01x04 - One of Our Senior Realtors Has Chosen to Retire

01×04 – One of Our Senior Realtors Has Chosen to Retire

Contém SPOILERS!

Se não os podes vencer, junta-te a eles! Parece ser esta parte da nova filosofia de Ethan daqui para a frente. Depois de todos os esforços que ele fez nas últimas semanas, a única maneira de sair dali parece ser atacando de dentro.

Aparentemente quando matamos alguém dentro de Wayward Pines, ocupamos o seu lugar. Tal já se tinha verificado com a ocupação da casa de Beverly e agora Ethan assume o lugar vago de xerife deixado depois da morte de Pope, mas que para a população apenas decidiu reformar-se.

Embora nunca fosse um lugar desejado por Ethan, o mesmo pode vir a ser uma grande vantagem para a sua buscar pela verdade. Afinal de contas ocupando aquela cadeira ele tem acesso ao histórico de todos os habitantes da cidade, além de ser ele uma das maiores entidades de poder dentro de Wayward. Só que este lugar trás também algumas desvantagens e a pior de todas para Ethan é ter de aplicar as regras que suportam aquela comunidade.

Uma detenção civil, que nada tem de civil, por parte de Pam leva às mãos do novo xerife Peter, um cidadão descontente com a sua estadia naquele lugar e que é acusado de fazer grafitis em alguns locais, o que aparentemente vai contra mais uma das normas daquela cidade. Já se sabe qual a consequência para a violação das normas da cidade, mas como seria de esperar Ethan não quer alinhar nessa estupidez. Com toda aquela pressão social mais uma morte era inevitável, mas desta não pelas mãos de Ethan.

Esta curta estada de Peter nos nossos ecrãs serviu para nos dar mais algumas ideias de todo o mistério que envolver Wayward Pines. Peter não foi levado para a cidade pelo método do acidente de carro a que estamos habituados, mas sim através de um jogo de sedução levado a cabo pela enfermeira Pam. Claro que ela não o seduziu tal como a conhecemos hoje. Ela “fez-se passar” por uma bela mulher para se envolver com Peter num bar, mas quando ambos acordam no dia seguinte, estavam num local completamente diferente e Pam já com o aspeto atual. Isto levanta de novo a questão de como o tempo se desenvolve naquele local e ainda não é desta que temos uma explicação para tal. A bengala com que Peter anda atualmente foi resultado de uma tentativa de fuga ao escalar uma das montanhas, na qual sofreu um acidente.

Isso deu uma nova ideia a Ethan e ele próprio tenta também fugir da Wayward dessa mesma forma. Mas no cimo da montanha está à espreita uma misteriosa criatura, muito idêntica a uma mutante, e que lhe causará certamente muitos problemas. Temos agora um novo vislumbre do que poderá estar para lá daquela vedação e a mesma parece ser definitivamente para manter longe da população aquilo que se encontra do lado de fora. Serão as tais criaturas uma espécie de guardas da cidade ou estarão bastantes deles nas redondezas fazendo com que facilmente se cruzem com aqueles que tentam fugir da cidade?

No meio disto temos a restante família Burke a tentar entrosar-se com o restante da população. Theresa encontra-se finalmente com Kate, onde ficamos a saber que Theresa desistiu de uma carreira semelhante à do marido para cuidar da família, e recebe um convite para trabalhar na imobiliária da cidade.

Já Bem foi convocado para a Academia de Wayward Pines, que à primeira vista assemelha-se muito com uma escola normal. Mas ter uma professora com um historial de hipnoterapismo à frente da academia leva-nos a crer que seja ali feita uma espécie de lavagem cerebral aqueles miúdos. Para reforçar ainda mais esta ideia temos aquele discurso do Mayor de que a mesma forma a psicose daquelas crianças e adolescentes. O mesmo serviu ainda como chantagem para que Ethan resolvesse o “problema” causado por Peter.

Tivemos esta semana aquele que é até ao momento o episódio mais calmo desta série. Apesar disso o mesmo desenrolou-se de forma bastante agradável e preparou terreno para um quinto episódio do qual se espera toda a verdade que envolve Wayward Pines.

Nota: 8/10

Carlos Oliveira