The Walking Dead – 04×16 – A
| 02 Abr, 2014

TWD 04X16

04×16 – A

Final de temporada espectacular do TWD! A mim não me desiludiu, pois na minha opinião esta não é uma série de acção centrada nos zombies e na matança, é sim um drama, onde o foco principal está nas personagens e na maneira como se adaptam e sobrevivem num mundo repleto de brutalidade (seja da parte dos vivos ou dos mortos).

No inicio de episódio começamos com um flashback de quando a vida na prisão decorria calma e o Rick estava convertido numa espécie de agricultor, ouvindo os conselhos do Hershel (R.I.P) e focado em ajudar o seu filho a crescer dentro da normalidade possível. Acho que os vários flashbacks serviram bem o seu propósito de nos mostrar o contraste entre a vida deles naquela altura comparado com a presente realidade.

Depois de terem fugido de um grupo de Walkers, Rick Michonne e Carl, procuram abrigo num carro para passar a noite e é então que são surpreendidos por Joe e o seu grupo de psicopatas que assumem o controlo da situação e é aqui que a tensão se torna esmagadora. O Daryl depois de se oferecer para ficar no lugar do Rick, começa a ser espancado, o Carl está na iminência de ser violado (bem como a Michonne) e é perante este cenário que o Rick levado ao limite faz o que tem de fazer para salvar o filho e os amigos, ataca Joe, arrancando-lhe um bocado da garganta à dentada! E por último descarrega toda a sua fúria no homem que ía violar o Carl, esventrando-o.

Gostei da conversa entre o Daryl e o Rick em que é reforçado o laço que existe entre estas personagens, eles já há muito que deixaram de ser apenas um grupo de desconhecidos que se juntaram para melhor sobreviverem num mundo cruel e negro, eles são família. É um tema recorrente nesta série que pessoas normais quando confrontadas com situações limite, adoptam medidas extremas para sobreviver, mais ainda quando envolve os entes queridos.

Terminus! Mas alguém ainda achava que este era um sítio bom? Rick, Daryl, Michonne e Carl entram pela porta dos fundos e são recebidos por Gareth, nos primeiros momentos a coisa até corre bem, até Rick reparar num pormenor, alguns dos membros do grupo de Terminus, estão na posse de objectos que Rick conhece bem, como o relógio que Hershel deu a Glenn, ou o poncho da Maggie, aqui saca da arma e de repente é um festival de tiros, em que os snipers vão atirando para os pés para os fazerem seguir por um determinado caminho e encurralá-los…, correm de uma lado para o outro e vão passando por vários sinais com a palavra “A”.

É uma corrida desenfreada pela sobrevivência, por corredores e salas (enquanto ouvem gritos de pessoas a pedir ajuda que vêm de dentro dos contentores), tentam desesperadamente encontrar uma saída e passam por uma sala sinistra e arrepiante com velas e frases escritas nas paredes e nomes de pessoas no chão (ritual? culto?). Chegam finalmente a um sítio em que estão encurralados e sob as ameaças de morte de Gareth, não têm alternativa senão pôr as armas no chão e entrarem num contentor (assinalado como “A”), aqui, no meio da penumbra surgem, Glenn, Maggie e o resto do grupo, apresentações feitas e o Rick diz “They’re gonna feel pretty stupid when they find out…” , o Abraham pergunta “Find out what?” e um Rick determinado e vencido pelo seu lado negro responde… “They’re screwing with the wrong people!” Fim do episódio! Adorei!!!!

Os dias felizes por trás dos muros da prisão há muito que ficaram para trás e aqui fora, no mundo real, ou o que resta dele, as coisas tornaram-se demasiado selvagens para a honra e os valores sobreviverem. A declaração de Rick, mostra que temos o “velho” Rick de volta, mais tenebroso e com sede de vingança, Terminus que se prepare!

Claro que ficaram muitas questões em aberto, mas a ideia era mesmo essa, foi um episódio que me prendeu do principio ao fim, cheio de acção, Walkers, e mistério q.b. a pairar no ar até à 5ª temporada! Vão ser 7 meses de espera muito longos….!

Questões que me “atormentam”:

O que significa o pacote de leite no chão à porta do contentor?

Onde está a Beth?

O que aconteceu a todos em Terminus, que os levou a tornarem-se aquilo que eles são agora?

Carol, Tyreese e Judith ainda estão a caminho de Terminus, ou os gritos que ouvimos poderão ser deles?

Gareth, será pior do que o Governador?

O quarto arrepiante cheio de velas e os ossos ensanguentados sugerem que estamos mesmo perante um grupo de canibais?

Nota:9/10

Alexandra leite

Publicidade

Populares

ramy

calendário estreias

the resident poster

Recomendamos