se tornou The Vampire Diaries, se faz favor. Ser série teen e ter meia dúzia de acontecimentos super previsíveis é uma coisa, mas ter o argumento mais forçado do século é outra, e já chateia! Mais valia tirarem uns tantos do elenco de uma vez por todas, do que andar às voltinhas para os trazer de novo.
  5. Que a Tatiana Maslany (Orphan Black) ganhe os Globos de Ouro, os Emmy Awards e todos os outros prémios que houver para ganhar. Porque actriz a interpretar tão bem como esta miúda já eu não via há anos.
  6. Grey’s Anatomy pode ter uma ‘showrunner’ nova? Não? Eu sei que não, mas então se deixasse de haver voltas na história que não têm lógica nenhuma, era óptimo. Precisa-se de consistência e estabilidade, por favor!
  7. Que a Regina e o Robin se conheçam rapidamente, please! Espero que a ida para a Floresta Encantada proporcione este encontro rapidamente. A temporada de Once Upon a Time está a ser óptima e, se isto acontecesse, era ainda melhor.
  8. 24: Live Another Day, um sonho tornado realidade este ano! Jack is back! Que o sucesso seja tanto que leve a FOX a ponderar fazer uma nova série! Isso era melhor que um sonho!
  9. Que a Maggie Q regresse rapidamente ao pequeno ecrã. Uma mulher assim merece grandes papéis. Será sempre a Nikita no coração dos fãs e a Nikki para os amigos, como eu.
  10. Queridos escritores de Drop Dead Diva: pelo amor do que vos for mais sagrado, já ninguém tem paciência para ver a Jane e o Greyson separados. Vá…
  11. Que Dracula tenha uma segunda temporada. Senhor Rhys Meyers, veja se atina e não estrague uma série que tem potencial.
  12. Peter Prentice de The Mindy Project… Em 2014 gostava de saber qual é o objectivo deste personagem na série. Tudo bem, é mais uma adição cómica, mas… Porque é que não desenvolveram os outros personagens, em vez de adicionarem mais um?
  13. O Steve/Jimmy de Shameless (US) que volte a aparecer, já que não se sabe o que lhe aconteceu, eu pelo menos desejo que ele não tenha morrido. E numa onda mais utópica, que o nosso Pepê Rapazote volte a entrar na série.
  14. Que, por magia ou um milagre qualquer Game of Thrones regresse mais cedo, já em janeiro! Eu sei que não, mas era bom.
  15. Que New Girl volte a ser realmente engraçada, desde que a Jess e o Nick começaram a namorar, a série parece que perdeu fôlego, e o regresso do Coach, infelizmente trouxe uma dinâmica estranha à série.
  16. Que Reign se torne um sucesso e seja renovada. A série é um verdadeiro guilty pleasure e é uma delícia de acompanhar!
  17. Que a Fall Season de 2014 seja mais interessante, este ano poucas séries estreantes se aproveitaram. A maior parte merece um belo dum cancelamento.
  18. Que Joffrey Baratheon tenha uma morte “estrondosa” em Game of Thrones. E está dito.
  19. Que se confirme o filme de Friends já em 2014, uma vez que a série começou há precisamente 20 anos e acabou há 10.
  20. Que The Mentalist acabe já esta temporada, porque embora seja o maior fã da série, não quero que acabe como uma série banal por ser esticada demais.
  21. Que se fizesse uma série do género de Lost, que envolvesse luta pela sobrevivência, mas sem as cenas que hoje são moda, como zombies ou vampiros. Apenas luta contra a natureza. E já agora que a protagonista fosse a Amanda Peet, actriz que muito gosto, mas que infelizmente não tem grande expressão no mundo das séries.
  22. Que a Jennifer Carpenter seja reconhecida pelo genial trabalho que realizou em Dexter. É excepcional. É a única pessoa no mundo das séries que faz chorar baba e ranho com as suas interpretações.
  23. Ser presenteada com mais Sherlock em vez de esperar dois ou três anos por uma nova temporada. Eu sei que é muita genialidade para um coração aguentar mas, ficar à espera também o magoa um bocadinho.
  24. Que Lost Girl seja renovada, dando-lhe a oportunidade de se redimir desta idiota e desconexa quarta temporada. Merecemos. O fantástico que a série já foi merece. Que Lost Girl não tenha uma Lost Season.
  25. Aonde está a Olivia Williams? Alguém me consegue explicar porque é que ela não tem um papel principal numa série qualquer assim para o fantástico? Epá, se o problema for falta de imaginação, porque não trazer a Dollhouse de volta? Eu não me importo! Mas por favor, Olivia Williams! Now! PS: Também não me importava que a Amanda Tapping fizesse uma série com a Jaime Murray. Seria lindo.
  26. A série The Dovekeepers tem que ser brilhante! E estrear rápido! Não só é escrita pela minha autora favorita, Alice Hoffman, como é um daqueles livros que te deixa a olhar para a contra-capa durante horas a fio depois de acabares. Dá assim aquela dor no coração…
  27. Que The Blacklist continue a manter o alto nível que apresentou nos primeiros 10 episódios – o James Spader é sem dúvida dos melhores protagonistas desta temporada 2013/2014 e não quero perdê-lo de vista.
  28. Que The Big Bang Theory seja renovada para mais 3 anos, como dizem já por aí os rumores; a 6ª temporada desiludiu-me um pouco, mas vendo a actual 7ª, acredito que a série e o elenco ainda têm muito para dar.
  29. Que as novas séries Black Sails e Helix não desiludam. Tenho receio que sejam um fiasco depois de tanta publicidade e as minhas expectativas sejam deitadas por terra.
  30. Que Orange Is The New Black não perca nada em qualidade nesta segunda temporada, porque a expectativa é grande, mas a reviravolta na história no final da última temporada e a saída da personagem Alex podem arruinar uma das melhores séries dos últimos anos. A Laura Prepon devia continuar em todos os episódios da nova temporada. A personagem principal sem a ‘sombra’ da relação com Alex, vai tornar-se ainda mais aborrecida. Além disso, Alex é mesmo uma das melhores partes da série.